conecte-se conosco

POLÍTICA

Mourão defende isolamento e diz que posição do governo “é uma só”

Publicado

source
Vice-presidente Hamilton Mourão arrow-options
Romério Cunha/VPR

Vice-presidente Hamilton Mourão

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão , defendeu nesta quarta-feira (25) medidas de isolamento e distanciamento social , dizendo que a posição do governo federal “é uma só” contra o novo coronavírus . O comentário foi feito quando ele foi questionado sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em rede nacional no qual ele pediu a “volta à normalidade” e o fim do “confinamento em massa”.

Para Mourão, pode ser que o presidente “tenha se expressado de uma forma que não foi a melhor”. O vice-presidente declarou ainda que Bolsonaro está, “por enquanto”, dentro da política sugerida pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Leia também: Presidente não vai me desmoralizar e rasgar meu decreto, diz Caiado

Logo após o pronunciamento de Bolsonaro, ainda na noite terça-feira, houve repercussão negativa de políticos de vários perfis ideológicos. Uma das críticas mais duras veio do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que a fala de Bolsonaro foi “grave” e que o país precisa de uma “liderança séria”.

Leia mais:  Alexandre Frota leva bolo ao Congresso para comemorar 1 ano do caso Queiroz

“Neste momento grave, o país precisa de uma liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população. Consideramos grave a posição externada pelo presidente da República hoje, em cadeia nacional, de ataque às medidas de contenção ao Covid-19”, afirmou o presidente do Senado.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

“Vírus não escolhe ideologia nem partidos”, diz Doria ao replicar Lula

Publicado

por

source
homem de terno e gravata arrow-options
Agência Brasil

Governador de São Paulo João Dória

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em mensagem nas redes sociais na manhã desta quinta-feira (2) que o novo coronavírus “não escolhe ideologias nem partidos” ao replicar o posicionamento do ex-presidente Lula (PT) sobre o papel dos governadores e prefeitos durante a crise na saúde.

Lula citou a medida tomada por Doria para adquirir mais máscaras para o estado de São Paulo confiscando o material de uma fábrica com ajuda da Polícia Civil. “A gente tem que reconhecer que quem tá fazendo o trabalho mais sério nessa crise são os governadores e prefeitos”, disse.

Leia também: Doria questiona incoerência de Bolsonaro: “Em qual presidente devemos confiar?”

Doria publicou a mensagem de Lula na sua própria rede social, afirmando que “não é hora de expor discordâncias” e dizendo que “momento é de foco, serenidade e trabalho para ajudar a salvar o Brasil e os brasileiros”.

A mensagem fez com que o governador se tornasse um dos assuntos mais comentados da rede social ao longo da manhã, despertando desagrado de algumas pessoas, incluindo o vereador Carlos Bolsonaro , que afirmou que os dois eram “bandas que formam a bunda”.

Leia mais:  Projeto autoriza venda de spray de pimenta e arma de eletrochoque para mulheres

Veja, abaixo, publicação do governador de São Paulo, João Doria :


Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana