conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

MIRA ESTRELA RESTRINGE ENTRADAS DA CIDADE PARA CONTER PROPAGAÇÃO DO CORONAVÍRUS

Publicado

O Município de Interesse Turístico de Mira Estrela irá restringir a partir desta quarta-feira, 25, as entradas para a cidade devido ao coronavírus. Uma barreira informativa será colocada nas três entradas do município, sentido Fernandópolis, Cardoso e Indiaporã.

Os ocupantes dos carros terão de dizer a origem, estado de saúde, como e onde permanecerão. O bloqueio é para controlar quem circula e evitar que pessoas de outros municípios venham se instalar em casa de familiares ou ranchos de aluguel ou próprio.

Dentre as recomendações o município irá orientar que visitantes e turistas voltem ao seu domicílio de origem.
A ação será realizada por 15 dias, podendo ser prorrogada caso seja necessário.

Dentre as ações tomadas via decretos municipais, o município fechou a Praia e Trilha Ecológica, o comércio não essencial também está fechado. A locação de ranchos está suspensa assim como os serviços públicos exceto a área de saúde e limpeza pública que estão trabalhando em sistema de emergência.

Por Prefeitura Municipal de Mira Estrela

Comentários Facebook
Leia mais:  Fique por dentro das principais datas do Calendário Eleitoral 2020
publicidade

ITURAMA E REGIÃO

Arsae-MG inaugura Câmara de Conciliação e celebra acordo para ressarcimento de usuários

Publicado

Um importante passo visando garantir o ressarcimento de valores cobrados indevidamente dos usuários de algumas localidades onde a Copasa opera foi dado pela Arsae-MG no dia 17/03 ao assinar o Termo de Autocomposição da Câmara de Prevenção e Resolução Administrativa de Conflitos (CPRAC). O encontro foi intermediado pela Advocacia Geral do Estado (AGE-MG) por meio da CPRAC.

Em fiscalizações realizadas pela Arsae nas cidades de Iturama, Prudente de Morais, São João do Paraíso, e em Nova Lima ficou constatada que algumas Estações de Tratamento de Esgoto – ETE’s não atendiam a todos os parâmetros de eficiência estabelecidos pela Agência para a sua operação.

A procuradora da Arsae, Cintia Rodrigues Maia Nunes, que participou ativamente de todo processo explica que a Copasa, após propor ações judiciais em face da Arsae, provocou a CPRAC visando uma conciliação. “A primeira reunião aconteceu em dezembro e a segunda, em que houve a proposta da Arsae e aceite da Copasa foi em janeiro deste ano”, detalha. Ela explica ainda que é a primeira vez que a Agência integra essa Câmara, que irá garantir celeridade na restituição dos valores cobrados indevidamente dos usuários no que se refere à cobrança da tarifa de esgoto. “Judicialmente poderia demorar meses e até anos se houvessem recursos. Graças à conciliação os usuários atingidos terão a restituição dos valores cobrados indevidamente em um curto espaço de tempo”, garante.

Leia mais:  Capotamento na BR-153 mata jovem de 21 anos

Por: Assessoria de Comunicação da Arsae-MG

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana