conecte-se conosco

Record acusa homem sem provas e discussão ao vivo no “Cidade Alerta” viraliza

Publicado

source

Uma reportagem exibida no ” Cidade Alerta ” na última terça-feira (9) acabou em confusão e virou assunto nas redes sociais. Isso porque, o jornal comandado por Luiz Bacci fazia a cobertura da morte de um homem chamado Josivaldo afirmando que ele era um agiota. A família ficou revoltada com a acusação e a filha órfã fez um desabafo e criticou ao vivo o jornalismo da Record TV .

Leia também: Ex-ator de “Carrossel” fala de pai violento no “Cidade Alerta”

Luiz Bacci
Reprodução/Twitter

Luiz Bacci é “cancelado” nas redes sociais por matéria do “Cidade Alerta”


A repórter Luiza Zanchetta começou dizendo que vizinhos, supostamente, próximos a Josivaldo afirmaram que ele era um agiota, emprestando dinheiro e cobrando com juros. Nesse momento, um homem chegou, empurrou a câmera da Record e declarou que a jornalista estava “dizendo merda”. Ela retrucou falando que não estava ofendendo ninguém.

Leia também: “Cidade Alerta” investiga polêmica de “Bel para Meninas”

Em meio à confusão, a filha do homem morto, Amanda, resolveu dar uma entrevista. “Eu perdi meu pai hoje e não estou vendo um pingo de respeito aqui, vocês falando que ele é agiota. Como assim? De onde é essa informação? Acho que vocês têm que ter um pingo de consideração”, declarou a jovem chorando. Luiz Bacci interviu dizendo que, sendo agiota ou não, o importante era saber quem matou Josivaldo.

Leia mais:  De quarentena com o ex, Ivy Moraes, do "BBB 20", reata casamento


Luiza Zanchetta explicou que a polícia não confirmava a informação de que o pai de Amanda era agiota e, novamente, disse que vizinhos tinham confirmado a informação. A filha de Josivaldo garantiu que só tinha contato com um vizinho da rua: “Vocês não podem afirmar! De repente vocês vêm com suposições, eu achei que a Record tinha um jornalismo mais responsável”.

Leia também: Mãe descobre morte da filha ao vivo no “Cidade Alerta” e choca público

Luiz Bacci tentou contornar a situação, mas a confusão continuou. Amanda começou a chorar descontroladamente e precisou ser retirada do ar. A família chegou a exigir um pedido de desculpas em rede nacional. “Peço desculpas pela abordagem como agiota, de não tratar como suspeito, como deve ser realmente até que a polícia, a Justiça conclua se é agiota ou não”, declarou o âncora do “Cidade Alerta”. O caso repercutiu nas redes sociais.

Leia mais:  Durval descobre que Danilo é adotado em "Amor de Mãe"







Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Ex-Dominó Klaus Hee faz promoção e “desova” revistas com seus ensaios nu

Publicado

por

source
Klaus Hee e a coleção de revistas que colocou à  venda
Divulgação

Klaus Hee e a coleção de revistas que colocou à venda


Ex-integrante do grupo Dominó, Klaus Hee começou a semana revirando o baú. Na tarde desta segunda-feira, o bonitão, que também deu plantão como assistente de palco de Angélica e Celso Portiolli no programa “Passa ou Repassa”, do SBT, publicou um post anunciando a venda das edições de “Íntima” e “G Magazine” para as quais posou como veio ao mundo. Ah, e detalhe: autografadas. “Pessoal, estou desovando os exemplares das publicações adultas. Quem estiver interessado, 1 R$ 50,00 com sedex, 2 R$ 100,00 com sedex e 3 R$ 130,00 com sedex. Só chamar no direct”, disse, via Instagram.

Procurado, ele contou ao iG Gente que tem muitas revistas guardadas em sua casa, no escritório de seu primo, que é advogado e foi quem negociou o contrato na época, além de outras na residência de seu pai. “Ou seja, tenho demais! Para mim, bastam uma ou duas de cada para guardar de recordação. Isso sem contar que, agora, uma graninha é sempre bem-vinda”, manifestou-se, aos risos.

Leia mais:  Wesley Safadão, Xand Avião e mais: confira as lives do fim de semana

Para quem não sabe ou não se lembra, o primeiro ensaio foi para “Íntima” (depois rebatizada de “Íntima & Pessoal”), que também tirou a roupa de Humberto Martins, Sylvinho Blau Blau, Waguinho, ex-Morenos, Renato Gaúcho, entre outros famosos. Foi em 1999. Cinco anos depois, porém, Klaus aceitou a proposta da “G Magazine”. A chamada de capa fazia alusão à sua semelhança com o astro do filme “Top Gun — Ases Indomáveis”: “O nosso Tom Cruise é melhor que o deles”. Foi um sucesso! Tanto que, em dezembro de 2006, voltou às páginas da publicação sob o sugestivo título: “Mais maduro e gostoso que nunca”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana