Menu

Apple pede desculpas e oferece desconto para repor bateria do iPhon

Apple pede desculpas e oferece desconto para repor bateria do iPhon

Apple se desculpou por diminuir a velocidade de iPhonesantigos, como mecanismo para preservar a bateria. Em uma carta, a companhia destacou que o componente perde capacidade com o passar do tempo. Ainda assim, vai oferecer a substituição da bateria antiga por uma nova a um preço mais acessível: US$ 29 (96 reais, pelo câmbio do dia e sem impostos) nos Estados Unidos, com desconto de US$ 50 (cerca de R$ 165) em relação ao valor tabelado.

O procedimento de troca de bateria será oferecido no restante do mundo ao longo de 2018. Procurado pelo TechTudo, o escritório da Apple no Brasil por ora não tem informações sobre como será o processo no país. Reportagem nesta semana revelou que o custo da troca de bateria do iPhone chega a R$ 449 em lojas da marca e assistências técnicas afiliadas. Existem opções mais em conta, em que valor cobrado é metade do praticado pela companhia.

Na nota oficial, publicada na noite desta quinta-feira (28), a Apple reconhece que a situação afeta os modelos iPhone 6iPhone 6 PlusiPhone 6SiPhone 6S Plus e iPhone SE. Os produtos chegaram ao mercado entre 2014 e 2016. As gerações mais recentes – iPhone 7iPhone 8 e iPhone X – não participam do programa de desconto.

A fabricante prometeu liberar uma atualização do sistema iOS com funções que deem aos usuários maior transparência sobre a saúde da bateria do iPhone. “Desta forma, eles poderão ver por si mesmos se a condição do componente afeta o desempenho”, informa a empresa.

A carta da Apple

“Antes de qualquer coisa, nós nunca fizemos – e nunca faríamos – nada para intencionalmente reduzir a vida útil de qualquer produto Apple, ou degradar a experiência de usuário para elevar as trocas [de equipamentos]“, afirma o texto, numa resposta às críticas de obsolescência programada supostamente praticada pela companhia.

 

Em um longo texto, a companhia explica que as baterias são itens que ficam menos efetivos com o passar do tempo. Por isso existe o cálculo dos ciclos que uma bateria suporta antes de apresentar defeitos – em média, são 500 ciclos no caso do iPhone. A empresa cita como exemplo deixar o telefone recarregando em um ambiente com temperatura alta, o que pode acelerar o processo de envelhecimento.

Para evitar os efeitos do tempo sobre a bateria, e por conseguinte sobre o desempenho do telefone, foi liberado no ano passado o iOS 10.2.1. “Com a atualização, o iOS dinamicamente gerencia o máximo de performance que de alguns componentes quando é necessário prevenir uma reinicialização [do iPhone]. Embora essas mudanças pudessem passar despercebidas, em alguns casos usuários puderam perceber tempos mais demorados para abrir aplicativos e outras reduções de desempenho”, diz o texto.

iPhone 6 Plus inaugurou novo design e modelo com tela grande em 2014 (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

De acordo com a Apple Brasil, casos que exigem formas mais extremas de gerenciamento incluem os seguintes sintomas:

  • Tempos maiores de inicialização de apps
  • Menores taxas de quadros durante a rolagem
  • Escurecimento da luz de fundo (que pode ser substituído na Central de Controle)
  • Volume mais baixo do alto-falante de até -3dB
  • Reduções graduais da taxa de quadros em alguns apps
  • Em casos mais extremos, o flash da câmera será desativado como visível na interface do usuário da câmera
  • Apps sendo atualizados em segundo plano podem exigir recarregamento após a inicialização
 

“Claro que quando uma bateria quimicamente envelhecida é substituída por uma nova, o desempenho do iPhone volta ao normal quando operado em condições tradicionais”, diz o texto.

mensagem se encerra da seguinte forma: “Na Apple, a confiança dos consumidores significa tudo para nós. Nós nunca vamos parar de trabalhar para conquistar e mantê-la.”

Fonte: TechTudo

voltar ao topo
Info for bonus Review bet365 here.