conecte-se conosco


POLÍTICA

“Vão ter que me aguentar até o final de 2022, pode ter certeza”, diz Bolsonaro

Publicado

source
bolsonaro
Isac Nóbrega/PR

Nome do presidente passou por ‘boom’ de popularidade em 2018

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retomou os ataques à imprensa em conversa com apoiadores em frente ao Palácio do Plantal , na manhã desta terça-feria (5). Bolsonaro garantiu aos ouvintes que só sairá do cargo de presidente da República em 2022, quando acaba o seu mandato, desde que não ocorra um processo de impeachment . Até lá a imprensa terá de “aguentá-lo”, afirmou.

Vão ter que me aguentar até o final de 22 , pode ter certeza”, disse. Segundo o presidente, há um “trabalho incessante de tentar desgastar” o seu governo, por parte da imprensa, e que os veículos de comunicação desejam a volta “alguém para atender os interesses da mídia”.

Leia mais:  "Que estuprem as filhas dos ministros", Moraes lê ataques ao STF; assista

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Doria alfineta Bolsonaro: “Pergunte à sua mãe qual vacina que ela recebeu”

Publicado

por

source
 Doria atualiza informações sobre o coronavírus em SP durante coletiva nesta sexta (5)
Reprodução: ACidade ON

Doria atualiza informações sobre o coronavírus em SP durante coletiva nesta sexta (5)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), teceu críticas contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (5).

Na coletiva que antecede a volta do estado a fase vermelha do Plano São Paulo, que fechará atividades não-essenciais a partir de sábado (6) para evitar o avanço da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), Doria criticou o presidente:

“Vidas que se vão, vidas que se perdem. País entristecido, machucado, ferido, e o presidente da República lançando ‘Vai pedir vacina para a sua mãe’”, declarou.

O tucano rebateu delcarações feitas por Bolsonaro na última quinta (4), que, quando irritado com questionamento dos jornalistas sobre o atraso na compra das vacinas, disparou: “Tem idiota que diz ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe”.

Você viu?

João Doria questionou o chefe do executivo sobre o fato da mãe dele, Dona Olinda, de 93 anos, que mora em São Paulo, ter se vacinado:

Leia mais:  "Que estuprem as filhas dos ministros", Moraes lê ataques ao STF; assista

“Pergunte à sua mãe, presidente Jair Bolsonaro, qual foi a vacina que ela recebeu em seu braço. Pergunte se ela concorda com essa sua observação, com esse seu repto, com essa sua falta de educação, aliás, corriqueira no seu comportamento. Pergunte à sua mãe que vive aqui, no Vale do Ribeira em São Paulo, se ela concorda com esta sua maldade”.

Vivendo o pior momento da pandemia, com o país  batendo recordes de óbitos por dia , e com Bolsonaro criticando medidas de distanciamento social , Doria usou falas do presidente para criticá-lo:

“O que faz o presidente da República do Brasil? No pior momento da pandemia, com o maior número de mortes, o maior número de infecções, o maior risco e falta de vacinas, o presidente viaja, promove aglomerações, anda de jet ski, assa leitõezinhos em casa e exalta: ‘chega de mi-mi-mi’, ‘parem de frescura, ‘vão chorar até quando?’, ‘quer vacina? vai pedir para a sua mãe’”, dispara.

Leia mais:  Candidata 'fictícia' do PSL é obrigada a devolver R$ 380 mil

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana