conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

Pessuto anuncia investimento de R$ 3 mi em reforma de escolas

Publicado

Em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira, 25, o prefeito André Pessuto anunciou o investimento de R$3.070.901,62 na reforma de 12 escolas do município. Serão beneficiadas as EMEFs Coronel Francisco Arnaldo da Silva, Dr° Alberto Senra, Ivonete Amaral da Silva Rosa, João Garcia Andreo, Koei Arakaki, José Gaspar Ruas, Pedro Malavazzi, José Zantedeschi e os CEMEIs Albertina Roza Garcia, Antônio Maurício da Silva, Wilson Ferraz e EMEI Tatiani Cristina dos Santos.

Também participaram do anúncio das reformas o vice-prefeito Gustavo Pinato, o deputado federal Fausto Pinato, os vereadores João Pedro da Silva Siqueira, Mileno Tonissi, Janaina Alves, Antônio Finoto, Étore Baroni, Gilberto Vian, Murilo Jacob, Salvador Castro de Souza e Ademir de Almeida, a secretária municipal de Educação, Lucimara Rossato, diretores das escolas e servidores da Prefeitura.

“Conseguimos fazer este investimento graças à competência da equipe da Secretaria Municipal de Educação e a mão firme do nosso secretário da Fazenda. Também devemos agradecer ao deputado Fausto Pinato por, desde o início, ter aberto as portas do Ministério da Educação para Fernandópolis. Acredito que este seja o maior pacote de obras da educação municipal em um período tão curto de tempo”, destacou o prefeito André Pessuto.

“Nós agradecemos o apoio do prefeito na realização destes projetos que são muito importantes. Precisamos de segurança para lidar com crianças. Estamos também trabalhando para possibilitar a reforma de outras unidades escolares”, falou a secretária municipal de Educação, Lucimara Rossato.

Leia mais:  Casos suspeitos de coronavírus em investigação no Triângulo e Alto Paranaíba saltam para 128

“É motivo de muito orgulho para mim estar aqui. Graças à eficiência das equipes de trabalho da educação, juntamente com toda a equipe de trabalho da Prefeitura e apoio dos vereadores, a cidade está crescendo. Quero aproveitar e anunciar que estamos viabilizando a construção de uma creche no valor de R$1,5 milhão no Jardim Paraíso”, disse o deputado Fausto Pinato.

Veja quais melhorias cada uma das unidades receberá:

EMEF Coronel Francisco Arnaldo da Silva
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Ampliação: quatro salas de aula, refeitório e cobertura do pátio. Reforma e substituição de parte da cobertura e do forro de madeira para PVC.
Investimento: R$720.883,88

EMEF Dr° Alberto Senra
Reformados banheiros, substituição do revestimento do pátio, substituição de parte da cobertura, construção de muro lateral, recuperação estrutural do almoxarifado e cobertura da quadra poliesportiva.
Investimento: R$460.000,00

EMEF Ivonete Amaral da Silva Rosa
Construção de duas salas de aula, ampliação do pátio, cobertura da passarela e adaptações para melhorar a acessibilidade (rampa, corrimão e guarda-corpo).
Investimento: R$305.936,33

EMEF João Garcia Andreo
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio.Reforma dos banheiros, pintura na cozinha, cobertura do acesso lateral e troca de janelas.
Investimento: R$47.750,00

Leia mais:  A 6 dias do Enem, 1,2 milhão de inscritos não sabem local da prova

CEMEI Albertina Roza Garcia
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio.
Investimento: R$92.033,14

CEMEI Antonio Mauricio da Silva
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Instalação de divisória na secretaria, substituição de cobertura de vidro e execução de mureta para contenção de águas pluviais.
Investimento: R$106.373,67

EMEF Koei Arakaki
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio,construção de duas salas de aula, laboratório de informática e depósito. Reforma dos banheiros, canaletas de águas pluviais, repintura do bebedouro.
Investimento: R$397.714,30

CEMEI Wilson Ferraz
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Construção de duas salas de aula, pátio coberto, escada e rampa para acessibilidade.
Investimento: R$353.755,24

EMEI Tatiani Cristina dos Santos
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Construção de depósito, ampliação da sala dos professores e cozinha/sala de vídeo.
Investimento: R$114.500,00

EMEF José Gaspar Ruas
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Reforma: grelha para drenagem pluvial, limpeza e impermeabilização da cobertura, instalação de forro PVC.
Investimento: R$69.826,21

EMEF Pedro Malavazzi
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio. Construção de lavanderia e sala multifuncional e ampliação do pátio.
Investimento: R$335.133,46

EMEF José Zantedeschi
Implantação do sistema de proteção e combate a incêndio.
Investimento: R$66.995,39

 

Por Região Noroeste

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Fernandópolis receberá vestibular da Unicamp em janeiro de 2021

Publicado

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) divulgou, no final da tarde desta sexta-feira (10), as novas datas de realização das provas do Vestibular Unicamp 2021, que sofreram alteração em função da pandemia de covid-19. A primeira fase será aplicada nos dias 6 e 7 de janeiro de 2021.

O dia de realização da primeira fase, para cada candidato, depende do curso escolhido: candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6 de janeiro, uma quarta-feira.

Já os candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde farão a prova no dia seguinte, ou seja, 7 de janeiro, uma quinta-feira. A aplicação em dois dias visa reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas.

A segunda fase do Vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada em dois dias: 7 e 8 de fevereiro de 2021. As inscrições para o Vestibular Unicamp 2021 serão realizadas entre 30 de julho e 8 de setembro, pela página da Comvest na internet.

A primeira chamada do Vestibular 2021 deve ser divulgada no dia 10 de março e o edital com o calendário completo será publicado em breve.

Leia mais:  Escolas municipais de Uberlândia passam por reparos e reformas

O número de locais de provas será ampliado, além da inclusão de duas novas cidades no estado de São Paulo: Barueri e Fernandópolis. As medidas buscam ampliar a cobertura do Vestibular Unicamp e evitar longos deslocamentos. As questões da prova da primeira fase serão reduzidas de 90 para 72 e o tempo máximo para sua realização diminuirá de cinco para quatro horas.

COMO FICA

Para cada dia de aplicação haverá uma prova única para todos os candidatos das áreas daquela data (Ciências Exatas/Tecnológicas e Ciências Humanas/Artes, na quarta-feira e Ciências Biológicas/Saúde, na quinta-feira).

A primeira fase será constituída de uma única prova de Conhecimentos Gerais composta por 72 questões objetivas sobre as áreas do conhecimento desenvolvidas no ensino médio.

As questões serão as seguintes: 12 questões de Língua Portuguesa e Literatura; 12 questões de Matemática; e oito questões de cada disciplina: Biologia, Física, Geografia/Sociologia, História/Filosofia, Inglês e Química.

ENEM

A Comvest informa que as definições em relação ao edital Enem-Unicamp e às demais modalidades de ingresso deverão ser anunciadas dentro dos próximos dias, em sua página eletrônica e nas redes sociais do Vestibular Unicamp.

Leia mais:  Casos suspeitos de coronavírus em investigação no Triângulo e Alto Paranaíba saltam para 128

 

Por: A Cidade ON

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana