conecte-se conosco


POLÍTICA

Tebet e Baleia unem campanhas para tentar vitória do MDB no Senado e na Câmara

Publicado

source
Baleia Rossi (DEM-SP) e Simone Tebet (DEM-MS) são candidatos à presidência da Câmara e do Senado
Divulgação

Baleia Rossi (DEM-SP) e Simone Tebet (DEM-MS) são candidatos à presidência da Câmara e do Senado

Ao lado do candidato do MDB à presidência da Câmara, Baleia Rossi (SP), a postulante do partido ao comando do Senado, Simone Tebet (MS), mudou o tom em relação ao governo e afirmou que agentes públicos podem ser responsabilizados pelo Congresso por sua atuação durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Baleia, por sua vez, criticou o Palácio do Planalto por tentar influenciar a disputa através de negociações que supostamente envolvem a liberação de verbas e cargos. Os dois selaram uma aliança para tocar as campanhas em conjunto a partir de agora.

“Nunca vimos o governo se empenhar tanto, liberar tanto recurso, tantos cargos, tentar influenciar tanto uma eleição na presidência da Câmara e a senadora está confirmando aqui, também no Senado. O governo exagera ao tentar influenciar no resultado”, acusou Baleia Rossi durante visita ao Mato Grosso do Sul, estado de Simone, nesta terça-feira (19).

Baleia também defendeu que o que está em jogo “não é quem vai ser o presidente da Câmara e do Senado , e sim o Brasil que nós queremos”. Em sintonia com Simone, ele reforçou compromisso com uma agenda de recuperação econômica e social.

Leia mais:  Bolsonaro estuda plano B caso nome do Centrão para presidir Câmara não dê certo

Você viu?

Após o evento, em nota, a assessoria de imprensa de Simone classificou falas recentes de Bolsonaro como “arroubos autoritários e machistas”. O tom é diferente do adotado pela candidata no lançamento de sua campanha, na semana passada, no qual ela falou em “independência harmoniosa” com o Executivo.

Pouco antes, em conversa com jornalistas, Simone também afirmou que o Congresso pode agir para responsabilizar agentes públicos por possíveis falhas no combate à pandemia do novo coronavírus. Ela foi questionada sobre a situação do sistema de saúde de Manaus, que colapsou com a falta de oxigênio em hospitais.

“O Congresso é a caixa de ressonância da sociedade, não é a toa que temos instrumentos constitucionais que são instrumentos das minorias. Acho que nada pode ser negado neste momento, já que a situação pode exigir de nós que, ouvindo o colégio de líderes, tomemos as medidas necessárias”, declarou Simone.

“Nada impede uma análise criteriosa sobre o que está acontecendo no País, se está havendo responsabilidade ou não de servidor, de agente público A, B ou C, mas não vamos esquecer que temos outros poderes e órgãos para esse fim, temos o Ministério Público, o Poder Judiciário que também está acompanhando”, disse em seguida.

A avaliação feita pela campanha de Simone e Baleia é de que as dificuldades do governo para liderar a campanha de vacinação contra a Covid-19 representa uma derrota política ao presidente Jair Bolsonaro, o que pode melhorar as chances do MDB para reconquistar as duas Casas do Legislativo. O assunto será cada vez mais explorado pelos emedebistas da Câmara e do Senado nos próximos dias, que devem atuar em conjunto.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Bolsonaro questiona uso de máscaras: “a gente aguarda estudo mais aprofundado”

Publicado

por

source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante live nesta quinta (25)
Reprodução Facebook

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante live nesta quinta (25)

O presidente Jair Bolsonaro  (sem partido)  durante transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta quinta-feira (25)  citou um suposto estudo de “uma universidade alemã” para questionar o uso de máscaras como prevenção contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

“Começa a aparecer estudos sobre o uso de máscaras. Uma universidade alemã fala que elas são prejudiciais a crianças. E levam em conta vários itens como irritabilidade, dor de cabeça, dificuldade de percepção de felicidade”, afirma Bolsonaro.

Com o plano nacional de vacinação andando de forma lenta, especialistas apontam o uso de máscaras como uma das mais importantes medidas de prevenção contra a Covid-19 . A OMS comprovou eficácia e indica o uso das pessoas quando estiverem em espaço público.

“Não vou entrar em detalhes, porque tudo deságua em críticas em mim. Eu tenho a minha opinião sobre máscaras, que cada um tenha a sua. Mas a gente aguarda um estudo mais aprofundado sobre isso por parte de pessoas competentes”, diz.

Nesta quinta (25), o Brasil registrou 1.541 novos óbitos em decorrência do vírus, um dia depois do país passar dos 250 mil mortes, em um momento da pandemia onde diversos estados estão prestes a entrar em colapso no sistema de saúde.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana