conecte-se conosco


POLÍTICA

Justiça rejeita denúncias contra Sara Winter por ataques a Alexandre de Moraes

Publicado

source
Winter foi denunciada em julho de 2020 por ameaça e injúria contra Moraes
Reprodução/redes sociais

Winter foi denunciada em julho de 2020 por ameaça e injúria contra Moraes

A denúncia feita pelo Ministério Público contra a militante e extremista Sara Giomini, mais conhecida como Sara Winter , foi rejeitada pela Justiça Federal do Distrito Federal. Giomini foi acusada pelos ataques feitos ao ministro Alexandre de Moraes , do Supremo Tribunal Federal (STF) .

A decisão foi publicada nesta segunda-feira (08). Nela, a Justiça rejeitou parte da acusação formal com o argumento de que crimes contra a honra não são mais compatíveis com a Constituição Federal de 1988. Embora a denúncia tenha sido rejeitada, o juiz Francisco Codevilla, da 15ª Vara Federal Criminal do DF, determinou que o MP proponha um acordo para a extremista diante da acusação de ameaça.

Ameaçou o ministro

A militante foi denunciada em julho de 2020 pelo Ministério Público por injúria e ameaça contra Moraes. Na denúncia, foram anexados as ofensas e ataques de  Giomini  publicados nas redes sociais.

Em um desses posts, por meio de um vídeo, a denunciada diz que vai “infernizar” a vida do ministro e descobrir os lugares que ele frequenta até ele “sair do jogo”. “Isso não é uma ameaça, não. É uma constatação. O senhor não vai continuar no poder. O senhor vai sair. Por bem, por mal. Quando eu digo mal, algo que se chama coerção civil”, afirmou.

Comentários Facebook
publicidade

POLÍTICA

Conselho de Ética admite 7 novas representações contra deputado Daniel Silveira

Publicado

por

source
Deputado Daniel Silveira
BETINHO CASAS NOVAS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Deputado Daniel Silveira

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados admitiu, nesta terça(2) sete novas representações contra Daniel Silveira. O  deputado, que está preso  na capital carioca, é acusado de ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e exaltar o AI-5 – decreto utilizado durante a ditadura que dava ainda mais poderes aos militares.

Ele teve a prisão solicitada pelo STF e confirmada pela Câmara na semana passada. Durante sessão foi realizada nesta terça-feira no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, o deputado Daniel Silveira se apresentou virtualmente e, durante uma fala que demorou cerca de cinco minutos, criticou a esquerda e se diz perseguido por comunistas .

O Conselho de Ética aceitou representação do PSOL e abriu um novo processo contra Daniel Silveira a respeitos dos ataques feitos por ele a ministros do Supremo. Ao todo, são nove representações, sendo que oito são de partidos e um da mesa diretora.

Também nesta terça-feira, foi sorteada a lista de três relatores: depois de 60 dias úteis, o Conselho pode arquivar a representação ou arquivar penas como advertência, suspensão ou até cassação do mandato. 

Leia mais:  MBL faz pressão contra Toffoli por acesso a dados do Coaf

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana