conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

Jovem é assassinado após briga em Uberlândia; mulher e criança são baleadas

Publicado

Um jovem de 27 anos foi morto a tiros na ocupação Irmã Dulce, em Uberlândia, na noite do último sábado (11). Durante a ocorrência, uma mulher e uma criança se feriram. Até o início da manhã desta segunda-feira (13), ninguém havia sido preso.

De acordo com a ocorrência da Polícia Militar (PM), uma testemunha relatou que, por volta de 11h, estava em um bar quando um carro prata chegou com dois ocupantes e estacionou em frente ao local.

Neste momento, a vítima teria dado uma olhada para eles e foi questionada. Conforme o registro, o jovem respondeu que não estava olhando nada e que aguardava um transporte por aplicativo.

Início da briga

Foi então que eles começaram a brigar, com agressões mútuas, e foram separados por moradores. No entanto, quando os dois ocupantes do carro saíram do bar e avisaram que voltariam.

Alguns minutos depois, o automóvel retornou e foram ouvidos disparos. As pessoas correram e os autores fugiram em alta velocidade, sentido Bairro Canaã.

De acordo com a ocorrência, o jovem atingido foi socorrido por pessoas que presenciaram a briga até a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Bairro Planalto, mas já deu entrada no sistema sem vida. Os projéteis, conforme a PM, atingiram o tórax esquerdo de maneira fatal.

Leia mais:  Continua a força-tarefa no combate ao Mosquito da Dengue em Iturama.

Outras vítimas

Na confusão, uma mulher de 30 anos também foi atingida na nádega direita e uma criança de sete anos no dorso do tórax e na perna esquerda. Elas também foram para a UAI Planalto e, segundo apurou a reportagem do MG1, já foram liberadas.

A PM continua as buscas por suspeitos nesta segunda-feira (13).

Fonte: G1

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Docentes da FEF participam de capacitação on-line

Publicado

As transformações políticas, sociais, econômicas, culturais e tecnológicas das últimas décadas construíram uma sociedade ativa, engajada, reflexiva e em constante atualização.

As metodologias ativas de ensino representam reflexões nos modelos de ensino-aprendizagem, com as perspectivas de ensino centradas no aluno. As propostas de metodologias estão pautadas, principalmente, no desenvolvimento de competências profissionais, tendo como entendimento por competência o conjunto de conteúdo, habilidade e atitude.

Desse modo, as Faculdades Integradas de Fernandópolis/FIFE está oferecendo a seus professores o curso de Metodologias Ativas como formação continuada, no qual serão contemplados os pressupostos teóricos e as principais metodologias ativas de ensino.

A formação continuada é um projeto das FIFE que tem como objetivo oferecer atualização, certificação e capacitação aos seus docentes, em uma educação permanente. O curso de Metodologias Ativas de Aprendizagem foi escolhido para reiniciar o projeto Formação Continuada por ser um tema necessário no ensino superior.

Segundo Jeferson Paiva, professor participante da capacitação, as Faculdades Integradas de Fernandópolis mais uma vez está pensando no ensino de qualidade. “Iniciamos nesse fim de semana o curso de metodologias ativas, no qual estamos igualando todo esse conhecimento, onde alguns professores já possuem essa formação e mesmo assim todos estão trabalhando de forma conjunta. Com isso, nós estamos tendo auxilio para melhor aproveitamento de plataformas existentes em meio às mídias, tendo maior segurança, conforto e transmitindo isso para o aluno, que de certa maneira, já é colocado na posição de ator centralizado. Nosso objetivo de aprendizagem é fazer com que o aluno busque mais conhecimento e esteja mais motivado a aprendizagem e promovendo também segurança aos colaboradores, trazendo um benefício mutuo para todos”, relatou ele.

Leia mais:  Mulher golpeia marido com faca para se defender de agressões

A capacitação, com duração de 30 horas, terá como facilitadora a Profa. Dra. Janaina R Bosso, formada em Fonoaudiologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru – Universidade de São Paulo (2004), Mestra em Neurociências e Comportamento pelo Instituto de Psicologia – Universidade de São Paulo (2009) e Doutora em Cirurgia e Medicina Translacional pela Faculdade de Medicina de Botucatu – da Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (2019). Atualmente, é docente e coordenadora do Curso de Fonoaudiologia da Fundação Educacional de Fernandópolis/FEF.

A facilitadora Janaína destaca que está sendo um desafio empolgante aplicar o curso. “Poder construir com os meus colegas um processo transformador do ensino é muito emocionante! A prática do ensino com as metodologias ativas prevê interação, então vamos todos aprender e ensinar! Sou grata aos diretores da FEF por acreditarem no projeto e apoiarem o uso das metodologias ativas no ensino superior”, contou.

Ao final do curso, todos os participantes estarão aptos a organizarem os seus planos de aula com objetivos educacionais baseados em competências aprendidas. Utilizando recursos de algumas das principais metodologias ativas de ensino e aprendizagem, como a aprendizagem baseada em equipe e a sala de aula invertida, por exemplo.

Leia mais:  Iturama: Carro capota na MGC 497 sentido a Honorópolis

 

Por: Região Noroeste

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana