conecte-se conosco

EDUCAÇÃO

Garanta sua vaga na Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa de Iturama

Publicado

A Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa está com matriculas abertas para o Ensino Fundamental do 6º ao 9º Ano ou no Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio com Habilitação Profissional em Agricultura para este ano de 2020.

Documentos exigidos para o Ensino fundamental do 6º ao 9º ano: Certidão de nascimento, carteira de Vacinação e comprovante de Endereço. E para o Curso Técnico em Agricultura: Certidão de Nascimento, comprovante de endereço e o histórico escolar do término de Ensino Médio ou comprovante de estar cursando o 2º ou 3º ano.

A escola atende o curso técnico em dois períodos, Manhã e tarde (Matutino ou vespertino) proporcionando aos alunos aulas diversificadas nas áreas de zootecnia e agricultura com produção de alimentos agrícolas de forma sustentável sempre respeitando o meio ambiente.

As atividades são desenvolvidas em campo e em sala de aula.

Os Cursos são totalmente gratuitos.

Conheça a Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa de Iturama e garanta sua vaga para 2020

A Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa está com matriculas abertas para o Ensino Fundamental do 6º ao 9º Ano ou no Curso de Educação Profissional Técnica de Nível Médio com Habilitação Profissional em Agricultura para este ano de 2020. Documentos exigidos para o Ensino fundamental do 6º ao 9º ano: Certidão de nascimento, carteira de Vacinação e comprovante de Endereço. E para o Curso Técnico em Agricultura: Certidão de Nascimento, comprovante de endereço e o histórico escolar do término de Ensino Médio ou comprovante de estar cursando o 2º ou 3º ano.A escola atende o curso técnico em dois períodos, Manhã e tarde (Matutino ou vespertino) proporcionando aos alunos aulas diversificadas nas áreas de zootecnia e agricultura com produção de alimentos agrícolas de forma sustentável sempre respeitando o meio ambiente. As atividades são desenvolvidas em campo e em sala de aula. Os Cursos são totalmente gratuitos. Conheça a escola e faça a sua matrícula. Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa Rod. BR 497 – KM 241 – Iturama/MG. Mais informações, ligue: (34) 9 9892-0028

Posted by Jornal A Voz do Triângulo on Friday, February 14, 2020

Conheça a escola e faça a sua matrícula.

Leia mais:  União de Minas no combate ao mosquito transmissor da dengue e chikungunya

Escola Municipal Agrícola Alípio Soares Barbosa Rod. BR 497 – KM 241 – Iturama/MG. Mais informações, ligue: (34) 9 9892-0028

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Escola estadual de Americana obriga aluno sem uniforme a usar camiseta com inscrição ‘empréstimo’; foto viralizou

Publicado

Uma escola estadual de Americana (SP) obrigou um aluno sem uniforme a usar uma camiseta da instituição com a palavra “empréstimo” nas costas. A foto viralizou nas redes sociais. Segundo a mãe do estudante, ela não tinha dinheiro para a compra da camisa e avisou à direção que aguardaria o depósito do Bolsa Família. O caso foi na E.E. Germano Benencase Maestro, no bairro Jardim Alvorada.

“Crueldade, porque isso mexe com o psicológico da criança. Além de eu mandar um recado no caderno dele dizendo que eu ia comprara o uniforme no dia 20 com o Bolsa Família que eu recebo, né. E eu achei ridícula a atitude da diretora”, afirma a mãe do garoto, Priscila se Lourdes Mobilom.

“Meu moleque não sabe o que falar, está até com medo de ir na escola”, conta o pai, Henrique Pereira de Oliveira.

A dirigência regional de ensino disse que não concorda com a atitude da instituição e vai apurar o ocorrido.

Camisa de escola da rede estadual tem palavra 'empréstimo' nas costas e é usada por escola de Americana para estudantes que não possuem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTVCamisa de escola da rede estadual tem palavra 'empréstimo' nas costas e é usada por escola de Americana para estudantes que não possuem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTV

Camisa de escola da rede estadual tem palavra ‘empréstimo’ nas costas e é usada por escola de Americana para estudantes que não possuem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTV

Leia mais:  ID Estudantil: MEC cria banco de dados para informações de estudantes

Segundo Priscila, a escola adotou essa medida após ver que alguns estudantes iam para a escola com celulares caros, mas sem o uniforme.

“A diretora me ligou e eu fui conversar com ela sobre o assunto e ela disse que a intenção era essa, era pra fazer a criança passar vergonha mesmo porque eles vêm com o celular de última geração pra escola e não tem R$ 30 para comprar uma camiseta. Mas acontece que há casos e casos. Ela não conhece a situação de cada família”, ressalta a mãe.

Segundo pais e responsáveis, a prática da direção é comum e resulta em bullying.

“Sem o uniforme, eles não entram para a escola. Então, eles são obrigados a usar aquele uniforme escrito ‘Empréstimo’ atrás para poder estudar”, conta Alexsander Messias da Silva pai de outro aluno.

“Criança mesmo tira sarro”, diz Valkiria Banzato, mãe de aluna.

Camisa da Escola Estadual Germano Benencase Maestro, de Americana, usa camisa escrito 'empréstimo' para alunos sem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTVCamisa da Escola Estadual Germano Benencase Maestro, de Americana, usa camisa escrito 'empréstimo' para alunos sem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTV

Camisa da Escola Estadual Germano Benencase Maestro, de Americana, usa camisa escrito ‘empréstimo’ para alunos sem uniforme. — Foto: Reprodução/EPTV

Leia mais:  VIDEO: Jantar de Confraternização do Tempo de Viver

Punição administrativa

Segundo o dirigente regional de ensino de Americana, Haroldo Ramos Teixeira, a palavra não poderia estar escrita na camisa. A atitude da direção pode terminar em punição administrativa.

“Não pode em nenhum momento estar escrito ‘empréstimo’ na camiseta ou alguma coisa do tipo que possa constranger uma criança”, afirma

“Como é que essa camiseta chegou lá escrito ‘empréstimo’? Quem escreveu ‘empréstimo?’ Então, precisa averiguar e ter a apuração para realmente saber para não cometer nenhuma injustiça. Mas que isso não vai ficar esquecido, não vai, porque nós vamos apurar todos os fatos. Nós repudiamos esse tipo de atitude com qualquer criança”.

A reportagem tentou contato com a direção da escola, mas ninguém foi encontrado até esta publicação.

Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana