conecte-se conosco


CIÊNCIA E SAÚDE

Heinz faz recall de milho por risco de presença de bactérias

Publicado

A fabricante de produtos alimentícios Heinz Brasil anunciou o recall de 244 caixas do produto “milho verde tetra recart 200g”, da marca Quero, por risco de presença de bactérias.

Os produtos afetados foram produzidos no dia 8 de janeiro de 2020, entre as 6h30 e as 23h, e têm validade até 31 de julho de 2021. As embalagens fazem parte do lote L08 Val 07/2021.

Segundo a empresa, há potencial risco de presença de bactérias que podem causar náuseas, vômitos e infecção intestinal, “sobretudo em pessoas com baixa imunidade”. A bactéria foi identificada ainda na fábrica, diz a Heinz, e não houve queixa registrada até o momento por nenhum consumidor.

“A Heinz Brasil recomenda que os produtos envolvidos nesta campanha não sejam consumidos”, indica a companhia.

Os produtos afetados serão substituídos gratuitamente. Para isso, o consumidor deve entrar em contato com o SAC da empresa, pelo 0800 16 5858, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, ou pelo site da companhia.

Por: G1

Leia mais:  Vacina contra o novo coronavírus é meta de pesquisa executada por cientistas da USP e do Incor

Comentários Facebook
publicidade

CIÊNCIA E SAÚDE

Cerca de 7 milhões de seringas agulhadas já foram enviadas a 21 Regionais de Saúde de Minas

Ao todo, o Governo de Minas comprou 50 milhões de seringas. Deste montante, 21 milhões de unidades já chegaram ao estado.

Publicado

Cerca de 7 milhões de seringas agulhadas que servirão para a vacinação contra a covid-19 estão a caminho ou já chegaram a 21 das 28 Regionais de Saúde do Estado de Minas Gerais. E, até a próxima segunda-feira (18/1), todas as regionais já devem receber esses materiais.

Mais de 450 câmeras frias, que servirão para armazenamento dos imunizantes, também foram entregues. No total, 617 freezers, com capacidades entre 200 e 400 litros, foram adquiridos. O transporte é feito por meio de caminhões baús dos Correios, com os quais a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) fez contrato de exclusividade.

Ao todo, o Governo de Minas comprou 50 milhões de seringas. Deste montante, 21 milhões de unidades já chegaram ao estado.   As regionais de saúde do Estado já estão distribuindo os insumos para os 853 municípios mineiros, para que todos estejam preparados para quando a vacina chegar.

“Todo o processo de compras e de logística de distribuição foi planejado com antecedência. Quando as vacinas contra a covid-19 chegarem, os municípios estarão abastecidos com as seringas agulhadas para darem início à vacinação”, destaca a subsecretaria de Vigilância em Saúde, Janaína Passos de Paula.

Leia mais:  Startup ajuda a baratear teste molecular de COVID-19

Logística

A logística para organizar a imunização da população contra o SARS Cov-2 será semelhante à utilizada nas campanhas contra a Influenza: as seringas agulhadas saem do almoxarifado da Secretaria e da Rede Estadual de Frio do estado. A partir destes pontos são transportados a cada uma das regionais de saúde, que contatam os municípios. Eles são responsáveis por providenciar o recolhimento e armazenamento adequado dos materiais.

Todo o trabalho de logística e distribuição dos insumos está sendo feito em parceria pelos Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil, além do auxílio das Forças Armadas.

Desde setembro do ano passado, a SES-MG vem executando o Plano de Contingenciamento para Vacinação Contra a Covid-19. O objetivo é que a vacina chegue a todos os mineiros.

Confira, a seguir, a tabela com o quantitativo de cada regional:

 

Por: Agência Minas

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana