conecte-se conosco


Policial

PM apreende 505 fuzis em 2019 e bate recorde histórico no RJ

Publicado em

Policial

A Polícia Militar do Rio de Janeiro apreendeu 505 fuzis em todo o ano de 2019. O número é o maior registrado até hoje. O recorde anterior era de 2017, quando 382 fuzis foram apreendidos.

A marca já havia sido atingida em setembro. O número total de armas apreendidas em 2019, segundo a secretaria de Polícia Militar, foi de 8,4 mil.

No ano passado, também aumentou a apreensão de fuzis em São Paulo. De janeiro a novembro de 2019 foram apreendidas 200 armas desse tipo, enquanto que no mesmo período de 2019 foram 164.

Polícia do RJ estima que até 3.500 fuzis estejam nas mãos de criminosos

Polícia do RJ estima que até 3.500 fuzis estejam nas mãos de criminosos

Segundo estimativas da Polícia Civil, o Rio é a cidade com mais fuzis no Brasil: de 3 a 3,5 mil dessas armas estariam nas mãos de criminosos, conforme mostra o vídeo acima.

A arma poderosa é usada por países em guerra ou que enfrentam o terrorismo. No Rio, passou a fazer parte da rotina dos moradores, tanto em patrulhamentos de rotina quanto em operações policiais.

Leia mais:  Grave acidente envolvendo veículos é registrado na BR-365 em Uberlândia

Em março, no dia em que foram presos Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz, acusados de terem matado a vereadora Marielle Franco no Centro do Rio em 2018, 117 fuzis M-16 foram encontrados desmontados em caixas, dentro de uma casa no Méier, Zona Norte da cidade. Eles eram de Ronnie Lessa e estavam na casa de um amigo do PM reformado, acusado de ter atirado contra a vereadora.

Segundo o delegado Marcos Amin, titular da Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme), as armas eram falsificadas, mas funcionavam. O destino das armas é investigado pela Polícia Civil.

Homens carregam fuzis no Complexo do Chapadão, no Rio — Foto: Reprodução/ TV GloboHomens carregam fuzis no Complexo do Chapadão, no Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Homens carregam fuzis no Complexo do Chapadão, no Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Mulher é suspeita de esfaquear companheiro em BH; homem tinha passagens por lesão corporal contra ela

Publicados

em

Segundo o boletim de ocorrência, a agressão ocorreu após um desentendimento entre o casal. As filhas da mulher, de 3 e 19 anos, presenciaram a briga.

Uma mulher, de 33 anos, é suspeita de esfaquear o companheiro, de 41 anos, dentro de casa, no bairro Lindeia, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte, na noite desta segunda-feira (25).

Segundo o boletim de ocorrência, a agressão ocorreu após um desentendimento entre o casal. As filhas da mulher, de 3 e 19 anos, presenciaram a briga.

A suspeita fugiu após o crime e não tinha sido localizada até a publicação desta reportagem. O homem foi levado para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII com ferimentos no abdômen.

De acordo com a PM, ele tem três passagens policiais por lesão corporal contra a mulher. Ela tem 12 passagens por outros crimes.

Comentários Facebook
Leia mais:  Operação 'Fecha Batalhão' prende quase 40 pessoas na região de Araxá durante o fim de semana e feriado
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana