conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Iturama: Associação do bairro Jardim América convoca moradores para mutirão da pista de caminhada

Publicado

A Associação dos Moradores do bairro Jardim América, através de seu presidente Jeder Viana, convida os moradores do bairro  para participarem de um mutirão neste sábado (15), das 07h às 11h, para a construção da pista de caminhada.  Segundo o presidente, estão faltando pedreiros e serventes.

E, na oportunidade, a direção da Associação dos Moradores do bairro Jardim América agradece o apoio de todos: “Juntos o bairro muda pra melhor!”.

Para mais informações, ligue no 34-9-8873-0256.

Fonte: WA Mídia

Comentários Facebook
Leia mais:  Nota Oficial: Morte de caso suspeito Covid-19 em Fernandópolis
publicidade

Economia

Cadastro da Lei Aldir Blanc para auxílio emergencial se encerra nesta sexta-feira, 25/9

Publicado

A Comissão de Gestão Estratégica – Lei Aldir Blanc em Minas Gerais deliberou o encerramento do cadastro para acesso ao auxílio emergencial de R$ 600,00 às 23h59 desta sexta-feira (25/9). Profissionais ligados ao fazer cultural em Minas Gerais, e que ainda não se cadastraram, podem solicitar o benefício por meio deste link. A Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) iniciou o cadastro em 30 de julho, disponibilizando um formulário que tem o objetivo de levantar informações sobre o cenário cultural de Minas Gerais e dimensionar o potencial de interessados em receber os benefícios da lei de emergência cultural.

A mobilização feita pelos diversos segmentos da sociedade faz com que Minas Gerais lidere o número de profissionais cadastrados, segundo levantamento nacional realizado pelo jornal Metrópoles.  O último balanço contabilizou 10.175 mil cadastros no estado. Vale lembrar que o cadastro não garante o recebimento dos recursos e quem já recebeu o auxílio da Caixa Econômica Federal não pode receber esse benefício. Mais informações em secult.mg.gov.br/leialdirblanc

Recursos para Minas Gerais
Os recursos destinados à operacionalização da Lei Aldir Blanc pelo governo de Minas Gerais foram disponibilizados para a Secult em 16 de setembro. Ao todo para o estado são R$ 295.9 milhões. Desse valor, R$ 135,7 milhões já estão foram liberados para execução pela Secult. Outros R$ 160,2 milhões serão destinados aos municípios. O Plano de Ação de Minas, que norteia a aplicação do repasse, foi fruto de muita escuta do setor e de intensa articulação entre os municípios e a sociedade civil. O documento, aprovado em 4 de setembro, cria ações e estratégias para facilitar o acesso dos artistas, técnicos e organizações do setor cultural aos recursos.

Leia mais:  Homem é morto a pauladas e facadas em Campina Verde

Parte desse valor será destinada ao auxílio emergencial e outra parte para editais, chamamentos públicos e prêmios que serão distribuídos em 16 áreas temáticas. Entre elas estão Audiovisual, Mostras e festivais, Memória, Patrimônio, Circo, Teatro, Música, Dança, Equipamentos Culturais, Literatura, Feiras, Quadrinhos, Artes Visuais. Áreas que representam toda a diversidade e a riqueza do estado, como as culturas populares e tradicionais, vão receber maior parte do recurso, cerca de 16% do montante, o que corresponde a R$ 32,7 milhões.

A Secult e suas vinculadas: Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais, Fundação Clóvis Salgado, Fundação de Artes de Ouro Preto e Empresa Mineira de Comunicação; além do Conselho de Política Cultural, Fórum Permanente de Cultura, Fórum de Gestores Municipais, Fórum de Conselhos Municipais e demais participantes da Comissão Executiva e sociedade civil estão em mutirão construindo juntos os editais. Saiba mais sobre a distribuição de recursos.

 

 

 

 

 

Por: Cultura.mg

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana