conecte-se conosco

CIÊNCIA E SAÚDE

Minas sediará fundo de US$ 1 bi para investimentos em saneamento no estado e no país

Publicado

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, participou, nesta quinta-feira (7/11), do anúncio da criação de um Fundo de Impacto Social Brasil-China, sediado em Belo Horizonte. O fundo será composto pelas empresas ONE Comprador LLC, dos Estados Unidos, e a Comprador Limited, localizada em Hong Kong. O objetivo é combinar negócios e recursos chineses e brasileiros para investimentos em infraestrutura, por meio do licenciamento de tecnologia avançada e exportação de equipamentos da China. Uma carta de intenção, definindo a criação do fundo, foi assinada durante a realização do Pré BRICS Summit – Minas Gerais, na sede do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

O fundo, que será lançado no início de 2020, financiará cerca de US$ 1 bilhão em projetos de saneamento, oferecendo sistemas de tratamento de águas residuais de fornecedores chineses que poderão alugar equipamentos para empresas de água em Minas Gerais e outros estados brasileiros. O fundo pretende gerar investimentos estratégicos de capital para viabilizar os projetos, incluindo participações em privatizações e aquisição de empresas privadas.

Leia mais:  Prefeito Anderson Golfão e Cidinha Longo realizam homenagens a servidores públicos

Durante encontro com os investidores e também com empresas chinesas que estão na capital mineira, o governador ressaltou a importância da medida para o Estado e salientou a combinação benéfica entre o uso da tecnologia chinesa e a mão de obra local.

Já o presidente do BDMG, Sérgio Gusmão, ressaltou que o banco é uma plataforma de mobilização de recursos e que apoiou a articulação para a criação desse fundo.

O cofundador da ONE Comprador LLC, Rodrigo Veloso, afirmou que os problemas de infraestrutura, mobilidade e saúde pública, enfrentados pelo Estado e pelo país nos últimos anos, podem ser corrigidos com o uso dessa tecnologia internacional.

“Observei que o governador Romeu Zema pensava de maneira arrojada, preocupado em melhorar a vida dos cidadãos. Com a boa tecnologia é possível solucionar deficiências de infraestrutura e social. Animado com o pensamento do governador e do presidente do BDMG, abracei a ideia de criar um fundo de impacto social. A ONE Comprador trouxe para o evento várias empresas de tecnologia industrial chinesa para apresentar inovadoras técnicas de saneamento de água, energia solar e construção. Com essas empresas pretendemos manter parcerias”, pontuou Veloso, ao lado do fundador e CEO da Comprador Limited, Anthony Steains.

Leia mais:  Vazamento de óleo no Nordeste: quais órgãos são responsáveis por limpar, investigar e punir

Mercado

O Brasil representou mais de 50% do PIB da América do Sul em 2018. No entanto, seu desenvolvimento econômico tem sido dificultado por deficiências significativas de infraestrutura na higienização da água, no transporte urbano e interurbano e na energia limpa. A China desenvolveu uma classe mundial de infraestrutura, desde o início de sua reforma econômica em 1978. Esta transformação criou inúmeras empresas estatais e privadas que têm capacidades líderes em Engenharia, Tecnologia e execução no tratamento de água, geração de energia limpa e transporte.

Também participaram da assinatura o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Otto Levy; e o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe.

Por Agência Minas

Comentários Facebook
publicidade

CIÊNCIA E SAÚDE

Votuporanga: Casa PANC inaugura com programação especial neste domingo, dia 10

Publicado

Evento será realizado a partir das 15 horas e contará com bate-papo, sarau aberto, venda de mudas, exposições e muito mais

Neste mês de novembro, Votuporanga ganhará um espaço dedicado ao incentivo de práticas sustentáveis e à educação ambiental e cultural, associados ao cultivo e estudo das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC). O local, que leva o nome de Casa PANC, será inaugurado neste domingo (dia 10), com uma programação diversificada, que trará como tema principal as PANC.

As atividades propostas pelo dia de “casa aberta” terão início às 15 horas com um bate-papo sobre a temática, seguido por um sarau aberto. Ainda está prevista a venda de mudas de espécies, entre elas, ora-pro-nóbis, hortelã-do-norte, capuchinha e saião, além de kokedamas e composteiras. Para o público infantil presente, serão ministradas as oficinas de tinta de terra e de hortinha.

O evento também contará com um cardápio variado, com lanches vegetarianos, massa de macarrão artesanal, brownie de batata-doce, brigadeiro de hortelã-do-norte, molho de tomate, compotas e geleias feitos com frutas sem veneno e as versões congeladas de hambúrguer vegano e coxinha de jaca.

Entre os parceiros, marcarão presença expondo seus trabalhos Juliana Hurtado e Renan Santos (Oca Redesign), Elen Nishida (Folharal), Carol Pontes (Horta da Estrela), Lucas Damazio e Edgard Andreatta. A iniciativa é uma realização da Flor do Cerrado Arquitetura e Paisagismo e da Taioba Cultura e Meio Ambiente.

Outras informações podem ser obtidas pelo Facebook fb.me/casapancpelo Instagram @casapanc.votu e pelo WhatsApp (17) 98101-5534.

Comida de Jardim

A Casa PANC teve início com o projeto Comida de Jardimo qual surgiu a partir da inquietação de Ana Lucia Bianconi, Cléo Leite, Júlia Breyer, Mariana Grandizoli e Paola Verssuti, que perceberam a necessidade de compartilhar seus respectivos conhecimentos sobre o universo das PANC com um número maior de pessoas. Inicialmente, as palestras organizadas pelo grupo, contextualizavam os diversos usos das espécies com assuntos atuais, relacionados ao meio ambiente, à sustentabilidade, à agroecologia, ao paisagismo funcional e à culinária, entre outros. A partir daí, a iniciativa ganhou corpo, destaque e uma sede oficial: a Casa PANC.

SERVIÇO:

Inauguração Casa PANC

Data: 10 de novembro (domingo)

Horário: a partir das 15 horas

Local: Casa PANC (rua Bahia, nº 2.877 – esquina com a rua Tibagi)

Entrada gratuita

Crédito/Fotos: Amarilis Schinca/ Júlia Breyer

Comentários Facebook
Leia mais:  Vazamento de óleo no Nordeste: quais órgãos são responsáveis por limpar, investigar e punir
Continue lendo

Mais Lidas da Semana