conecte-se conosco


Entretenimento

Lembra dela? Ex-loira do Tchan hoje trabalha na Polícia e posa com arma

Publicado

source
Silmara Miranda hoje é policial
Reprodução/Instagram

Silmara Miranda hoje é policial

Silmara Miranda dançou no grupo ‘É o Tchan’ entre 2003 e 2007, mas hoje, aos 39 anos, trabalha em uma área completamente diferente da de antes. A substituta de Sheila Mello entrou para a Polícia Rodoviária e divide com os seus seguidores um pouco do seu novo trabalho. 

Em foto publicada no Instagram, Silmara aparece de farda e com um fuzil na mão fazendo patrulha em uma rodovia de Santa Catarina. Depois de dois anos estudando, ela foi aprovada no concurso em novembro do ano passado. Na legenda, a ex-dançarina citou a abertura do filme ‘Marcados para Morrer’ e disse que aquele era o registro do seu primeiro plantão.

Você viu?

Desde que deixou o grupo, Silmara se casou, teve uma filha, se divorciou, se formou em Jornalismo e foi morar em Florianópolis. Para ser aprovada na Polícia, ela contou que teve que passar por uma série de aulas práticas e teóricas. “É cansativo, mas é maravilhoso… tão enriquecedor! Nós chegamos na UniPRF grandes e saímos gigantes. Você tem que se dedicar, mas é muito prazeroso aprender ser Polícia Rodoviária Federal. Passa rápido…”, disse à época.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Leia mais:  TBT do amor: o primeiro namoro de Xuxa Meneghel foi com Pelé
publicidade

Entretenimento

Ludmilla compartilha crítica sobre lockdown e apaga após ser criticada

Publicado

por

source
Ludmilla
Instagram/Reprodução

Ludmilla

Ludmilla movimentou a internet nesta sexta-feira (5), após compartilhar uma crítica ao lockdown decretado no Rio de Janeiro, onde a cantora reside com a família. A publicação da funkeira questiona se pessoas de serviços considerados não essenciais continuarão frequentando serviços essenciais. “Vidas importam e os trabalhos também”, diz um trecho do texto, que foi apagado minutos depois da publicação ir ao ar. Mas os internautas tiraram print e desde então a cantora vem sendo muito criticada por conta da postagem.

O texto publicado por Ludmilla, que é originalmente do especialista em sobrancelhas, Rafa Paixão, dizia o seguinte: “Será que o dono da academia (não essencial) continuará indo ao supermercado (essencial)? Será que o dono da loja de vestuários (não essencial) continuará indo ao posto de combustível (essencial)? Será que a dona do bar (não essencial) continuará indo à loja de material de construção (essencial)? Será que a filha do músico (não essencial) continuará naquele colégio (essencial)? Será que a dona Maria, garçonete (não essencial), pagará o IPTU (essencial)? Será que o vendedor ambulante (não essencial) pagará o aluguel (essencial)? Será que o artesão (não essencial) pagará a conta de água, luz (essencial)? Será que o que está sendo considerado não essencial, realmente não é mesmo essencial? Tudo é essencial. Vidas importam e os trabalhos também”.

Leia mais:  CNN Brasil confirma Gabriela Prioli no horário nobre em quadro sobre política
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana