conecte-se conosco


Entretenimento

Ludmilla sofre racismo e Anitta sai em sua defesa: “Abominável”

Publicado em

Entretenimento

source

O conflito envolvendo Ludmilla e Anitta por conta da música Onda Diferente foi deixado um pouco de lado. Isso porque, a poderosa saiu em defesa da vencedora da categoria Melhor Cantora do Prêmio Multishow, após ela divulgar que foi chamada de “macaca” por uma pessoa da plateia na hora em que foi receber o prêmio.

Leia também: Ludmilla afirma que foi chamada de “macaca” durante “Prêmio Multishow”

Ludmilla e Anitta arrow-options
Reprodução/Instagram

Ludmilla e Anitta se desentenderam por conta de Onda Diferente


O caso de racismo ganhou repercussão e foi comentado no programa “A Tarde É Sua”, da RedeTV! , e o jornalista Felipe Campos  insinuou que Anitta estimulou as vaias para Ludmilla no prêmio e disse que ela deveria “tomar uns remedinhos e dormir eternamente”.

Leia também: Vaiada por fãs de Anitta, Ludmilla é eleita cantora do ano no Prêmio Multishow

A cantora, que apresentou o prêmio ao lado de Paulo Gustavo, saiu em defesa de Ludmilla. “Inaceitável que alguém possa se achar no direito de chamar um negro de macaco ou tentar reduzi-lo como um ser humano inferior. Melhorem. Isso é crime e absolutamente abominável”, escreveu no Twitter.

Leia mais:  "BBB 21": Fábio Jr. pede para cantar na festa de Fiuk

Anitta também aproveitou para rebater o jornalista: “Inacreditável uma pessoa receber visibilidade pública em TV aberta para dizer que alguém deveria tomar um remédio e dormir para sempre. As pessoas precisam urgente de senso e de responsabilidade”.


No Instagram, Ludmilla compartilhou um vídeo do momento e escreveu o seguinte: “Cara até quando isso?? Olhas coisas pra maioria dos brasileiros nunca foram fáceis, e com preconceito e julgamentos pelo tom de pele, vocês só complicam as coisas, a vontade de me diminuir é tanta que não pensam nas consequências dos seus atos”.

Leia mais:  Alok lança colaboração com Vintage Culture chamada "Party On My Own"; ouça

Leia também: Ludmilla fala sobre perdão e internautas acham que é indireta para Anitta

A cantora continuou: “Eu só queria deixar bem claro pra vocês racistas que além da justiça ser lenta aqui e as pessoas que praticam racismo comigo ainda não terem sido punidas, isso não significa que a cobrança nunca vai chegar, ou que ele tá longe disso, ainda bem que eu tenho um Deus e uma família que não me deixa desmoronar diante dos racistas, a cobrança de vocês uma hora vai chegar”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

“BBB 21”: Thaís enfrenta Arthur e Fiuk no paredão

Publicados

em

Por

source
Thaís, Arthur e Fiuk se enfrentam no 11º paredão do
Reprodução

Thaís, Arthur e Fiuk se enfrentam no 11º paredão do “BBB 21”

O décimo primeiro paredão do Big Brother Brasil 21 foi formado neste domingo, 11. A sister Thaís Braz, indicada pelo líder Caio Afiune, enfrenta Arthur Picoli e Fiuk. Pocah foi uma das indicadas ao paredão pela casa, mas escapou na prova bate volta. O anjo João Luiz concedeu imunidade para Camilla de Lucas. A formação do paredão nesta semana começou logo após a prova do líder, na última quinta-feira, 8, quando o último colocado da prova, Fiuk, já foi automaticamente indicado para a berlinda. Os dois mais votados da casa no confessionário, Arthur e Pocah, ele com quatro votos e ela com três, se juntaram ao filho de Fábio Jr. A indicação do líder, Thaís, finalizou as indicações ao paredão. Somente a indicação do líder não pode participar da prova bate-volta.

Pocah escapou do paredão em uma prova concorrida de sorte. Ela também ganhou uma cozinha completa, toda mobiliada. Apesar de Arthur ter liderado a disputa durante a maior parte do tempo, a cantora conseguiu virar o jogo. Veja em quem os brothers votaram no confessionário: Fiuk votou em Arthur; Camilla votou em Pocah; Viih Tube votou em Arthur; Pocah votou em Gilberto; Juliette votou em Arthur; Arthur votou em Gilberto; Gilberto votou em Pocah; João votou em Pocah; e Thaís votou em Arthur.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana