conecte-se conosco


Esportes

Corinthians tenta quebrar escrita contra Fluminense no Brasileiro

Publicado em

Esportes

O Corinthians recebe o Fluminense, nesta quarta-feira (13), a partir das 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena, no jogo que fecha a 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. E a equipe comandada pelo técnico Vagner Mancini tentará quebrar uma escrita, encerrar a sequencia de 4 triunfos seguidos do Tricolor sobre o Timão na competição. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo.

Escrita a ser quebrada
O time paulista recebe a equipe das Laranjeiras tentando quebrar uma incômoda escrita: o Fluminense venceu as 4 últimas partidas contra o Timão no Brasileiro. A sequência começou em 22 de agosto de 2018, com vitória de 1 a 0 no Rio de Janeiro, gol do zagueiro Gum. O segundo triunfo, também pelo placar mínimo (gol de Ganso) e no Rio de Janeiro, veio em 15 de setembro de 2019.

A terceira conquista Tricolor foi em 8 de dezembro de 2019, por 2 a 1. Os dois gols do Tricolor saíram dos pés de Evanílson. Já a quarta e última vitória, na atual edição da competição, também foi por 2 a 1, mas no dia 13 de setembro de 2020, graças a gols de Nenê.

Leia mais:  Ponte vence Santos de virada e está na semifinal do Paulista

Para tentar alcançar a vitória em casa e subir na classificação (o Timão é o 10º com 39 pontos), o técnico Vagner Mancini deve promover três mudanças na equipe titular, em relação ao último jogo. Cássio retorna ao gol no lugar de Walter. Ramiro, suspenso, dá lugar a Cantillo. E o venezuelano Otero, que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19), deve ser substituído por Mateus Vital.

Desta forma, a provável escalação do Corinthians para a partida deve ser: Cássio; Fagner, Jemerson, Gil e Fábio Santos; Gabriel, Cantillo, Mateus Vital, Cazares e Gustavo Mosquito; Jô.

Sequência de vitórias
Já no Fluminense, após o triunfo sobre o Flamengo, a ordem é iniciar uma sequência de vitórias que permita à equipe entrar definitivamente na briga por uma vaga para a próxima edição da Copa Libertadores (o Tricolor é o 7º com 43 pontos).

Para buscar esta meta, o auxiliar Ailton Ferraz (que continua substituindo o técnico Marcão, ainda em recuperação de covid-19) deve levar a campo a mesma escalação que iniciou o último clássico com a equipe da Gávea: Marcos Felipe; Calegari, Luccas Claro, Matheus Ferraz e Danilo Barcelos; Yuri, Hudson, Yago e Michel Araújo; Wellington Silva e Fred.

Leia mais:  Casal cancela festa de casamento e viaja para Independiente x Fortaleza

No banco voltarão a estar à disposição o zagueiro Nino, que retorna de suspensão, e o meia Nenê, recuperado de uma gastroenterite.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários Facebook
Propaganda

Esportes

Minas afasta Maurício Souza, que é multado e deverá se retratar após declarações homofóbicas

Publicados

em

Central fez postagem nas redes sociais sobre a orientação sexual do novo Super-Homem: “Vai nessa que vai ver onde vamos parar”, publicou

Diante do caso envolvendo Maurício Souza, o Minas afastou o jogador por causa de declarações homofóbicas postadas nas redes sociais. Como havia antecipado o ge durante a tarde, o clube mineiro confirmou, em um comunicado oficial divulgado nas redes sociais, que o jogador ainda terá de se retratar publicamente e pagar uma multa.

“O presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Vieira Santiago, se reuniu com o atleta Maurício Souza esta tarde e lhe informou sobre o seu afastamento por tempo indeterminado. O atleta também recebeu uma multa e foi orientado a fazer uma retratação pública imediata.”

Nesta terça-feira, os principais patrocinadores da equipe se manifestaram sobre o posicionamento do atleta. As empresas pediram, em notas separadas, “medidas cabíveis” ao clube mineiro e repudiaram as declarações homofóbicas do jogador.

Diante do caso envolvendo Maurício Souza, o Minas afastou o jogador por causa de declarações homofóbicas postadas nas redes sociais. Como havia antecipado o ge durante a tarde, o clube mineiro confirmou, em um comunicado oficial divulgado nas redes sociais, que o jogador ainda terá de se retratar publicamente e pagar uma multa.

“O presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Vieira Santiago, se reuniu com o atleta Maurício Souza esta tarde e lhe informou sobre o seu afastamento por tempo indeterminado. O atleta também recebeu uma multa e foi orientado a fazer uma retratação pública imediata.”

Nesta terça-feira, os principais patrocinadores da equipe se manifestaram sobre o posicionamento do atleta. As empresas pediram, em notas separadas, “medidas cabíveis” ao clube mineiro e repudiaram as declarações homofóbicas do jogador.

Leia mais:  Santos e Vasco empatam em duelo agitado na Vila Belmiro

Mais cedo, uma reunião entre a diretoria do Minas e os patrocinadores do clube tratou sobre o assunto. Segundo apurou o ge, o Minas entendia que não havia clima para Maurício atuar nos próximos jogos. A estreia da equipe mineira na Superliga está prevista para sábado, contra o São José dos Campos. Assim, cogitou a possibilidade de rescindir o contrato do jogador.

No entanto, as partes chegaram a um acordo, e central mostrou-se disposto a uma retratação. Além da multa, Maurício Souza será afastado por tempo indeterminado. Só depois poderá se juntar novamente ao elenco.

Entenda o caso

 

Há cerca de duas semanas, a DC Comics anunciou que o novo Super-Homem, filho de Clark Kent, se descobrirá bissexual nas próximas edições das histórias em quadrinhos. O assunto, que foi um dos mais comentados do Twitter no dia da divulgação, também movimentou a comunidade do voleibol brasileiro.

Após a publicação da editora, Maurício Souza, postou a foto do Super-Homem e fez críticas à decisão da DC. O Minas se manifestou ainda nessa segunda-feira sobre a publicação do jogador. O clube disse que respeitava a liberdade de opinião de cada atleta, mas que não aceitava declarações homofóbicas.

– Ah é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar – postou o jogador, que recebeu comentários de apoio de outros atletas do vôlei, como Wallace e Sidão.

 

Leia mais:  Única brasileira no basquete dos EUA relata volta à quadra em "bolha"

O ponteiro Douglas, um dos destaques da seleção brasileira de vôlei nas Olimpíadas de Tóquio, faz parte da comunidade LGBTQIA+ e postou a mesma imagem da DC, com dizeres totalmente contrários ao exposto pelo jogador do Minas.

– Engraçado que eu não virei heterossexual vendo os super-heróis homens beijando mulheres. Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade pra sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo sim. Obrigado DC por pensar em representar todos nós e não só uma parte ❤️ – escreveu.

O assunto gerou uma grande repercussão nas redes sociais após os internautas considerarem as postagens como indiretas entre os companheiros de seleção. Maurício, apesar das críticas que levou com seu protesto, continuou endossando sua opinião nas redes sociais.

– Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo… Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado eu fico do lado que eu acho certo! Fico com minhas crenças, valores e ideias – encerrou.

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana