conecte-se conosco


Esportes

Sem público, Fluminense e Flamengo se enfrentam na final do Estadual

Publicado em

Esportes

Fluminense x Flamengo se enfrentam neste domingo (12), no Maracanã, às 16h (horário de Brasilia), no primeiro jogo da final do Campeonato Estadual. O clube que sair vitorioso levará vantagem para a segunda partida da decisão, que será disputada na próxima quarta-feira (15).

Assim como aconteceu na final da Taça Rio, na quarta (8) passada, também não haverá presença de público no estádio. Esta medida foi anunciada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) no final de junho, quando confirmou que independente da Prefeitura do Rio de Janeiro liberar a venda de ingressos, os jogos finais seriam disputados sem torcedores no local da partida.

A dupla Fla x Flu é a maior vencedora do Campeonato Estadual, que começou em 1906. Os flamenguistas já gritaram campeão 35 vezes, seguido dos tricolores que acumulam 31 conquistas.

Em relação ao time que começa jogando, o técnico Odair Hellmann deve manter praticamente a mesma equipe que conquistou a Taça Rio na última quarta-feira (8), no Maracanã. A única mudança deverá ser no setor defensivo. O zagueiro Nino sofreu uma entorse no joelho esquerdo no treinamento da última sexta-feira (10) e não foi relacionado. Desta forma, Digão e Luccas Claro lutam pela vaga para atuar ao lado de Matheus Ferraz na zaga.

Leia mais:  Torcedores do FFC brincam com possível chegada de Messi ao clube

Para enfrentar o Flamengo havia a esperança do retorno do atacante Fred. O camisa 9 desfalcou o tricolor na última partida após sentir dores no pé. Desta vez, o jogador descobriu um problema oftalmológico no olho esquerdo e precisará passar por uma cirurgia. Sendo assim, Evanilson deve ganhar nova oportunidade.

O meio-campista Paulo Henrique Ganso vive a mesma situação de Fred, ele não foi relacionado na final da Taça Rio, após sentir dores na região lombar, e permanece sem condições de jogar.

Pelo lado rubro-negro, o técnico português Jorge Jesus também deverá manter quase todos os 11 titulares que empataram com o Fluminense de 1 a 1, na final da Taça Rio, e que acabaram sendo derrotados nos pênaltis por 3 a 2. A exceção será no ataque, Bruno Henrique sentiu dores na panturrilha na´última partida e provavelmente será poupado. O treinador português tem duas opções para posição, Pedro que mais centralizado ou Michael com características de velocidade, atuando pelos flancos.

As prováveis escalações:

Fluminense: Muriel; Gilberto, Matheus Ferraz, Luccas Claro ou Digão e Egídio; Dodi, Hudson e Yago; Nenê, Marcos Paulo e Evanilson. Técnico: Odair Hellmann.

Leia mais: 

Flamengo: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís; Arão, Gerson e Everton Ribeiro; Arrascaeta, Pedro ou Michael e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

 

Por: Agência Brasil

Comentários Facebook
Propaganda

Esportes

Minas afasta Maurício Souza, que é multado e deverá se retratar após declarações homofóbicas

Publicados

em

Central fez postagem nas redes sociais sobre a orientação sexual do novo Super-Homem: “Vai nessa que vai ver onde vamos parar”, publicou

Diante do caso envolvendo Maurício Souza, o Minas afastou o jogador por causa de declarações homofóbicas postadas nas redes sociais. Como havia antecipado o ge durante a tarde, o clube mineiro confirmou, em um comunicado oficial divulgado nas redes sociais, que o jogador ainda terá de se retratar publicamente e pagar uma multa.

“O presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Vieira Santiago, se reuniu com o atleta Maurício Souza esta tarde e lhe informou sobre o seu afastamento por tempo indeterminado. O atleta também recebeu uma multa e foi orientado a fazer uma retratação pública imediata.”

Nesta terça-feira, os principais patrocinadores da equipe se manifestaram sobre o posicionamento do atleta. As empresas pediram, em notas separadas, “medidas cabíveis” ao clube mineiro e repudiaram as declarações homofóbicas do jogador.

Diante do caso envolvendo Maurício Souza, o Minas afastou o jogador por causa de declarações homofóbicas postadas nas redes sociais. Como havia antecipado o ge durante a tarde, o clube mineiro confirmou, em um comunicado oficial divulgado nas redes sociais, que o jogador ainda terá de se retratar publicamente e pagar uma multa.

“O presidente do Minas Tênis Clube, Ricardo Vieira Santiago, se reuniu com o atleta Maurício Souza esta tarde e lhe informou sobre o seu afastamento por tempo indeterminado. O atleta também recebeu uma multa e foi orientado a fazer uma retratação pública imediata.”

Nesta terça-feira, os principais patrocinadores da equipe se manifestaram sobre o posicionamento do atleta. As empresas pediram, em notas separadas, “medidas cabíveis” ao clube mineiro e repudiaram as declarações homofóbicas do jogador.

Leia mais:  Jogadores testam positivo para Covid no Botafogo e no Corinthians

Mais cedo, uma reunião entre a diretoria do Minas e os patrocinadores do clube tratou sobre o assunto. Segundo apurou o ge, o Minas entendia que não havia clima para Maurício atuar nos próximos jogos. A estreia da equipe mineira na Superliga está prevista para sábado, contra o São José dos Campos. Assim, cogitou a possibilidade de rescindir o contrato do jogador.

No entanto, as partes chegaram a um acordo, e central mostrou-se disposto a uma retratação. Além da multa, Maurício Souza será afastado por tempo indeterminado. Só depois poderá se juntar novamente ao elenco.

Entenda o caso

 

Há cerca de duas semanas, a DC Comics anunciou que o novo Super-Homem, filho de Clark Kent, se descobrirá bissexual nas próximas edições das histórias em quadrinhos. O assunto, que foi um dos mais comentados do Twitter no dia da divulgação, também movimentou a comunidade do voleibol brasileiro.

Após a publicação da editora, Maurício Souza, postou a foto do Super-Homem e fez críticas à decisão da DC. O Minas se manifestou ainda nessa segunda-feira sobre a publicação do jogador. O clube disse que respeitava a liberdade de opinião de cada atleta, mas que não aceitava declarações homofóbicas.

– Ah é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar – postou o jogador, que recebeu comentários de apoio de outros atletas do vôlei, como Wallace e Sidão.

 

Leia mais:  Torcedores do FFC brincam com possível chegada de Messi ao clube

O ponteiro Douglas, um dos destaques da seleção brasileira de vôlei nas Olimpíadas de Tóquio, faz parte da comunidade LGBTQIA+ e postou a mesma imagem da DC, com dizeres totalmente contrários ao exposto pelo jogador do Minas.

– Engraçado que eu não virei heterossexual vendo os super-heróis homens beijando mulheres. Se uma imagem como essa te preocupa, sinto muito, mas eu tenho uma novidade pra sua heterossexualidade frágil. Vai ter beijo sim. Obrigado DC por pensar em representar todos nós e não só uma parte ❤️ – escreveu.

O assunto gerou uma grande repercussão nas redes sociais após os internautas considerarem as postagens como indiretas entre os companheiros de seleção. Maurício, apesar das críticas que levou com seu protesto, continuou endossando sua opinião nas redes sociais.

– Hoje em dia o certo é errado e o errado é certo… Não se depender de mim. Se tem que escolher um lado eu fico do lado que eu acho certo! Fico com minhas crenças, valores e ideias – encerrou.

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana