Menu

Médicos paralisam atividades no Hospital São José em Ituiutaba por falta de pagamento

 

 

hospital_sao_jose.jpg

 

Alguns atendimentos do Hospital São José, em Ituiutaba, foram suspensos na manhã desta terça-feira (7) por tempo indeterminado. A informação foi repassada pela direção do hospital na noite desta segunda-feira (6) e 60% do corpo clínico do hospital está paralisado.

Segundo informou a assessoria de imprensa do hospital, a unidade acumula dívidas que chegam a R$ 7 milhões. Atualmente, o Hospital São José tem para receber mais de R$ 2 milhões de repasses do Estado que não foram feitos. Sobre o assunto, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) e Prefeitura se posicionaram por meio de nota.

As áreas afetadas foram a de anestesiologia, cirurgia geral, pediatria e neonatologia, ginecologia e obstetrícia. O hospital atende as cidades de Ituiutaba, Cachoeira Dourada, Canápolis, Capinópolis, Gurinhatã, Ipiaçu, Santa Vitória, Centralina e Campina Verde.

Problema antigo

Inclusive, em maio deste ano, a diretoria do hospital pediu ajuda à Câmara de Vereadores devido à crise econômica enfrentada pela instituição. Na época, foi feita uma notificação para o Conselho Regional de Medicina para tentar buscar uma solução em relação aos problemas enfrentados.

O hospital informou que os médicos da unidade estão com salários atrasados. Em junho deste ano foi feito um comunicado por meio de uma carta de notificação assinada por médicos do hospital que anunciava um possível cancelamento com a unidade a partir de agosto.

A notificação enviada pela direção informa ainda que o hospital tem um déficit mensal de aproximadamente R$ 300 mil. E que, apesar de não haver atrasos em repasse da Prefeitura, os contratos com o Município não são reajustados há aproximadamente três anos.

A assessoria do hospital informou ainda que estão em negociação com o corpo clínico, o Gestor do SUS em Ituiutaba, Prefeitura de Ituiutaba e municípios da microrregião de Ituiutaba, buscando soluções para que a população não fique prejudicada.

 

Estado confirma atraso

A produção do MGTV entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) que informou que "o Hospital São José, do município de Ituiutaba, faz parte do elenco de instituição contemplados pelo Programa Pro-Hosp Incentivo e, na competência 2016, recebeu o montante de R$ 876.174,35. O Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais do SUS/MG (Pro-Hosp Incentivo) possui como objetivo melhorar o desempenho, acesso e a resolutividade da assistência hospitalar à saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), promover a regionalização, reduzir vazios assistenciais e fortalecer as Redes de Atenção à Saúde por meio dos hospitais integrantes do SUS de Minas Gerais (SUS/MG). Para a competência de 2017, foi repassado o valor total de R$ 876.174,36. Encontra-se pendente a 1ª parcela do quadrimestre de 2018, no valor total de R$ 255.550,86.

O Hospital São José, do município de Ituiutaba, é também contemplado na Rede de Urgência e Emergência com o programa PROURGE, que tem um valor/mês previsto de R$ 37.500,00 de fonte estadual. O procedimento de Fortalecimento das Portas de Urgência e Emergência visa organizar e fortalecer a rede de resposta às urgências, no âmbito do Estado de Minas Gerais.

Nos anos de 2015, 2016 e 2017, o Estado repassou ao município de Ituiutaba, em benefício do Hospital São José, um valor total de R$ 1.050.000 referente ao programa PROURGE. Sobre os pagamentos pendentes, informamos que as competências de maio de 2017 a julho de 2018, no valor de R$ 562.500 aguardam disponibilidade financeira para serem efetuados.

Informamos ainda que o Estado de Minas Gerais enfrenta um crescente déficit financeiro decorrente do aumento de despesas pela insuficiência de receita, refletindo em todos os seus órgãos, bem como na SES-MG. Dessa forma, o Governo de Minas Gerais decretou situação de calamidade financeira no âmbito do Estado, de acordo com o Decreto nº 47.101, de 05 de dezembro de 2016. Diante disso, estamos nos esforçando para honrar os compromissos pactuados, manter nossas ações e dar os melhores encaminhamentos possíveis, ante o contexto citado."

Nota da Prefeitura

A assessoria da Prefeitura Muncipal de Ituiutaba informou que "a atual administração tem dedicado especial atenção à área da saúde. No caso do Hospital São José, não há qualquer dívida pendente. Todos os compromissos assumidos foram cumpridos conforme contratos vigentes."

Fonte:  G1 Triângulo 

 
voltar ao topo
Info for bonus Review bet365 here.