conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Primeiro bebê do ano da Santa Casa Fernandópolis nasce nas primeiras horas de 2021

Publicado

Ainda em meio a comemoração da chegada de Ano Novo, o pequeno Gael Henrique foi o primeiro bebê a nascer logo nas primeiras horas de 2021 na Santa Casa Fernandópolis.
 
O bebê chegou à 1h35 da sexta-feira, dia 1º, em um parto normal com a assistência da equipe do Hospital, coordenada pela médica obstetra Priscila Catelan Souto Carvalho.
 
Com 44,5cm de comprimento e pesando 2,7 kg, Gael é filho do casal fernandopolense Amanda Silva e Cleomar Costa Silva.
 
“Foi um presente que Deus me deu. Esse ano que passou foi tão difícil, é um sinal de esperança pro mundo. Chegar 2021 com um presente desse é maravilhoso, só tenho a agradecer”, contou emocionada Amanda, a mais nova mãe do ano.

DENER BOLONHA

Coordenador de Comunicação
Assessoria de Comunicação

Comentários Facebook
Leia mais:  Casos e mortes por coronavírus no Brasil, 24 de junho, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização das 13h)
publicidade

CIÊNCIA E SAÚDE

Cerca de 7 milhões de seringas agulhadas já foram enviadas a 21 Regionais de Saúde de Minas

Ao todo, o Governo de Minas comprou 50 milhões de seringas. Deste montante, 21 milhões de unidades já chegaram ao estado.

Publicado

Cerca de 7 milhões de seringas agulhadas que servirão para a vacinação contra a covid-19 estão a caminho ou já chegaram a 21 das 28 Regionais de Saúde do Estado de Minas Gerais. E, até a próxima segunda-feira (18/1), todas as regionais já devem receber esses materiais.

Mais de 450 câmeras frias, que servirão para armazenamento dos imunizantes, também foram entregues. No total, 617 freezers, com capacidades entre 200 e 400 litros, foram adquiridos. O transporte é feito por meio de caminhões baús dos Correios, com os quais a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) fez contrato de exclusividade.

Ao todo, o Governo de Minas comprou 50 milhões de seringas. Deste montante, 21 milhões de unidades já chegaram ao estado.   As regionais de saúde do Estado já estão distribuindo os insumos para os 853 municípios mineiros, para que todos estejam preparados para quando a vacina chegar.

“Todo o processo de compras e de logística de distribuição foi planejado com antecedência. Quando as vacinas contra a covid-19 chegarem, os municípios estarão abastecidos com as seringas agulhadas para darem início à vacinação”, destaca a subsecretaria de Vigilância em Saúde, Janaína Passos de Paula.

Leia mais:  Vacina contra o novo coronavírus é meta de pesquisa executada por cientistas da USP e do Incor

Logística

A logística para organizar a imunização da população contra o SARS Cov-2 será semelhante à utilizada nas campanhas contra a Influenza: as seringas agulhadas saem do almoxarifado da Secretaria e da Rede Estadual de Frio do estado. A partir destes pontos são transportados a cada uma das regionais de saúde, que contatam os municípios. Eles são responsáveis por providenciar o recolhimento e armazenamento adequado dos materiais.

Todo o trabalho de logística e distribuição dos insumos está sendo feito em parceria pelos Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, além do auxílio das Forças Armadas.

Desde setembro do ano passado, a SES-MG vem executando o Plano de Contingenciamento para Vacinação Contra a Covid-19. O objetivo é que a vacina chegue a todos os mineiros.

Confira, a seguir, a tabela com o quantitativo de cada regional:

 

Por: Agência Minas

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana