conecte-se conosco


POLÍTICA

Flávio Bolsonaro declara que comprou mansão através da venda de imóvel no RJ

Publicado em

POLÍTICA

source
Flávio Bolsonaro declara que comprou mansão de R$6 milhões através da venda de imóvel no RJ
Reprodução: iG Minas Gerais

Flávio Bolsonaro declara que comprou mansão de R$6 milhões através da venda de imóvel no RJ

A defesa do senador  Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) se manifestou sobre a origem dos recursos que possibilitaram a compra de uma mansão no valor de R$6 milhões em Brasília.

Segundo nota divulgada pelo filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), “a casa adquirida pelo senador Flávio Bolsonaro em Brasília foi comprada com recursos próprios, em especial oriundos da venda de seu imóvel no Rio de Janeiro. Mais da metade do valor da operação ocorreu por intermédio de financiamento imobiliário. Tudo registrado em escritura pública”.


A defesa também declara que “qualquer coisa além disso é pura especulação ou desinformação por parte de alguns veículos de comunicação “.

Leia mais:  "Plano de saída da quarentena só em 8 de maio", diz Doria

O valor do imóvel adquirido pelo senador da República é três vezes maior que o total de bens declarados à Justiça Eleitoral em 2018.

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA

“Vou tomar por último, tem muita gente apavorada”, diz Bolsonaro sobre vacina

Publicados

em

Por

source
Presidente Jair Bolsonaro
Foto: Agência Brasil

Presidente Jair Bolsonaro

Na sexta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não pretende tomar a vacina da Covid-19 agora. Em conversa com apoiadores que o esperavam em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente justificou que a decisão é pelo fato de ter “muita gente apavorada” esperando pela vacina.

“O que acontece, tem muita gente apavorada aí aguardando a vacina, então deixa as pessoas tomarem na minha frente. Vou tomar por último. Eu acho que essa é uma atitude louvável. Porque tem gente que não sai de casa, está apavorado dentro de casa”, disse Bolsonaro. O presidente chegou a se queixar que a imprensa teria criticado a sua decisão de se vacinar por último. “Em vez da imprensa me elogiar, me critica”, afirmou.

Bolsonaro está apto a receber a vacina no Distrito Federal desde o dia 3 de abril. Antes, ele explicava que não ia se vacinar porque já teria contraído o vírus em julho do ano passado.

De acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa da quinta-feira (15), 25.460.098 pessoas já receberam a primeira dose de vacina contra a Covid-19. O número representa 12,02% da população brasileira. A segunda dose já foi aplicada em 8.558.567 pessoas (4,04% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana