conecte-se conosco


Entretenimento

Luciana Gimenez vai à Justiça contra Fontenelle e pede R$ 10 mil de indenização

Publicado em

Entretenimento

source
Luciana Gimenez
Reprodução YouTube

Luciana Gimenez


Após a polêmica recente entrevista de Jorge Kajuru ao canal de Antônia Fontenelle, no Youtube, na qual ele chamou Luciana Gimenez de “mulher de programa”, a apresentadora da RedeTV! abriu uma ação judicial contra a ex-mulher de Marcos Paulo. O processo de número 1003538-0720218260011 tramita no Foro Regional de Pinheiros, da Comarca de São Paulo, SP.

Gimenez pede que Antônia seja condenada a indenizá-la por danos morais, com um valor superior a R$ 10 mil, por ter sido “omissa como entrevistadora”. Além disso, por meio de tutela de urgência, pede que a influenciadora digital seja proibida de citar seu nome publicamente em qualquer veículo de imprensa ou plataforma digital para divulgar informações referentes à sua intimidade, sob pena de multa de no mínimo R$ 20 mil em caso de descumprimento.

Em entrevista à Antônia, o senador Jorge Kajuru – que já é alvo de uma queixa-crime protocolada pelos advogados de Luciana Gimenez no Superior Tribunal Federal (STF) – chamou a apresentadora de ‘mulher de programa’ e de “desqualificada”.

“E sobre a Luciana Gimenez, eu não tenho nada a falar, não falo sobre mulher de programa, Dane-se. Ela já me processou, pode processar de novo. É uma mulher desqualificada, tanto que virou o que virou por 30 segundos com Mick Jagger. Ou você acha que foi por amor? Evidente que não. E ela sabe que eu sei da história toda na casa do Olavo Monteiro de Carvalho né, ela foi contratada para ficar com o Mick Jagger e eu falei isso mesmo, porque para mim ela não tinha respeito com os colegas. Eu trabalhei com ela na RedeTV!, ela chegava como se fosse dona, depois acabou se casando com um dos sócios da Rede TV!, para você ver que a vida dela sempre foi de interesse”, disse o político.

Leia mais:  Dado Dolabella engata namoro com sua prima de primeiro grau
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Investigação trata morte de MC Kevin como lesão corporal

Publicados

em

Por

source
MC Kevin
Reprodução/Instagram

MC Kevin

No relatório inicial da Polícia Militar, que esteve no local da queda que resultou na morte de MC Kevin , no início da noite deste domingo (16), os policiais militares do setor Golf do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes), tratam o episódio como lesão corporal. Os militares foram acionados até o Hotel Brisa Barra, onde o cantor estava hospedado, na Barra da Tijuca, para averiguar a fatalidade.


Chegando ao local, os PMs foram informados que a vítima, de 23 anos, provavelmente ao tentar pular na piscina pela varanda do quinto andar, teria batido com a cabeça na borda da piscina, sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio, onde foi atendido com lesão na face e cabeça, sendo o seu estado muito grave.

Leia mais:  Novo programa de Sabrina Sato já dá sinais de problemas para a Record

A piscina do Hotel Brisa Mar fica localizada na parte frontal do estabelecimento, bem de frente para a Praia da Barra. O hotel fica localizado na Avenida Lúcio Costa, número 5700. MC Kevin estava no Rio acompanhado de sua mulher, Deolane Bezerra. Na noite de sábado (15), se apresentou em uma balada chamada ‘Baile do Imperador’, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Kevin e Deolane haviam se casado no fim do mês passado.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana