conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Uberlândia: Prefeitura recebe doação de 200 máscaras de alta concentração

Publicado em

CIÊNCIA E SAÚDE

Associação resgatando corações realizou, na tarde desta segunda-feira (6), a terceira doação de insumos hospitalares para o município.

A Prefeitura de Uberlândia segue contando com a união de esforços para combater a pandemia do Covid-19, desta vez por meio da Associação Resgatando Corações, que realizou, nesta terça-feira (6), a terceira doação de itens para a rede municipal de saúde do município. A entrega de 200 máscaras de alta concentração foi realizada ao prefeito Odelmo Leão pelo representante da associação, Bruno Leonardo Verona. O secretário municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues, também esteva presente na ocasião.

Doações da Associação Resgatando Corações

Hoje foram doadas 200 máscaras de alta concentração Ad. Protec – máscaras com elástico, balão para oxigênio e extensão para conexão em oxigênio, indicada em procedimentos que envolvam pacientes em ventilação espontânea em unidades de terapia intensiva, semi-intensiva, leitos e ambulatórios. Durante o mês de março, a associação também doou um Ventilador Astral 150 e 180 máscaras faciais que integram o kit de respiração.

Foto: Valter de Paula – Secretaria de Governo e Comunicação / PMU

“A crise provocada pela pandemia de Covid-19 desafia a todos nós, por isso, a colaboração entre os setores privado, público, entidades de classes e a sociedade será a chave para o enfrentamento deste desafio em Uberlândia. Essa colaboração tem acontecido de maneira exemplar, humanitária e consciente em nossa cidade. E é por isso que vamos conseguir vencer”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Leia mais:  Bolsonaro defende reabertura do comércio e fala em 'pouco de exagero' nas medidas de combate à pandemia

Por: Prefeitura de Uberlândia

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Coronavírus: Celso de Mello dá 5 dias para Pazuello explicar orientações sobre cloroquina

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana