conecte-se conosco

Economia

Usina Nuclear Angra 1 é reconectada ao Sistema Interligado Nacional

Publicado

A Usina Nuclear Angra 1 foi reconectada hoje (14) pela manhã ao Sistema Interligado Nacional (SIN) após parada para reabastecimento de combustível. O retorno à operação ocorreu três dias antes do acordado com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), informou a Eletronuclear, por meio de sua assessoria de imprensa. A usina está em processo de elevação de potência e deve atingir 100% na segunda-feira (17).

A unidade foi desligada no dia 11 de janeiro para troca de um terço do combustível. Foram realizadas também atividades de inspeção e manutenção periódicas e modificações de projeto, que precisam ser feitas com a usina desligada. Durante a parada, foram realizadas em torno de 4,7 mil tarefas.

Na avaliação do superintendente da usina, Abelardo Vieira, todos os objetivos foram cumpridos com sucesso, principalmente os relacionados à segurança industrial. Vieira atribuiu o sucesso alcançado à competência do corpo técnico da estatal, que cumpriu a meta antes dos 37 dias previstos para a operação. “Mais uma vez, a competência e a dedicação dos nossos profissionais foram primordiais para atingir as metas estabelecidas, desde as fases de planejamento e preparação até as de execução e supervisão”, disse.

Leia mais:  Brasil e Catar acabam com exigência de visto

Edição: Fábio Massalli

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Governo antecipa prazo final de saque do abono do PIS-Pasep

Publicado

por

.

O governo antecipou em um mês o prazo final de saque do abono salarial 2019/2020. Inicialmente, esse prazo era 30 de junho e agora passa a ser 29 de maio deste ano.

Resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), publicada no Diário Oficial da União de hoje (3), define a nova data e estabelece o calendário 2020/2021.

O calendário de pagamento de 2020/2021 tem início em 30 de junho de 2020 e término em 30 de junho de 2021. No caso do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), o pagamento é feito pela Caixa Econômica Federal a trabalhadores da iniciativa privada, considerando o mês de nascimento do trabalhador.

O pagamento do abono salarial do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é feito pelo Banco do Brasil, de acordo com o dígito final do número de inscrição do servidor público.

Os trabalhadores com conta na Caixa, no caso do PIS, ou no Banco do Brasil, para o Pasep, vão receber o crédito automaticamente.

Quem tem direito

Leia mais:  Brasil e Catar acabam com exigência de visto

O benefício será pago ao trabalhador inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias ao longo de 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Para ter direito ao abono também é necessário que o empregador tenha informado os dados do empregado na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) 2019.

O pagamento do abono salarial para trabalhadores identificados em RAIS fora do prazo, entregues até 30 de setembro de 2020, serão disponibilizados a partir de 4 de novembro de 2020.

O teto pago é de até um salário mínimo (R$ 1.045), com o valor calculado na proporção um doze avos do salário. A quantia que cada trabalhador vai receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2019.

Os herdeiros também têm direito ao saque. No caso de falecimento do participante, herdeiros têm que apresentar documentos que comprovem a morte e a condição de beneficiário legal.

Edição: Graça Adjuto

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana