conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Rio Preto tem mais de 200 festas ilegais durante quarentena

Publicado

Desde o início da pandemia do coronavírus em Rio Preto, no dia 13 de março, foram denunciadas 213 festas irregulares para Guarda Municipal de Rio Preto, uma média de 16 casos por fim de semana. Somente no último fim de semana, entre sábado e domingo, foram flagradas 250 pessoas sem máscara de proteção em reuniões ilegais. Virologista alerta para o sério risco destas aglomerações provocarem explosões de contaminações.

As denúncias vão desde churrasco familiares até festas com muito som alto e bebida alcoólica à disposição – cervejas e destilados, principalmente – , diz o comandante operacional da GCM, Victor Cornacioni.

“Tem situações que a Guarda dá advertência e o pessoal encerra a festa, mas tem outros eventos que somos recebidos até com hostilidade. As pessoas não entendem que não é hora de fazer festa nenhuma”, afirma.

O maior flagrante de festa irregular foi feito pela Polícia Militar, acompanhado pela GCM, na madrugada de domingo, 13, quando ocorria uma festa para 150 pessoas em uma chácara na Estância Santa Luzia. A organizadora do evento foi detida, depois encaminhada para Central de Flagrantes onde foi atuada por dois crimes: por perturbação do sossego e por infringir determinação do poder público destinado a impedir propagação de doença contagiosa.

Leia mais:  Ação para proibir venda de carne bovina com resíduos químicos é ajuizada na Justiça Federal em Uberlândia

Até um baile funk com participação de 30 pessoas foi flagrado pela PM, na madrugada de sábado, em uma chácara na Estância São Miguel Arcanjo II, onde também os organizadores foram detidos por desrespeitar a proibição de promover aglomerações.

Também na madrugada de sábado, mais 30 pessoas foram flagradas em festa em uma chácara, na Estância Suíça. O organizador do evento foi detido.

Nos três casos, os responsáveis foram soltos após prestar depoimento na Central de Flagrantes, mas poderão ser multados em R$ 6 mil pela Vigilância Sanitária.

De março até junho foram emitidas cinco multas contra festas durante a pandemia, mas pode vir mais punição porque nem todos os recursos ainda não foram julgados.

A Vigilância Sanitária avisa que os donos dos estabelecimentos onde são realizados os eventos também estão sujeitos a autuação, multa e até fechamento temporário do prédio.

O secretário municipal de saúde, Aldenis Borin criticou a realização de festas em plena pandemia. “Essas festas com até 150 pessoas, como me falou a Guarda Municipal, são feitas por pessoas irresponsáveis”, diz.

Leia mais:  Teste em massa de Covid-19 feito por meio de celular e desenvolvido pela UFMG é cinco vezes mais barato, diz pesquisadora

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informa que as denúncias podem ter feitas a qualquer hora do dia pelo telefone 153 da Guarda Municipal

“A Prefeitura de Rio Preto recomenda às pessoas que respeitem o isolamento social. As aglomerações estão proibidas” informa a nota.

Além de multa, organizadores e donos dos locais de eventos podem ser punidos com pena de até um ano de reclusão.

 

Por: Região Noroeste

Comentários Facebook
publicidade

ITURAMA E REGIÃO

POLÍCIA MILITAR RECUPERA MOTOCICLETA FURTADA EM ITURAMA

Publicado

Na madrugada do último sábado 26 de setembro de 2030, por volta da 01h da manhã, uma motocicleta foi furtada em frente a um estabelecimento comercial localizado na Av. Ayrton Senna do Brasil com rua Dr. Alípio Soares Barbosa.

A PMMG foi acionada e de imediato as guarnições do turno realizaram intenso rastreamento pelos bairros da cidade.

Três horas depois, durante a execução de diligências de rastreamento no bairro Itália, uma guarnição iniciou o acompanhamento de uma motocicleta que deslocava pelas vias daquele bairro.

Após a confirmação de que se tratava da motocicleta furtada foi dado a ordem de parada para o motociclista sendo esta nao acatada de pronto.

Nas imediações da av. Alexandrita, a guarnição conseguiu abordar o veículo e para impedir a fuga a pé do motociclista os militares utilizaram as técnicas de abordagem policial e defesa pessoal para imobiliza-lo.

Em entrevista com o abordado, o mesmo confessou a autoria do furto da motocicleta.

Foi dado voz de prisão ao autor sendo este apresentado na Delegacia de Polícia e a motocicleta apreendida, a qual seria devolvida ao seu proprietário.

 

 

 

 

Por: Policiamilitariturama.

 

 

Comentários Facebook
Leia mais:  Banhista morre afogado ao nadar com a família em represa perto de Uberlândia
Continue lendo

Mais Lidas da Semana