conecte-se conosco


POLÍTICA

Lula considera Huck como “uma aventura” nas eleições de 2022

Publicado

source
Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Reprodução: iG Minas Gerais

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

ex-presidente Lula (PT) declarou nesta quinta-feira (18) que embora considere a gestão do presidente Bolsonaro (sem partido) “um desastre”, há chances de ele se reeleger em 2022.

“Embora seja um desastre do ponto de vista social, econômico e político, efetivamente do ponto de vista eleitoral ele (Bolsonaro) mantém uma parcela da base mais à direita, mais raivosa. Acho que ele tem chance numa disputa de reeleição de segundo turno”, avalia o petista, em entrevista ao portal UOL.

Lula também fez avaliações sobre outras candidaturas mais à direita. Sobre o apresentador Luciano Huck , que flerta com a entrada no universo político, tem dúvidas acerca de uma suposta candidatura do apresentador global à presidência:

“Não sei qual será o potencial dos tucanos nessas eleições. Acho que o Huck é uma aventura, pegar um homem de TV e colocar ele numa frigideira de uma disputa política… Se ele vai se sair bem é uma aposta que não está dada ainda. Também não sabemos se o DEM vai ter candidato, o que sabemos é que o Bolsonaro tem candidato, que é ele”.

Leia mais:  DJ que invadiu celulares de integrantes da Lava Jato é libertado

Segundo informações do Blog Esplanada, Luciano Huck deve sinalizar em 30 dias se entrará como candidato em 2022 , podendo se candidatar como presidente da república ou como senador. O PSB é um dos partidos que monitora o apresentador e tenta atraí-lo.

Na mesma entrevista, o ex- presidente não confirmou se irá concorrer à presidência nas próximas eleições , mas afirmou que “se for necessário para derrotar o bolsonarismo”, ele está “à disposição”.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Ciro Gomes pede impeachment de  Bolsonaro: “condena população à morte”

Publicado

por

source
Ciro Gomes falou sobre a pandemia e pediu o impeachment de Jair Bolsonaro em suas redes sociais
Reprodução: iG Minas Gerais

Ciro Gomes falou sobre a pandemia e pediu o impeachment de Jair Bolsonaro em suas redes sociais

O ex-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT) , comentou nesta sexta-feira (26) sobre a atuação de Bolsonaro na pandemia em um momento que o sistema de saúde tem entrado em colapso em diversas cidades . Ele voltou a pedir o impeachment do presidente.

“Mais uma vez me dirijo ao que resta de decência do Congresso Nacional: manter Bolsonaro como presidente é manter nosso povo acuado, sem emprego, sem renda, sem comida e condenado à morte!”, disse em sua conta no Twitter.

Ciro afirmou que a rejeição de Bolsonaro às medidas de contenção à Covid-19 e a promoção de aglomerações é “criminosa”. 

Leia mais:  "Querem nos calar", diz Weintraub ao narrar ameaças de morte

“O Brasil está muito próximo de viver uma tragédia assustadora! Governadores e prefeitos estão tentando proteger a população com medidas restritivas, como toque de recolher e lockdown”, defendeu. “E Bolsonaro, CRIMINOSAMENTE, promove aglomerações em municípios com graves índices de Covid-19”, completou. 

“Bolsonaro está condenando a população brasileira a assistir ainda mais mortes. Repito: o que está projetado para os próximos dias é terrível. É o colapso do sistema de saúde!” 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana