conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Uberaba: Padre da Arquidiocese é mais uma vítima da covid-19

Publicado em

CIÊNCIA E SAÚDE

Arquidiocese de Uberaba teve a primeira perda em consequência da Covid-19. Na noite desta quarta-feira (10), o vigário da Basílica de Sacramento, Carlos Alexandre faleceu em decorrência da doença. Ele tinha 44 anos e, estava internado em São Paulo, onde precisou viajar para visitar a mãe, que é idosa. Lá, a doença se manifestou e com 70% dos pulmões comprometidos, houve a necessidade de internação. Padre Carlos Alexandre não resistiu e veio a falecer.

Logo pela manhã desta quinta-feira, o corpo foi liberado e às 15h será trasladado para a cidade natal dele, Guararapes (SP) onde no fim da tarde será sepultado. Dois representantes da Arquidiocese de Uberaba acompanham o enterro  – os padres Otair e Fábio. Hoje, às 18h, uma missa presidida pelo arcebispo metropolitano Dom Paulo Peixoto Mendes, em sufrágio a alma de padre Carlos Alexandre será realizada na Catedral Metropolitana. A missa será transmitida pelas redes sociais da Arquidiocese.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Arquidiocese de Uberaba, os padres são orientados a não viajarem, a não ser em casos de urgência. No caso de Carlos Alexandre, ele sequer teve contato com a mãe, devido ao agravamento da doença.

O padre Selmo Donizetti Mazeto também está internado com Covid-19 no Hospital São Domingos. Ele pertence a Paróquia Pessoal Nossa Senhora da Saúde de Uberaba, capela localizada dentro do Hospital São Domingos e faz parte da pastoral Divino Espírito Santo, em Uberaba. Padre Selmo está entubado, mas estável. Além disso, o irmão dele faleceu na noite de quarta-feira em decorrência da doença e outros três familiares também estão internados. No total, são catorze familiares contaminados com a covid-19.

Leia mais:  Corpo de homem que sumiu em Iturama ao saltar de ponte no Rio Grande é encontrado

Desde o início da pandemia, cinco padres foram infectados sendo que três se recuperaram no âmbito da Arquidiocese de Uberaba.

Por: Jornal da Manhã

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Patos de Minas: Casos de Covid-19 diminuem, mas número elevado de mortes e reinfecções ainda preocupam

Publicados

em

A presença de uma nova cepa do Coronavírus circulando pela cidade é dada como certa.

O setor de Vigilância Epidemiológica de Patos de Minas investiga pelo menos duas mortes causadas por reinfecção por Covid-19. Essa é uma das preocupações do órgão, que vê o número de casos diminuir, mas que ainda registra um número elevado de mortes. A presença de uma nova cepa do Coronavírus circulando pela cidade é dada como certa.

De acordo com o encarregado de informações e estatísticas da Secretaria Municipal de Saúde, Erivaldo Rodrigues Soares, Patos de Minas não foi elegível para investigação de novas cepas do Coronavírus. Ele explica, no entanto, que os dados da Covid-19 no município apontam para a presença de novas variantes circulando na cidade.

Os casos de reinfecção são um indicativo da circulação de variantes do novo Coronavirus. As duas mortes por reinfecção que estão sendo investigadas na cidade são de um jovem de 27 anos e de um homem de 50 anos. Erivaldo explicou que os casos de reinfecção preocupam, uma vez que podem causar complicações maiores para o paciente e maior risco de morte.

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana