conecte-se conosco


POLÍTICA

Vereadores ameaçados em SP serão escoltados por guardas municipais; entenda

Publicado

source
Vereadora trans, Érika Hilton (PSOL)
Reprodução

Vereadora trans, Érika Hilton (PSOL)

A Mesa Diretora da Câmara de São Paulo decidiu na última segunda-feira (1) que os vereadores que sofrerem ameaças serão auxiliados pela GCM (Guarda Civil Metropolitana).

Para que os guardas sejam disponibilizados para fazer a segurança, os políticos precisam registrar boletim de ocorrência denunciando as ameaças, ou designar um procurador que determine o acompanhamento policial enquanto haja investigação.

Desde a última semana, vereadoras do PSOL vêm sofrendo ameaças graves, que inclusive envolvem atentado a tiros na residência de membros de mandatos coletivos.

Você viu?

Carolina Iara, da Bancada Feminista , registrou B.O após sua casa ser alvo de dois tiros na madrugada da última terca feira (26). Ela e sua família estavam no local, mas ninguém foi atingido.

No mesmo dia, um homem tentou invadir o gabinete de Erika Hilton, primeira vereadora trans e negra eleita na história da cidade.

No domingo (31), a vereadora Samara Sosthenes, da Bancada Quilombo Periférico também denunciou disparos feitos em frente a sua residência.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Bolsonaro segue reprovado por 42% da população, diz pesquisa

Publicado

por

source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Reprodução: iG Minas Gerais

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)

Pesquisa de opinião feita pela XP/Ipespe divulgada nesta quarta-feira (24) indica que o  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) manteve índices de aprovação, 31%, e rejeição, 42%.

O levantamento mostrou que 42% das pessoas consideram a gestão de Bolsonaro “ruim ou péssima”; para 31%, “ótimo ou bom”.

Em relação a última pesquisa divulgada no dia 4 de fevereiro, houve um aumento dentro da margem de erro entre os entrevistados que aprovam o chefe do executivo, de 30% para 31%, e estabilidade na rejeição.

Confira os resultados:

  • 42% – “péssimo ou ruim”
  • 31% – “ótimo ou bom”
  • 24% – regular
  • 3% – não sabe/ não respondeu

Além da avaliação geral, os entrevistados foram questionados sobre a troca de comando da Petrobras , anunciada na última sexta (19), que causou temor na bolsa financeira, fazendo com que a estatal perdesse mais de R $100 bilhões em valor de mercado.

70% dos entrevistados disseram “ficar sabendo” sobre a troca na presidência da empresa, e entre eles, não houve consenso em relação a troca de comando.

Leia mais:  Bolsonaro muda tom sobre covid-19 e assume medidas de combate à doença

Você viu?

40% consideraram que Bolsonaro errou ao demitir o presidente Castello Branco , mas para 38%, ele acertou a indicar o General Joaquim Silva e Luna ao cargo. 23% não soube responder.

Auxílio emergencial

Houve também o questionamento acerca da volta do auxílio emergencial , benefício criado pelo governo federal para mitigar os impactos econômicos da pandemia em abril do ano passado e que perdurou até dezembro. Cerca de 68 milhões de pessoas foram beneficiadas, e R$ 294 bilhões foram gastos.

69% dos entrevistados acreditam que o governo deveria retomar o auxílio por um valor entre R$ 200 e R$ 300 por mais alguns meses, quanto 22% das pessoas acham que o benefício não deveria voltar. 10% não soube ou não respondeu.

A pesquisa foi feita entre os dias 22 a 23 de fevereiro com 800 pessoas de todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Leia mais:  Ciro diz que Lula tenta enganar o 'povo'

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana