conecte-se conosco


Tecnologia

Microsoft lançará smartphone de tela dupla a US$ 1.399

Publicado

Microsoft disse nesta quarta-feira que o Surface Duo, seu smartphone de tela dupla e com sistema operacional Android, terá preço inicial de US$ 1.399 e chegará às lojas a partir de 10 de setembro.

O Surface Duo é dobrável como um livro. Ao contrário de dispositivos como o Galaxy Z Fold 2, da Samsung, que usa vidro especial flexível para criar uma única tela, o Duo tem duas telas tradicionais separadas por uma dobradiça, mas conectadas para funcionarem juntas.

Em entrevista a jornalistas antes do anúncio do Surface Duo, executivos da Microsoft descreveram o telefone como uma ferramenta para trabalhar com seus aplicativos de produtividade, de maneira semelhante ao uso de dois monitores em computadores de uso corporativo.

Microsoft Surface Duo — Foto: Divulgação

Microsoft Surface Duo — Foto: Divulgação

No aplicativo de mensagens Teams, por exemplo, um chat de vídeo ocupa uma tela enquanto a outra exibe as mensagens. No Outlook, clicar em um link no corpo de um email abre o link na tela oposta, para que o usuário possa continuar lendo ou respondendo ao email.

Leia mais:  O que fazer quando estão aparecendo propagandas demais no celular?

“Não estou tentando reinventar o telefone”, disse Panos Panay, diretor de produtos da Microsoft, a repórteres. “Mas acredito que esta é a melhor maneira de fazer as coisas.”

A tela dupla também permite uso simultâneo de aplicativos que não são da Microsoft, como a execução das redes sociais Twitter e Instagram lado a lado. Panay disse que uma das combinações favoritas do presidente-executivo da Microsoft, Satya Nadella, era usar o aplicativo Kindle, da Amazon, para ler livros enquanto fazia anotações com uma caneta no aplicativo OneNote na outra tela.

Microsoft Surface Duo — Foto: Divulgação

Microsoft Surface Duo — Foto: Divulgação

Panay disse que a Microsoft escolheu o sistema operacional do Google porque ele dá aos usuários acesso ao grande ecossistema de aplicativos móveis do Android. “Ter a Play Store é fundamental”, disse ele.

O dispositivo não tem conectividade 5G e só está disponível nos Estados Unidos no lançamento. A Microsoft não deu prazo para outros mercados.

Por: G1

Comentários Facebook
publicidade

Tecnologia

Microsoft anuncia a aposentadoria do Internet Explorer

Publicado

Microsoft anunciou nesta semana que, a partir de 17 de agosto de 2021, nenhum aplicativo ou serviço da empresa será compatível com o Internet Explorer 11, lançado em 2013. Com a decisão, a empresa encerra o ciclo do navegador criado em 1995.

“Embora saibamos que essa mudança será difícil para alguns clientes, acreditamos que os clientes obterão o máximo do Microsoft 365 ao usar o novo Microsoft Edge . Estamos empenhados em ajudar a tornar essa transição o mais suave possível”, disse a empresa em seu blog oficial.

Segundo o cronograma divulgado pela Microsoft:

  • A partir de 30 de novembro de 2020, o aplicativo da web Microsoft Teams não oferecerá mais suporte ao Internet Explorer;
  • A partir de 17 de agosto de 2021, todos os aplicativos do Microsoft 365 não serão mais compatíveis com o IE 11.
Cronograma de aposentadoria do Internet Explorer — Foto: Divulgação Microsoft

Cronograma de aposentadoria do Internet Explorer — Foto: Divulgação Microsoft

Apesar de não oferecer mais suporte ao Internet Explorer, a empresa afirma que ele não irá acabar de vez. “Queremos deixar claro que o IE 11 não vai desaparecer e que os próprios aplicativos e investimentos do IE 11 herdados dos nossos clientes continuarão.”

Leia mais:  Você emprestaria seu rosto a milhares de robôs por R$520 mil?
Internet Explorer 11: Microsoft acaba com o suporte ao navegador — Foto: Reprodução

Internet Explorer 11: Microsoft acaba com o suporte ao navegador — Foto: Reprodução

Para o lugar do Internet Explorer, a Microsoft recomenda o navegador que foi o sucessor dele: o Edge.

“Os clientes usam o Internet Explorer 11 desde 2013, quando o ambiente online era muito menos sofisticado do que o cenário atual. Desde então, os padrões da web abertos e navegadores mais novos – como o novo Microsoft Edge – possibilitaram experiências online melhores e mais inovadoras.”

Por fim, a empresa disse que também ajudará seus clientes a migrarem serviços e aplicações do IE para o Microsoft Edge.

história do Internet Explorer começou em 1995 e chegou a ser o principal navegador do mercado. Porém, uma série de problemas com o aplicativo ao longo dos anos e a chegada de concorrentes, como o Mozilla Firefox e o Google Chrome, que têm usabilidade mais simples, praticamente acabou com o domínio do IE.

Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana