conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Uberaba: Zoonoses segue no combate ao mosquito Aedes aegypti

Publicado em

CIÊNCIA E SAÚDE

O Departamento de Controle de Endemias e Zoonoses da Secretaria de Saúde segue nesta semana com as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zica e chikungunya.

O Mutirão de Limpeza já recolheu 63.550kg de lixo inservível desde o começo do mutirão, em novembro do ano passado. Somente neste ano, já foram 38.870 kg de lixo recolhido.

Durante esta semana, a equipe atuará no bairro Primavera com os agentes de campo, o Núcleo de Educação, o Mutirão de Limpeza e as demais ações que visam combater o mosquito Aedes aegypti. O chefe da Seção de Controle de Endemias, Diogo Barros, insiste no pedido à população para que faça a sua parte e cuide do seu quintal, não deixando nenhum recipiente com água acumulada.

O motofog atua nesta semana nos bairros Residencial 2000, Morumbi, Copacabana, Abadia, Primavera, Elza Amui, Fabrício e Boa Vista.

Por: Prefeitura de Uberaba – Jorn. Natália Melo

Comentários Facebook
Leia mais:  Trecho da ferrovia Norte-Sul que corta o Triângulo Mineiro é liberado pela ANTT
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Iturama: Comércio noturno pede flexibilização de horário para atendimento e Secretaria de Saúde emite nota

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana