conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Rio Preto tem mais de 200 festas ilegais durante quarentena

Publicado em

ITURAMA E REGIÃO

Desde o início da pandemia do coronavírus em Rio Preto, no dia 13 de março, foram denunciadas 213 festas irregulares para Guarda Municipal de Rio Preto, uma média de 16 casos por fim de semana. Somente no último fim de semana, entre sábado e domingo, foram flagradas 250 pessoas sem máscara de proteção em reuniões ilegais. Virologista alerta para o sério risco destas aglomerações provocarem explosões de contaminações.

As denúncias vão desde churrasco familiares até festas com muito som alto e bebida alcoólica à disposição – cervejas e destilados, principalmente – , diz o comandante operacional da GCM, Victor Cornacioni.

“Tem situações que a Guarda dá advertência e o pessoal encerra a festa, mas tem outros eventos que somos recebidos até com hostilidade. As pessoas não entendem que não é hora de fazer festa nenhuma”, afirma.

O maior flagrante de festa irregular foi feito pela Polícia Militar, acompanhado pela GCM, na madrugada de domingo, 13, quando ocorria uma festa para 150 pessoas em uma chácara na Estância Santa Luzia. A organizadora do evento foi detida, depois encaminhada para Central de Flagrantes onde foi atuada por dois crimes: por perturbação do sossego e por infringir determinação do poder público destinado a impedir propagação de doença contagiosa.

Leia mais:  Vacinação por idade acelera imunização contra a covid-19 em Minas Gerais

Até um baile funk com participação de 30 pessoas foi flagrado pela PM, na madrugada de sábado, em uma chácara na Estância São Miguel Arcanjo II, onde também os organizadores foram detidos por desrespeitar a proibição de promover aglomerações.

Também na madrugada de sábado, mais 30 pessoas foram flagradas em festa em uma chácara, na Estância Suíça. O organizador do evento foi detido.

Nos três casos, os responsáveis foram soltos após prestar depoimento na Central de Flagrantes, mas poderão ser multados em R$ 6 mil pela Vigilância Sanitária.

De março até junho foram emitidas cinco multas contra festas durante a pandemia, mas pode vir mais punição porque nem todos os recursos ainda não foram julgados.

A Vigilância Sanitária avisa que os donos dos estabelecimentos onde são realizados os eventos também estão sujeitos a autuação, multa e até fechamento temporário do prédio.

O secretário municipal de saúde, Aldenis Borin criticou a realização de festas em plena pandemia. “Essas festas com até 150 pessoas, como me falou a Guarda Municipal, são feitas por pessoas irresponsáveis”, diz.

Leia mais:  Live de Alan e Josi supera as expectativa em arrecadação para entidades

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informa que as denúncias podem ter feitas a qualquer hora do dia pelo telefone 153 da Guarda Municipal

“A Prefeitura de Rio Preto recomenda às pessoas que respeitem o isolamento social. As aglomerações estão proibidas” informa a nota.

Além de multa, organizadores e donos dos locais de eventos podem ser punidos com pena de até um ano de reclusão.

 

Por: Região Noroeste

Comentários Facebook
Propaganda

ITURAMA E REGIÃO

Inscrições para Cavalgada de Iturama 2022 se Inicia na Segunda-feira

Publicados

em

A partir do dia 06/06 estarão abertas as inscrições para a 9ª Edição da Cavalgada de Iturama, com intuito de resgatar tradição e preservar a memória Cultural do município, e também prestar uma homenagem aos saudosos irmãos, Leovagner e Gilvan.

O evento será realizado no dia 3 de Julho de 2022 (Domingo), à partir das 09h, com a saída da Fazenda do Tião Tiago na Tronqueira, em sentido ao estacionamento do parque de exposição, com previsão de chegada para as 13h.

Será oferecido aos participantes, café da manhã no local de saída e almoço no ponto de chegada.

Lembrando que as inscrições para as comitivas estarão abertas dia 06/06.

 

Para confirmar a presença, os interessados devem realizar a inscrição presencialmente, ou leva-la na sede da Secretaria de Cultura.

Comentários Facebook
Leia mais:  Iturama: Governador Zema participará do lançamento da pedra fundamental de terminal ferroviário na Usina Coruripe
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana