conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

PM, Ministério Público e secretário falam sobre confronto com ambulantes em Uberlândia

Publicado em

ITURAMA E REGIÃO

Representantes da Polícia Militar de Uberlândia, da secretaria de Meio Ambiente e Serviços Urbanos e do Ministério Público Estadual fizeram declarações, nesta quinta-feira (6), sobre o confronto registrado entre a PM e ambulantes no Centro da cidade na quarta-feira (5).

Dois tumultos foram registrados durante fiscalização feita pela Prefeitura Municipal, na Praça Tubal Vilela, e sete senegaleses, que vendiam produtos na região, foram presos.

Segundo o Administrativo, o objetivo da força-tarefa era dissipar aglomerações e coibir o comércio irregular. Pela manhã, alguns ambulantes protestaram. Mas, no início da tarde, outro grupo revidou e a polícia precisou intervir, usando tiros de borracha.

Intervenção policial

Polícia Militar prendeu sete ambulantes que reagiram durante fiscalização no Centro de Uberlândia — Foto: Reprodução/TV Integração

Polícia Militar prendeu sete ambulantes que reagiram durante fiscalização no Centro de Uberlândia — Foto: Reprodução/TV Integração

Segundo o comandante do 17º Batalhão da PM, tenente-coronel Wesley Rodrigues, a polícia interviu somente depois que alguns ambulantes estrangeiros ameaçaram os fiscais e depredaram carros da Prefeitura.

Ele explicou que, há uma semana, o comando recebeu equipes da Prefeitura para planejar a fiscalização na região central voltada aos ambulantes que estavam ocupando de forma irregular as praças e calçadas da área central.

“Anteriormente, eu já havia conversado com os ambulantes e orientado que eles não poderiam ocupar as calçadas, que deveriam reduzir o número de produtos no local”.

O tenente-coronel esclareceu que, nesta quarta, durante a abordagem de manhã, alguns materiais foram apreendidos e ambulantes contestaram, mas não foi necessária ação da PM.

“Porém, quando a Prefeitura retomou a fiscalização a tarde e os senegaleses souberam que iríamos apreender produtos irregulares, eles disseram que não deixariam levar o material. Quando os fiscais recolheram, os ambulantes intimidaram as equipes e não deixaram os fiscais saírem com veículos do local”, explicou.

Nesse momento, conforme disse a polícia, duas pessoas danificaram veículos oficiais e a polícia reagiu. “Precisamos dispersar a situação e garantir a integridade do patrimônio público”, falou o comandante.

Leia mais:  Estrela d Oeste encosta nos 270 casos positivos para covid

Crimes

Sete senegaleses, de idades não informadas, foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, acompanhados por advogados. Segundo o delegado regional, eles foram presos em flagrante por desacato, desobediência, resistência, lesão corporal e danos.

Todos foram ouvidos e a polícia determinou uma fiança de R$ 1.050. Como ninguém pagou, eles foram transferidos durante a manhã desta quinta para o centro provisório de Tupaciguara até que passem por audiência de custódia. A transferência ocorreu por causa da pandemia do novo coronavírus.

Prefeitura esclarece

O secretário de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, João Júnior, disse durante a coletiva que fiscalizações são feitas desde março para evitar aglomerações e garantir cumprimento das normas de combate à Covid-19.

“Na região central, foram três meses agindo tranquilamente, pois nosso intuito não é apreender mercadorias, mas orientar os comerciantes sobre cumprir as leis municipais. Mas, recentemente, os fiscais começaram a receber ameaças verbais e serem hostilizados. Tentamos diálogo e não conseguimos. Então pedimos apoio da polícia”, justificou.

João Júnior contou que a Prefeitura fez um cadastramento dos ambulantes que estão na central de Uberlândia, totalizando 145 comerciantes informais.

E explicou que já estão em busca de mudar a legislação e encontrar um espaço para estas pessoas. Inclusive, um projeto de lei já foi elaborado.

Leia mais:  Frutal: Não terá retorno nas aulas presenciais na rede estadual no dia 21

“Eles têm interesse em achar alternativa de local para trabalhar. Mas até que se tenha uma nova lei, eles não podem obstruir as vias”.

Fiscalização Praça Tubal Vilela Uberlândia — Foto: Laurence Henrique/Divulgação

Fiscalização Praça Tubal Vilela Uberlândia — Foto: Laurence Henrique/Divulgação

Estrangeiros na cidade

Durante a coletiva, o procurador Fernando Martins, do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), falou sobre questões envolvendo estrangeiros no país e problemas sociais enfrentados por eles.

“Esse choque de valores vem antes da pandemia. Precisamos entender que essas pessoas estão aqui porque foram acolhidas pelo Brasil e o país demonstra uma maturidade. Mas as políticas públicas não trazem perspectivas para essas pessoas serem acolhidas. É um problema em todo o Brasil”, declarou.

Ele também reforçou que a fiscalização é feita com respaldo do MPMG. “Recebi denúncias pelos fiscais que demonstraram receio de trabalhar. Todos são muito preparados, eles só saem para fiscalizar com portarias. Nós damos chance para quem está sendo fiscalizado, só demos instauramos processos”, disse.

Entenda o caso

Durante a manhã desta quarta-feira (5), fiscais de postura da Prefeitura fizeram uma força-tarefa na Praça Tubal Vilela para fiscalizar aglomerações e cumprimento das normas. A ação contou com o apoio da PM, que colocou viaturas na Avenida Afonso Pena e ambulantes protestaram.

Durante a tarde, em uma nova fiscalização, houve confusão e alguns ambulantes confrontaram com a polícia. Ruas foram interditadas e militares deram tiros com balas de borracha, além de prenderem alguns envolvidos.

Por: G1

Comentários Facebook
Propaganda

ITURAMA E REGIÃO

Inscrições para Cavalgada de Iturama 2022 se Inicia na Segunda-feira

Publicados

em

A partir do dia 06/06 estarão abertas as inscrições para a 9ª Edição da Cavalgada de Iturama, com intuito de resgatar tradição e preservar a memória Cultural do município, e também prestar uma homenagem aos saudosos irmãos, Leovagner e Gilvan.

O evento será realizado no dia 3 de Julho de 2022 (Domingo), à partir das 09h, com a saída da Fazenda do Tião Tiago na Tronqueira, em sentido ao estacionamento do parque de exposição, com previsão de chegada para as 13h.

Será oferecido aos participantes, café da manhã no local de saída e almoço no ponto de chegada.

Lembrando que as inscrições para as comitivas estarão abertas dia 06/06.

 

Para confirmar a presença, os interessados devem realizar a inscrição presencialmente, ou leva-la na sede da Secretaria de Cultura.

Comentários Facebook
Leia mais:  Frutal: Não terá retorno nas aulas presenciais na rede estadual no dia 21
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana