conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Polícia Rodoviária prende homem que tinha 4 mandados de prisão em aberto

Publicado em

ITURAMA E REGIÃO

Um mandado de prisão foi cumprido pela Polícia Militar Rodoviária por volta das 10 da manhã de ontem durante realização de Operação Lei Seca na MG-255, altura do KM 8, no trecho localizado entre Frutal e o entroncamento da BR-153 (Cruzeta).

Segundo informações da ocorrência, um homem de 54 anos foi abordado enquanto transitava com uma VW Saveiro, com placas do estado de São Paulo. Ao ser verificado seus documentos, foi constatada a expedição de quatro mandados de prisão preventiva contra ele, sendo dois da Comarca de Rio Verde (GO) – datados de 2013 – e dois da Comarca de Frutal, expedidos em 2019.
Outro detalhe verificado pelos militares é que a tarjeta de identificação da placa do veículo estava com o nome de outro município, diverso daquele encontrado nos registros do Detran, além de apresentar uma violação no lacre da placa traseira.

Foi dada voz de prisão ao foragido, que foi conduzido à Delegacia de Frutal para as demais providências.

Leia mais:  Dono de Jet Ski, envolvido em morte de jovem em Santa Fé, foge

Por: Portari

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Sargento aposentado morre ao salvar adolescente de afogamento

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana