conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

Rematrículas para o ano de 2020

Publicado

A Prefeitura Municipal de Iturama por meio da Secretaria de Educação abre o período de rematrícula para os alunos pertencente a rede municipal de ensino.

Para dar continuidade de estudos em 2020 na mesma escola em que seu filho estudou em 2019 é preciso procurar a Unidade Escolar e fazer a rematrícula no período de 27 de novembro a 06 de dezembro.

Renovação de Matrícula o ato que confirma o direito ao aluno de continuidade dos estudos na unidade escolar onde já se encontra matriculado no ano de 2019

Documentos exigidos:

I –  RG (Identidade) ou, na sua ausência, Certidão de Nascimento do aluno, original e cópia;

II – CPF do aluno, original e cópia;

III – Comprovante de residência, original e cópia, no nome de um dos pais/responsáveis ou do aluno. Serão considerados comprovantes válidos as contas de energia, água e telefone;

IV – Declaração Municipal de Imunização/Vacinação retirado nas Unidades Básicas de Saúde de Iturama.

V – Cartão do SUS atualizado;

VI – Cartão de benefício do Programa Bolsa Família, quando for beneficiário, para registro do NIS (Número de Identificação Social) do aluno.

Leia mais:  SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LIMEIRA DO OESTE- MG REALIZA CESSÃO DE ALIMENTOS ADQUIRIDOS COM RECURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR- PNAE.

VII – CPF, originais e cópias, de um dos pais/responsáveis.

VII – Caso o estudante seja declarado com Deficiência, Transtornos Globais do Desenvolvimento e Altas habilidades/Superdotação, é necessária a apresentação de laudo médico, original e cópia.

 

VIII – E preencher o Formulário de Renovação de Matrícula 2020

O aluno deve ser matriculado na escola mais próxima de sua residência obedecendo os critérios de zoneamento.

 

As Unidades Escolares estarão realizando as matriculas das 7h às 11h e das 13h às 17h

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Ministro da Educação Milton Ribeiro coloca Izabel Lima Pessoa à frente da Secretaria de Educação Básica

Publicado

O ministro da Educação Milton Ribeiro anunciou na manhã desta quarta-feira (5) a troca do comando da Secretaria de Educação Básica (SEB). Ele afirmou que convidou Izabel Lima Pessoa, que aceitou a oferta. Ilona Becskehazy deixa o cargo. A nomeação ainda precisa ser oficializada no “Diário Oficial da União”.

“Convidei para assumir a SEB do MEC a professora doutora Izabel Lima Pessoa, servidora de carreira da CAPES com muita experiência em gestão de ensino público. Ela aceitou e será a mais nova componente da nova equipe do MEC”, escreveu Ribeiro em uma rede social. Ribeiro afirmou ainda que Carlos Nadalim vai permanecer à frente da Secretaria de Alfabetização.

Izabel é hoje diretora de Políticas e Diretrizes da Educação Básica, um dos braços da SEB. A secretaria que ela agora deve comandar é responsável por ações como a articulação e o apoio às redes de ensino, primordial na retomada das aulas presenciais.

De acordo com o seu currículo Lattes, Izabel Lima Pessoa é doutora em Política Social, mestre em Desenvolvimento Sustentável, especialista em Gestão de Políticas de Ciência e Tecnologia, e graduada em Letra. Ela declara ter experiência na elaboração e gestão de programas de formação de professores.

Leia mais:  SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LIMEIRA DO OESTE- MG REALIZA CESSÃO DE ALIMENTOS ADQUIRIDOS COM RECURSOS DO PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR- PNAE.

Ilona Becskehazy estava à frente da pasta desde que Janio Macedo pediu demissão do cargo, em 9 de abril. Macedo esteve no cargo por quase um ano.

Em 18 de julho, Ilona publicou o texto “Quem será que gostaria de ver a Ilona fora do MEC/SEB?” em que rebate acusações como a de ser “globalista” por ter trabalhado na Fundação Lemann, de ser “cirista” (neologismo ligado à família dos políticos Ciro Gomes e Cid Gomes) por ter estudado a educação em Sobral (CE), e de ser “jornalista de esquerda” por ter trabalhado na CBN.

No mesmo texto, Ilona afirma que nos primeiros 90 dias à frente da pasta ela trabalhou para “melhorar processos de gestão”, montar equipe, melhorar a interação com o Conselho Nacional de Educação (CNE), entre outras ações. Nesta quarta, ela participou de uma audiência pública no Senado sobre a educação na pandemia.

Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana