Menu

Mercado reduz pela 6ª vez seguida previsão para alta do PIB em 2019

Mercado reduz pela 6ª vez seguida previsão para alta do PIB em 2019

Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central voltaram a reduzir a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2019.

De acordo com o boletim Focus divulgado pelo BC nesta segunda-feira (8), a previsão dos economistas é de que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça 1,97% neste ano.

No boletim divulgado na semana passada, a previsão de alta do PIB estava em 1,98%.

Para se ter uma ideia, há um mês os analistas esperavam um desempenho bem melhor da economia brasileira em 2019: crescimento de 2,28%. No início do ano, a expectativa era de alta de 2,53%.

A queda no otimismo dos economistas ouvidos pelo Banco Central coincide com o começo turbulento do governo do presidente Jair Bolsonaro, que vem, por exemplo, enfrentando dificuldades na articulação política com o Congresso.

O ápice da crise foi a troca de farpas entre Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, no final do mês passado, e que elevou os temores em relação às dificuldades para a aprovação da reforma da Previdência, tida como principal meta da equipe econômica do governo.

Na semana passada, quando os analistas foram ouvidos pelo BC para o relatório divulgado nesta semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, esteve na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para debater a proposta do governo para a reforma da Previdência. A audiência, tensa, terminou em tumulto.

Inflação e dólar

O Banco Central também ouve os analistas sobre a expectativa para a inflação e para a cotação do dólar ao final de 2019.

De acordo com o relatório, os economistas elevaram, de 3,89% para 3,90%, a previsão para o IPCA (inflação oficial) neste ano.

Para o dólar, os analistas prevee cotação de R$ 3,70, mesmo valor do relatório divulgado na semana passada.

 

 Fonte: G1

voltar ao topo
Info for bonus Review bet365 here.