conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

Tem comédia nesse feriadão no Teatro Municipal de Fernandópolis

Publicado

O Teatro Municipal Merciol Viscardi, apresenta o espetáculo: “Flor que não se cheira”.Uma comédia de costumes escrita e dirigida por Leandro Vieira. A peça Retrata as relações superficiais de uma elite e suas desavenças entre si e com os mais humildes, em uma histérica crise de sentimentos que permeiam pelo campo amoroso e social.
Flor que não se cheira” é uma peça com um humor escrachado, com uma pegada novelesca, mexicana, personagens carismáticos, todos com seus dilemas e relações a flor da pele, numa verdadeira salada cultural, já que o grupo é composto pordragqueens, cantores, dançarinos, músicos, crianças, adolescentes, idosos.“(…)pessoas que irão subir no palco pela primeira vez, pessoas que estão ali para perder a timidez, para enfrentar seus medos e isso é grandioso!” completa Leandro que segue há 11 anos no cenário cênico cultural atuando e escrevendo,
SINOPSE

Belizária, Isabel e Inocência são três baronesas, que pelas aparências, se mantém amigas, porém cobiçam a queda uma da outra custe o que custar. Interessadas sempre nos mesmos objetivos, ambas acabam sempre se deparando, tornando-se mais que grandes amigas, mas como também suas maiores inimigas.
Tudo seria um pouco mais fácil se tivessem que lidar apenas com a rivalidade entre si, entretanto, as pessoas que estão em sua volta, como o mensageiro, a secretária, a governanta, o amado e o seu povo, também não parecem ser flor que se cheire.
Estamos diante de um tabuleiro com peças traiçoeiras, onde uns e outros se usam para conseguirem o que tanto querem: ganhar o jogo.
Elenco
Leandro Vieira, Lolly Perry, Ashley Valero, Joanne Macqueen, João Boer, Andy Martins, LunnaOverkill, Dailon Marques, Ana Boer, Henrique Silva, Vinicius Oliveira, Vitor Carvalho, Vitória Fernandes, Lavínia Grossin, Wallison Souza, Lucas Melchior, Bruno Souza e Maxielen Mota

Leia mais:  Idoso é acusado de abusar de criança em Fernandópolis

SERVIÇO:
Local Teatro Municipal de Fernandópolis
DIA 17/11
HORA: 20hrs
Valor: R$ 10,00

Classificação LIVRE
Ingressos à venda na Banca Florêncio da praça da matriz

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Docentes da FEF participam de capacitação on-line

Publicado

As transformações políticas, sociais, econômicas, culturais e tecnológicas das últimas décadas construíram uma sociedade ativa, engajada, reflexiva e em constante atualização.

As metodologias ativas de ensino representam reflexões nos modelos de ensino-aprendizagem, com as perspectivas de ensino centradas no aluno. As propostas de metodologias estão pautadas, principalmente, no desenvolvimento de competências profissionais, tendo como entendimento por competência o conjunto de conteúdo, habilidade e atitude.

Desse modo, as Faculdades Integradas de Fernandópolis/FIFE está oferecendo a seus professores o curso de Metodologias Ativas como formação continuada, no qual serão contemplados os pressupostos teóricos e as principais metodologias ativas de ensino.

A formação continuada é um projeto das FIFE que tem como objetivo oferecer atualização, certificação e capacitação aos seus docentes, em uma educação permanente. O curso de Metodologias Ativas de Aprendizagem foi escolhido para reiniciar o projeto Formação Continuada por ser um tema necessário no ensino superior.

Segundo Jeferson Paiva, professor participante da capacitação, as Faculdades Integradas de Fernandópolis mais uma vez está pensando no ensino de qualidade. “Iniciamos nesse fim de semana o curso de metodologias ativas, no qual estamos igualando todo esse conhecimento, onde alguns professores já possuem essa formação e mesmo assim todos estão trabalhando de forma conjunta. Com isso, nós estamos tendo auxilio para melhor aproveitamento de plataformas existentes em meio às mídias, tendo maior segurança, conforto e transmitindo isso para o aluno, que de certa maneira, já é colocado na posição de ator centralizado. Nosso objetivo de aprendizagem é fazer com que o aluno busque mais conhecimento e esteja mais motivado a aprendizagem e promovendo também segurança aos colaboradores, trazendo um benefício mutuo para todos”, relatou ele.

Leia mais:  Mulher diz que aprendia a dirigir carro quando caiu em córrego em Ituiutaba; passageiro morreu

A capacitação, com duração de 30 horas, terá como facilitadora a Profa. Dra. Janaina R Bosso, formada em Fonoaudiologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru – Universidade de São Paulo (2004), Mestra em Neurociências e Comportamento pelo Instituto de Psicologia – Universidade de São Paulo (2009) e Doutora em Cirurgia e Medicina Translacional pela Faculdade de Medicina de Botucatu – da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (2019). Atualmente, é docente e coordenadora do Curso de Fonoaudiologia da Fundação Educacional de Fernandópolis/FEF.

A facilitadora Janaína destaca que está sendo um desafio empolgante aplicar o curso. “Poder construir com os meus colegas um processo transformador do ensino é muito emocionante! A prática do ensino com as metodologias ativas prevê interação, então vamos todos aprender e ensinar! Sou grata aos diretores da FEF por acreditarem no projeto e apoiarem o uso das metodologias ativas no ensino superior”, contou.

Ao final do curso, todos os participantes estarão aptos a organizarem os seus planos de aula com objetivos educacionais baseados em competências aprendidas. Utilizando recursos de algumas das principais metodologias ativas de ensino e aprendizagem, como a aprendizagem baseada em equipe e a sala de aula invertida, por exemplo.

Leia mais:  Bombeiros de MG vão utilizar 'maca bolha' para socorrer vítimas com suspeita de Covid-19

 

Por: Região Noroeste

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana