conecte-se conosco


EDUCAÇÃO

Prefeitura de Limeira do Oeste firma parceria para atendimentos no Centro de Especialidades Maria Barbosa

Publicado em

EDUCAÇÃO

Aconteceu na manhã de ontem, (14/7), na Secretaria Municipal de Educação, uma reunião com a presença do Secretário Municipal de Educação, Professor Clodoaldo Oliveira; Vice-prefeito e Secretário Municipal de Saúde, Éder Aguiar; Psicopedagoga, Helena Molina e Coordenadora do Centro de Especialidades Maria Barbosa, Senhora Fátima.
Na reunião foi assinada a documentação (Projeto e Regimento Interno) acerca dos atendimentos da demanda da Educação no Centro de Especialidades; bem como alinhado os atendimentos da demanda manifestada pela Educação.
O levantamento de Alunos e Profissionais da Educação das Escolas da Rede Municipal de Ensino, Escola Estadual Izoldino Soares de Freitas e APAE que necessitem de atendimento clínico multiprofissional: psicólogo, fonoaudiólogo, nutricionista, psicopedagogo, fisioterapeuta, dentre outras especialidades médicas será realizado por Profissionais Especializados da Educação e encaminhados ao Centro de Especialidades Maria Barbosa, a fim de que seja feito o agendamento e atendimento.

Segundo o Secretário de Educação Clodoaldo Oliveira o Centro de Especialidades Maria Barbosa “Foi um sonho realizado graças ao olhar e empenho do Prefeito Enedino Filho, no que concerne às parcerias significativas entre a Saúde e Educação. Gratidão por esta conquista tão importante”.

Leia mais:  O dilema da volta às aulas

Na parte da tarde, o Secretário Municipal de Educação, Professor Clodoaldo Oliveira; a Psicopedagoga Helena Molina e o Nutricionista Dower Marcos realizaram uma visita ao Centro de Especialidades Maria Barbosa.
Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação.
Unidas pelo bem comum!
Governo Municipal de Limeira do Oeste.
Trabalhando para Todos!
Gestão 2021/2024

Fonte: Assessoria

Comentários Facebook
Propaganda

ARTIGOS

Conheça as cinco competências avaliadas na correção da redação do Enem

Publicados

em

Redação pode ser decisiva no resultado final dos candidatos.

Dentro do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a redação é uma prova que pode interferir diretamente na pontuação final. Ela tem o valor de 1000 pontos, distribuídos em cinco competências.

Maria Eduarda Melo é estudante e, neste ano, fará o Enem em busca de uma vaga no curso de medicina na universidade pública. Para obter uma nota alta, a sua rotina de estudos para a prova de redação é levada a sério.

“Busco prestar bastante atenção nas aulas de ciências humanas, porque além de conter conteúdos que caem no primeiro dia de prova do Enem, são matérias que proporcionam múltiplos repertórios socioculturais, imprescindíveis para se obter uma boa nota na redação”, explica.

 

Leia mais:  Conheça as cinco competências avaliadas na correção da redação do Enem

A estudante entende que praticar é fundamental para ter um bom resultado na prova de redação.

“Produzo, no mínimo, um texto por semana, sempre atenta às dicas dos corretores e realizando a reescrita, com o intuito de corrigir meus erros e aprimorar meus argumentos.”

Competências

 

Em 2021, a redação será cobrada no primeiro dia do Enem, juntamente com as provas de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas. Por isso, para você ficar por dentro das competências e se dar bem, convidamos a professora Mary Sathler, de linguagens, que vai apresentar as cinco competências avaliadas na correção:

  • A primeira competência irá avaliar o domínio da modalidade formal da Língua Portuguesa;
  • A segunda competência abrange a compreensão da proposta de redação, incluindo a análise e abordagem completa do tema, o domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo, assim como a presença de repertório sociocultural para fundamentar o ponto de vista que será defendido;
  • A terceira competência analisa a coerência do texto, ou seja, a capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos e opiniões em defesa da argumentação;
  • A quarta competência aborda a coesão da redação, sendo importante utilizar, de maneira adequada e diversificada, os recursos coesivos que garantem a conexão de ideias tanto entre os parágrafos quanto dentro deles;
  • Por fim, a quinta competência irá avaliar a elaboração de proposta de intervenção para os problemas dissertados na redação, sendo importante apresentar uma proposta completa, detalhada e que respeite os direitos humanos.
Leia mais:  Inscrições para o Enem 2021 começam nesta Quarta-feira (30/06)

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana