conecte-se conosco

Economia

Programa Lab Procel abre inscrições para segundo edital

Publicado

.

Já está disponível  o segundo edital do Programa Lab Procel, realizado em parceria pela Eletrobras, por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel), e a Firjan Senai. As inscrições devem ser feitas até às 19h (horário de Brasília) do dia 23 de agosto.

Com aporte de mais de R$ 3 milhões, a segunda chamada do programa é voltada à captação de projetos e aceleração de Com aplicação nos setores residencial, comercial, industrial, de serviços e setor público. Podem concorrer às vagas startups (empresas emergentes) e micro e pequenas empresas inovadoras de base tecnológica.

A chamada pública será objeto de dois seminários virtuais programados para os dias 3 e 10 de agosto, quando os interessados poderão esclarecer dúvidas. As transmissões serão ao vivo no canal da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) no Youtube. O edital, as inscrições e os links para os webinares podem ser acessados a partir desta sexta-feira (31) na página do Programa Lab Procel

Leia mais:  Maia propõe discussão sobre isolamento social no combate à covid-19

Os inscritos passarão por uma seleção online na primeira fase. Devido às restrições impostas pelo isolamento social, por conta da pandemia do novo coronavírus, os escolhidos para a segunda etapa apresentarão seus projetos virtualmente para uma banca de especialistas. Ao fim do processo da segunda chamada, quatro propostas, no mínimo, serão aceleradas pelo Programa Lab Procel, instalado nos laboratórios da Firjan Senai, no Rio de Janeiro.

Programa

O Programa Lab Procel foi lançado em abril deste ano e para dar oportunidade para o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica junto a startups, micro e pequenas empresas inovadoras, com ênfase na eficiência energética, que resultem em soluções e produtos para a sociedade. A primeira chamada pública foi aberta no dia 27 de abril, com a meta de acelerar projetos de inovação tecnológica com ênfase em eficiência energética no saneamento ambiental. No final deste ano, está previsto o lançamento de um terceiro edital do programa, cujo objetivo é o desenvolvimento de soluções de eficiência energética de caráter generalista.

Leia mais:  Petrobras lança edital para arrendamento de terminal de regaseificação

O Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) foi criado em 1985 pelo governo federal. Ele é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e executado pela Eletrobras. Seus recursos são assegurados pela Lei 13.280/2016. O Plano Anual de Aplicação de Recursos do Procel para o ano de 2018 inclui o projeto Concurso de Inovação para Soluções em Eficiência Energética, projeto viabilizador do Programa Lab Procel, que conta com recursos da ordem de R$ 16,67 milhões, dos quais cerca de 90% são de responsabilidade do Procel.

Edição: Nádia Franco

Comentários Facebook
publicidade

Economia

Dólar fecha em leve alta em dia de reunião do Copom

Publicado

por

.

No dia em que o Banco Central reduziu a taxa Selic (juros básicos da economia) para 2% ao ano, a moeda norte-americana fechou em leve alta. O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (5) vendido a R$ 5,294, com valorização de R$ 0,01 (+0,18%).

A cotação oscilou bastante. A divisa operou em baixa durante a manhã, chegando a cair para R$ 5,23 na mínima do dia, por volta das 9h30. Em seguida, o movimento reverteu-se. Na máxima do dia, por volta das 14h30, o dólar chegou a R$ 5,31.

Juros

As sucessivas quedas no juro básico da economia pressionam a cotação, uma vez que diminuem o retorno da renda fixa doméstica e deixaram o Brasil em desvantagem em termos de rendimento em relação a outros países emergentes.

Dados do Banco Central mostraram mais cedo que o Brasil registrou forte saída de recursos em julho, com fluxo cambial negativo em quase US$ 3,3 bilhões, o pior para o mês em cinco anos. A fuga foi puxada por nova debandada de capital da conta financeira –por onde passam fluxos para portfólio (investimentos no mercado financeiro) e relativos a empréstimos, por exemplo.

Leia mais:  Petrobras paralisa parte de construção de gasoduto e do Comperj

Bolsa

No mercado de ações, a bolsa paulista retomou o viés de alta nesta quarta-feira. Depois de quatro sessões seguidas de queda, o índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou o dia aos 102.802 pontos, com alta de 1,57%.

O avanço do preço do petróleo no mercado internacional beneficiou os papéis da Petrobras, que concentra o maior volume de ações negociados na bolsa. As ações preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) saltaram 6,43%. As ações ordinárias (com direito a voto em assembleia de acionistas) subiram 6,45%.

O Ibovespa também avançou por causa da divulgação de resultados de empresas. Diversas companhias divulgaram balanços trimestrais com queda no lucro menor que o esperado por causa da pandemia do novo coronavírus.

* Com informações da Reuters

Edição: Wellton Máximo

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana