conecte-se conosco


Entretenimento

Mãe de Luciana Gimenez minimiza racismo no Brasil: “Importaram dos EUA”

Publicado em

Entretenimento

source
Vera Gimenez e Luciana Gimenez
Divulgação RedeTV!

Vera Gimenez e Luciana Gimenez

Vera Gimenez, de 72 anos, minimizou o racismo no Brasil em comparação com o racismo praticado nos Estados Unidos até meados dos anos 60. As polêmicas declarações da  mãe de Luciana Gimenez aconteceram em live com Diogo Bonfim nas redes sociais.

“É geração mimimi, eu acho muito chato. Qualquer coisa que se fale, é muito mimimi. Você não pode fazer uma piada, nem falar mais nada. Gente, vocês importaram de onde? Dos Estados Unidos, por exemplo, esse racismo. Olha, dentro a universidade que eu fiz, eu tinha três grandes amigas: Zezé, Ana e Desluce. Hoje em dia, não sei se fala ‘pretas ou negras’, não importa”, disse Vera Gimenez, que não se deu conta que apenas três negras em uma universidade é um número muito baixo.

A mãe de Luciana Gimenez revelou que ligou para essas amigas para discutir o racismo no “BBB 21”. “Eu até liguei para a Ana, quando eu vi umas coisas de racismo no ‘BBB’, eu falei: ‘Ana, será que a gente ia conseguir ser amiga como a gente é até hoje, desde 1981? Será que a gente conseguiria ser?’ Porque estou vendo esse racismo importado, americano. Aqui tem racismo, não estou desfazendo disso. Mas lá o racismo era terrível. Até a década de 50, 60, sei lá, os negros não podiam entrar no mesmo ônibus. Os negros, não, os pretos — não sei mais como fala”, afirmou Vera Gimenez.

No Brasil, a segregação racial pode não ter sido tão explícita. Mas sempre houve o racismo velado. Mas para Vera Gimenez, parece que o racismo aqui nunca existiu. “Aqui nunca teve isso. E, aliás, eu desafio a qualquer brasileiro, que não tenha um negro na família. Eu acho difícil. Aqui sempre teve um racismo de dinheiro: se você é rico, você pode ser negro, tanto faz. Nunca ninguém se importa. Nos Estados, não é bem assim. Agora está se importando esse problema aqui para o Brasil, que eu acho terrível, não consigo entender”, disparou. As declarações de Vera Gimenez podem ser vistas a partir de 33 minutos e 15 segundos no vídeo abaixo.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

“Estamos vivendo um dia de milagres!”, diz Tatá Werneck sobre Paulo Gustavo

Publicados

em

Por

source
Paulo Gustavo e Tatá Werneck
Reprodução Instagram

Paulo Gustavo e Tatá Werneck


Tatá Werneck usou as redes sociais na final da tarde desta segunda-feira (12) para falar sobre o estado de saúde de Paulo Gustavo.  Amiga do apresentador, ela revelou estar emocionada com as orações das pessoas pela recuperação do também ator e dá a entender que houve uma melhora no quadro de saúde dele.

“Hoje estamos vivendo um dia de milagres! Obrigada meu Deus ! Obrigada meu pai AMADO! Que benção, senhor!!! Vem Paulo amado! A oração de vocês é muito importante! Tem muita força! Eu agradeço muito a vocês! Escrevo com olhos cheios de lágrimas! Agradeço muito!”, escreveu Tatá.

Paulo Gustavo está internado desde 13 de março no CopaStar com a Covid-19 e no dia 21, após complicações pulmonares, ele foi intubado e segue na Unidade de Terapia Intensiva em estado crítico, segundo o mais recente boletim médico, liberado neste domingo (11).

Leia mais:  Sônia Lima diz que marido sofria ameaças por programas que apresentava


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana