conecte-se conosco

Policial

Mãe flagra missionário peruano estuprando a filha em igreja de SP

Publicado

Um peruano de 31 anos, missionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia, foi preso em flagrante após abusar sexualmente de uma criança de quatro anos dentro de uma unidade da igreja em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Foi a mãe da criança que flagrou o ato e denunciou o suspeito. As informações foram obtidas pelo G1 nesta terça-feira (11).

Segundo a Polícia Civil, a mãe levou a menina para igreja e, enquanto participava de uma reunião, a criança foi até a Sala Primária, onde são oferecidas aulas infantis, para pegar um brinquedo. Na sala, estava o missionário que era abrigado pela unidade e, quando a menina entrou, de acordo com o registro da ocorrência, o suspeito pegou a mão da criança, colocou em seu órgão genital e começou a movimentar.

A ação foi flagrada pela mãe da menina que, ao notar a ausência da filha, foi até a sala procurá-la. Em depoimento à polícia, a mãe disse que, quando entrou no local, o missionário estava de costas, mas percebeu que ele guardou algo dentro das calças quando ouviu a porta abrir.

Leia mais:  Homem de 31 anos é baleado por motoqueiros após sair de igreja

Já longe do suspeito, a mãe perguntou para a menina o que tinha acontecido, e a criança confirmou o abuso. Lideranças da igreja foram acionadas e, quando questionado, o peruano confessou o crime. A Polícia Militar foi até o local e o suspeito foi encaminhado à Delegacia Seccional de Itanhaém.

Às autoridades policiais, durante o interrogatório, o peruano confessou que colocou a mão da criança em seu órgão sexual e falou ‘besteiras’ para a menina com conotações sexuais. A vítima foi encaminhada para exame de corpo de delito e o homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável. A Embaixada Peruana no Brasil foi comunicada do ocorrido.

G1 tentou contato com um responsável pela unidade da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Itanhaém mas, até a última atualização desta reportagem, não conseguiu localizá-lo.

Por: G1

Comentários Facebook
publicidade

ITURAMA E REGIÃO

PM inicia operações para inibir crimes durante o carnaval no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba

Publicado

As Regiões da Polícia Militar (RPM) responsáveis por cidades do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba iniciam operações para inibir o crime antes e durante o carnaval. Em algumas cidades, foi lançada a “Minas Segura” para reforçar ações no pré-carnaval. Em outras, começa nessa sexta-feira (21) a Operação “Carnaval”, que ocorre até a próxima quinta-feira (27).

A Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) também vai realizar ações na área rural.

De acordo com a PM, equipes serão reforçadas em cidades onde tem carnaval de rua e também naquelas onde as festas são em clubes.

Veja abaixo como será a ação em alguns destes municípios e dicas de segurança durante a folia.

9ª RPM

A 9ª Região da Polícia Militar está sediada em Uberlândia e abrange 18 municípios. Além de Uberlândia e Ituiutaba, policiais da 9ª RPM reforçarão o efetivo em outras cidades com eventos: Prata, Araporã, Indianópolis, Canápolis, Capinópolis, Monte Alegre, Centralina e Santa Vitória.

“Todo o planejamento já foi realizado e a Polícia Militar vai mobilizar um grande efetivo, inclusive com policiais da área administrativa para reforçarem as cidades, as localidades, para que tenhamos um carnaval de paz e segurança”, explicou o capitão Leandro Menezes.

As ações estarão ligadas aos eventos e nas rodovias estaduais, com atividades de fiscalização e inibição de crimes como roubo e furto, e blitz no acesso às cidades.

Já a Polícia Militar de Meio Ambiente (PMMA) informou que realizará a Operação “Carnaval”, com intensificação de ações preventivas nas cidades de Ituiutaba, Capinópolis, Ipiaçu, Canápolis, Cachoeira Dourada e Centralina.

Conforme a PMMA, estradas vicinais, represas, rios e mananciais serão fiscalizados. A operação busca prevenir furtos, roubos, tráfico de drogas, posse ilegal de armas de fogo e crimes ambientais.

Uberlândia

Segundo o comando da Polícia Militar, o planejamento prevê a realização de operações durante os eventos carnavalescos, com intensificação do patrulhamento motorizado, abordagens a suspeitos, atuação para desarmamento, blitz e patrulhamento aéreo.

Leia mais:  Homem é detido suspeito de manter ex-namorada em cárcere privado em Uberaba

“Vamos combater todo e qualquer tipo de ilícito, inclusive, fazendo cumprir a lei de importunação sexual, que entrou em vigor em setembro de 2018. É bom reforçar que a pena é de até cinco anos para condutas como beijo roubado ou forçado, e toque inapropriado sem o consentimento da vítima”, afirmou Menezes.

Ituiutaba

De acordo com a assessoria de comunicação da PM, nesta quinta-feira (20) foi realizada operação pré-carnaval e a partir desta sexta-feira (21) será iniciada a Operação “Carnaval”.

A 5ª Região da Polícia Militar, com sede em Uberaba, é responsável por 30 municípios.

A assessoria da Polícia Militar informou que todo o efetivo será empregado na segurança dos foliões nas cidades que vão promover carnaval, inclusive, com a utilização de drones. As rodovias estaduais e vicinais serão monitoradas pelas equipes da Polícia Militar Rodoviária (PMR) e de Meio Ambiente (PMMA).

A PM informou também, que distribuirá em toda a região, dicas de segurança para os foliões (veja abaixo).

G1 solicitou à assessoria o nome das cidades que receberão reforço no contingente, e aguarda retorno.

Araxá

De acordo com a assessoria de comunicação do 37º Batalhão da Polícia Militar, serão realizadas ações educativas, com abordagem de veículos para fiscalização e distribuição de material gráfico.

Também serão realizadas abordagens para a prevenção de crimes violentos, porte ilegal de armas e posse de drogas.

Na região do 37º Batalhão, as ações serão feitas nos municípios de Araxá, Tapira, Perdizes, Sacramento, Pratinha, Conquista, Campos Altos, Ibiá, Santa Rosa da Serra, Conquista, Nova Ponte e Santa Juliana.

10ª RPM

A 10ª Região da Polícia Militar, com sede em Patos de Minas, é responsável por 23 municípios.

Patos de Minas

G1 entrou em contato com a assessoria da PM, mas as ligações não foram atendidas.

Leia mais:  Operação combate pornografia infantil no Brasil e em mais quatro países

Patrocínio

O 46º Batalhão de Polícia Militar de Patrocínio lançou, nesta quinta-feira (19), a Operação “Minas Segura”, com o objetivo de dar visibilidade e reforçar as ações pré-carnaval. O batalhão é responsável por dez cidades: Patrocínio, Monte Carmelo, Coromandel, Serra do Salitre, Cruzeiro da Fortaleza, Guimarânia, Douradoquara, Romaria, Irai de Minas, Abadia dos Dourados.

Segundo informou o tenente Marcelo Rossi, da assessoria de comunicação, também ocorrerá a Operação “Carnaval” nas cidades até a Quarta-Feira de Cinzas (26).

“O efetivo recebe apoio do administrativo e são feitas diferentes ações, como blitz, batida policial e presença nos pontos de maior índice criminal”, explicou o tenente.

Ele também reforçou que na região tem festa de rua em Coromandel e Serra do Salitre. Nestes locais também será feito o policiamento nas folias.

Dicas de segurança

Viagens

  • Não dirigir após consumir bebida alcoólica;
  • Se for viajar, cuide da segurança de sua residência, instalando dispositivos que dificultem a ação dos infratores;
  • Verifique as portas, as janelas e os locais vulneráveis;
  • Feche os registros de gás, e limpe os cinzeiros de brasas para evitar incêndio;
  • Solicite a colaboração de seu vizinho para que ele possa recolher as correspondências e acionar a Polícia Militar em caso de qualquer movimentação suspeita.

Campo

  • Evite as fogueiras;
  • Apague bem a brasa de churrasqueiras;
  • Jogue lixo, garrafas e pontas de cigarros em locais apropriados.

Festas

  • Evite portar objetos de valor para não atrair a atenção dos infratores;
  • Não carregue grandes quantias em dinheiro;
  • Evite brigas e confusões;
  • Evite transitar em locais mal iluminados;
  • Em caso de assalto nunca reaja.

A PM orienta que, caso necessário, a população denuncie pelo número 181. O número 190 deve ser utilizado para urgências e emergências policiais.

Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana