conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Santa Vitória: Implantação de posto de atendimento virtual da Receita Federal (PAV)

Publicado em

CIÊNCIA E SAÚDE

No dia 05 de abril, foi realizada uma reunião virtual conduzida pelo Delegado da DRF de Uberlândia, Eduardo Cláudio Martins com a participação de Luiz Cláudio – Delegado Adjunto; Nilda Helena – Chefe da ARF de Ituiutaba/MG e, Leandro Rodrigo – Chefe da ARF de Frutal/MG. Representando o Município de Santa Vitória, Prefeito Interino Renato de Paula, os Secretários Municipais de Desenvolvimento Econômico, João Batista de Medeiros e de Governo Márcio Quirino, Procuradora do Município, Fabrícia Araújo, Controladora Interna, Andreya Lima, e os servidores municipais, Adãonete Aquino, Francisco Elias e Graciele Ferreira.

A pauta da reunião foi a implantação do Posto de Atendimento Virtual da Receita Federal (PAV), em Santa Vitória. De acordo com Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, João Batista de Medeiros essa ação deve ocorrer nos próximos dias por meio de acordo firmado entre a Prefeitura e a Delegacia da Receita Federal – DRF de Uberlândia. “O PAV será de muita importância para o nosso Município, uma vez que vai auxiliar a população que necessita de alguns dos serviços da Receita Federal, sem a necessidade de se deslocar até a vizinha cidade de Ituiutaba para atendimento, inclusive, evitando despesas de transportes”, afirmou.

Leia mais:  Corpo de enfermeiro é achado dentro de banheiro em represa de Rio Preto

O Delegado da DRF de Uberlândia, Eduardo Cláudio Martins ressaltou que o Posto de Atendimento Virtual da Receita Federal (PAV) surge como uma iniciativa da Receita Federal em parceria com a Prefeitura de Santa Vitória, e, tem por objetivo ampliar a capacidade de atendimento local da Receita Federal por meio de novas possibilidades, agora, à distância. Serão ofertados os serviços de inscrição e alteração de dados PF e PJ, pendência fiscal PF, PJ e imóvel rural, malha fiscal PF, restituição de IRPF, inscrição, alteração e regularização de CPF, emissão de DARF e GPS, certidão de obra, regularidade fiscal, inscrição, baixa e alteração do CNPJ e outros, etc.

Para o Prefeito Interino, Renato de Paula a implantação do PAV em Santa Vitória, se faz necessária em virtude dos momentos difíceis vivenciados com a pandemia do COVID 19, vez que, muitas atividades, inclusive, públicas não podem prestar o atendimento presencial. “De maneira que, com a implantação do PAV iremos atender uma grande demanda da população ao proporcionar atendimento dos serviços da Receita Federal – sem a necessidade de deslocamento do cidadão para buscar atendimento presencial na ARF de Ituiutaba. Destaco o empenho do Prefeito Salim Curi nessa promissora parceria com a Receita Federal requisitada já a alguns meses junto à DRF de Uberlândia, ora prestes a se concretizar. Por fim, entendemos que os serviços do PAV irá facilitar o dia a dia do contribuinte e dos profissionais de contabilidade”, concluiu Renato.

Leia mais:  Profissionais de Saúde passam por treinamentos no hospital de Campanha de Combate ao Coronavírus de Iturama

Em Santa Vitória, o Posto de Atendimento Virtual da Receita Federal (PAV) vai funcionar conjugado com os serviços de atendimento na Sala Mineira do Empreendedor localizada na Rua Jânio Quadros nº 208 – próximo do SINE Municipal.

Por: Prefeitura de Santa Vitória

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Profissionais de Saúde passam por treinamentos no hospital de Campanha de Combate ao Coronavírus de Iturama

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana