conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Limeira: Fiscalização será intensificada durante feriado

Publicado em

ITURAMA E REGIÃO

O objetivo é o combate à pandemia de coronavírus.

A Guarda Civil Municipal (GCM), a Polícia Militar (PM), que integram as forças de segurança do município, e as equipes de fiscais da Prefeitura de Limeira (sanitária, tributária e de posturas) vão reforçar o trabalho de fiscalização durante o final de semana prolongado. O objetivo é o combate à pandemia de coronavírus.

As operações já tiveram início na noite de ontem (31) e madrugada de hoje (1). Foram visitados alguns locais, mas não houve ocorrências de irregularidades.

Os trabalhos integrados vão prosseguir na noite desta quinta-feira, e se estenderão de forma ininterrupta amanhã (2), sábado (3) e domingo (4), segundo informam o secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Wagner Marchi, e a gerente de Divisão da Vigilância Sanitária, Renata Martins. Também haverá fiscalização durante o dia.

Os focos principais da fiscalização serão eventos onde estejam ocorrendo festas clandestinas e demais pontos de aglomeração, além de pancadões. “Haverá aplicação rigorosa da lei, incluindo penalidades que envolvam também questões sanitárias”, explica Marchi. O uso de máscara também será observado.

Leia mais:  Inaugurações e Shows marcam o 57º aniversário de São Francisco de Sales

Comércios e demais estabelecimentos proibidos de trabalharem por conta da fase emergencial da pandemia também serão fiscalizados.

Denúncias sobre eventos irregulares e outras transgressões à lei podem ser feitas nos telefones 153 e 190.  

Por: Notícia de Limeira

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Covid-19: veja boletim da Prefeitura de Uberaba de 08/03/2021

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana