conecte-se conosco


EVENTOS

Parada LGBT de 2020 vai ser adiada para o mês de novembro devido ao coronavírus

Publicado em

EVENTOS

A 24ª Parada do Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) de São Paulo foi adiada para o dia 22 de novembro após a pandemia provocada pelo coronavírus. A festa, que é considerada o maior evento LGBT do mundo, estava prevista para ocorrer no dia 14 de junho. (Veja programação abaixo).

A diretoria da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo se reuniu na noite desta quarta-feira (18) e decidiu alterar a data por conta do risco de proliferação da doença por causa da aglomeração de pessoas e da quantidade de estrangeiros que visitam o país nesta época para participar do evento. O governador João Doria (PSDB) também proibiu a realização de eventos com mais de 500 pessoas após o aumento de casos.

Em 2019, o evento realizado na Avenida Paulista reunião cerca de R$ 3 milhões de pessoas e movimentou R$ 403 milhões. Segundo levantamento feito pela Secretaria Municipal de Turismo, a Parada de 2019 também registrou aumento de 78% no número de visitantes em relação a 2017, último ano de estudo.

Leia mais:  Live Solidária será realizada em prol à Paróquia de São Pedro e São Paulo de Limeira do Oeste-MG e Hospital de Base de São José do Rio Preto-SP

O gasto médio do turista aumentou de R$ 1.112 em 2017, para R$ 1.634 em 2019, o que representa alta de 46,9%.

Coronavírus

O estado de São Paulo registrou três mortes pelo novo coronavírus nesta quarta-feira (18) e passou a ter quatro vítimas fatais da doença, segundo a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

As três mortes desta quarta são de homens, com problemas de saúde anteriores e idades de 65, 81 e 85 anos, segundo o órgão. Todos foram atendidos em hospital privado da capital paulista.

O estado de São Paulo também registra 240 casos confirmados da doença, segundo balanço desta quarta-feira (18). Trata-se de um aumento de 46% em relação ao balanço anterior, que confirmava 164 casos.

Desses 240 casas, 214 estão na cidade de São Paulo, 6 em São Caetano do Sul, 6 em Santo André e 3 em São Bernardo do Campo.

Osasco, Ferraz de Vasconcelos, Cotia, Barueri, Guarulhos, Mauá, Santana do Parnaíba, São José dos Campos, Campinas, São José do Rio Preto e Jaguariúna registram um caso confirmado cada.

Leia mais:  Esquenta Carnaval de Limeira do Oeste começa hoje

Veja a programação

  • 16/11/2020 – Coletiva de Imprensa
  • 19/11/2020 – Prêmio Cidadania em Respeito a Diversidade
  • 20/11/2020 – Feira Cultural da Diversidade
  • 20/11/2020 – Corrida Diversity Run Celebration
  • 20/11/2020 – Encontro de Organizadores de Parada
  • 21/11/2020 – Jogos da Diversidade
  • 22/11/2020 – 24ª Parada LGBT+ de São Paulo.

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão — Foto: Infografia/G1Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão — Foto: Infografia/G1

Coronavírus: infográfico mostra principais formas de transmissão — Foto: Infografia/G1

Por: G1

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

É quase Natal

Publicados

em

É quase Natal

 

 

Gilmar FochessatoDa janela do apartamento, olho para o Desbravador, imponente, mantendo seu destaque. Mas hoje, pela solidão…
Não há luzes, não há decoração em torno da região em que fica o monumento. Não há o olho brilhando da criança nos ombros do pai. Não há o sorriso faceiro da senhorinha de cabelos brancos relembrando tantas histórias passadas. Não há famílias interagindo com outras famílias, o reencontro de velhos conhecidos…A praça não tem casa do Papai Noel, bonecos dançantes, renas e outros bichinhos que chamam a atenção dos pequenos. Nem vendedores ambulantes disputando espaço pra fazer um último “troco” no fim de ano. Nem o artista que podia, ali, mostrar mais uma vez seu talento. Ou até, quem sabe, pela primeira vez…Sinto falta de tudo isso? Claro que sim. Mas penso imediatamente em quem está em outro lugar, também sem decorações brilhantes. Quartos brancos, cores opacas… Gente à espera de uma boa notícia. Uma informação que traga conforto e que estanque a aflição e o sofrimento. Quantas pessoas passaram por isso e veem neste fim de ano realmente a chance da renovação. Ou de fazer valer a pena – a partir daqui – por quem merece que o façamos assim.Na avenida principal da cidade, carros seguem indo de lá pra cá. Sempre tem quem deixa algo pra última hora. Tem loja aberta ainda… A pé, passam também pessoas fazendo exercícios. Ou só quem está na rua por pura curiosidade mesmo. Tomara que depois desses afazeres, que não me dizem respeito, o caminho desta gente seja em direção a conscientização. Precisamos ter aprendido a como fazer uma comemoração da maneira mais prudente possível.O cenário, com movimento mas sem brilho, do centro da cidade, reflete o que vivemos até aqui.

Leia mais:  É quase Natal

Volto meus olhos para ti, Desbravador. Você, que é símbolo de um povo que luta e não desiste até alcançar. O próximo Natal estará mais iluminado a sua volta, creio… Não só de luzes que piscam, mas pela esperança que aprendemos a renovar após momentos tão difíceis. Ao seu lado, na Catedral Santo Antônio (ou onde cada um tiver seu refúgio de oração), seguiremos rezando para respeitar a história de quem não está mais entre nós. E também para que a empatia e o cuidado com o outro sejam nossos presentes: pra nós mesmos, pra quem gostamos e até mesmo pra quem nem conhecemos. Presentes que durem bastante (quem sabe, pra sempre) e representem um novo jeito de viver, uma nova vida, como o verdadeiro espírito do Natal.


Gilmar Luiz Fochessato, 43 natais, 18 deles com o Lucas, 11 deles com o Augusto. Tenho fotos com cara de assustado ao lado do papai noel quando criança, mas ainda acredito na mensagem de inspiração do bom velhinho a cada fim de ano. Já fui repórter, apresentador, editor-chefe e hoje coordeno o jornalismo da NSC TV em Chapecó.

Leia mais:  Esquenta Carnaval de Limeira do Oeste começa hoje

Fonte: https://www.nsctotal.com.br/especiais/olhares-de-esperanca-cronicas-e-contos-de-natal#oeste

FELIZ NATAL

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana