conecte-se conosco

CIÊNCIA E SAÚDE

Fapemig apresenta pesquisas na Semana de Inovação

Publicado

Buscando impulsionar a inovação no Estado de Minas Gerais e demonstrar que ela pode contribuir para solucionar problemas dos setores público e privado, será realizada a 2ª Semana de Inovação, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, entre os dias 25 e 29 de novembro. O evento, promovido pela Prodemge, será aberto nesta segunda-feira (25/11), com o seminário sobre a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que realizado em parceria com o Governo do Estado e a Isaca, associação sem fins lucrativos que atua na melhoria da auditoria, governança e segurança da informação.

Durante a Semana de Inovação, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig)  apresentará o Circuito Inova Minas, composto por projetos, oficinas de programação e robótica, dentre outras atividades, parte da Feira Tecnológica que acontece no túnel do Prédio Gerais.

Um exemplo é o projeto “Design Digital para Inclusão do Deficiente Auditivo”, desenvolvido pela equipe da professora Rita de Castro Engler, da Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg). O estudo resultou em um aplicativo que ensina a linguagem de Libras por meio de imagens e cartas virtuais. Ao longo da mostra, os visitantes poderão conhecer o trabalho, interagir e tirar dúvidas com os pesquisadores.

Leia mais:  Segunda-feira, dia 11, começa a 3ª etapa da campanha de vacinação contra a gripe

O Espaço de Robótica “Enxurrada de Bits” consiste em uma apresentação de robôs de competição desenvolvidos por equipes do Cefet/MG. O projeto, que envolve alunos da instituição, recebeu financiamento da fundação. Ainda serão oferecidas oficinas de cubo mágico e de robótica, além de exposição de robôs de combate criados pelos grupos.

Todas as atividades da Fapemig serão na terça (26/11) e na quarta-feira (27/11), das 10h às 16h.

Gratuita

A 2ª Semana de Inovação da Prodemge é aberta ao público e tem entrada gratuita. Além das atividades da fundação, estão previstas palestras, oficinas e apresentações diversas que somam mais de 40 opções para todos os gostos. A maior parte das atrações não exige inscrição prévia; os interessados devem comparecer ao local com antecedência, pois as salas estão sujeitas a lotação e a participação será por ordem de chegada. Outras informações podem ser obtidas neste link.

Comentários Facebook
publicidade

CIÊNCIA E SAÚDE

Casos de coronavírus e número de mortes no Brasil em 2 de junho

Publicado

Veja os dados sobre o coronavírus no Brasil nesta terça-feira (2), segundo levantamento exclusivo do G1 junto às secretarias estaduais de saúde. Foram registradas 30.079 mortes provocadas pela Covid-19 e 530.733 casos confirmados da doença em todo o país.

O diretor de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan, destacou nesta segunda-feira (1º) que o Brasil foi um dos países com o maior aumento do número de casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Também afirmou que o país está entre aqueles que não chegaram ao pico da transmissão.

Desde 22 de maio, o Brasil é o segundo país com mais casos confirmados de Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que registravam mais de 1,7 milhão de casos neste domingo (31), segundo balanço global feito pela universidade norte-americana Johns Hopkins.

 — Foto: Editoria de Arte/G1

— Foto: Editoria de Arte/G1

No sábado (30), oBrasil passou a França em número de mortes por Covid-19, quando o país europeu, um dos mais afetados pela pandemia, tinha 28.774 mortos no balanço da Johns Hopkins.

O balanço doMinistério da Saúde nesta segunda (1º) informou 29.937 mortos e 526.447 casos. Somos o quarto país em número de mortos pela doença, atrás de EUA, Reino Unido e Itália.

Das 20 cidades com maior mortalidade no Brasil, 16 estão na Região Norte. No ranking, aparecem cinco capitais, nesta ordem: Belém (4°), Fortaleza (6°), Recife (8°), Manaus (11°) e Rio de Janeiro (17°).

Taxa de ocupação de leitos de UTI

  • Acre – 78,2% em todo o estado em 1º/6
  • Alagoas – 78% em todo o estado 1º/6
  • Amapá – 97,98% em todo o estado em 1º/6
  • Amazonas – 71% em todo o estado em 31/5
  • Bahia – 68% em todo o estado em 1º/6
  • Ceará – 89% em todo o estado em 17/5
  • Distrito Federal – 69,5% na rede privada e 42,24% na rede pública em 29/5
  • Espírito Santo – 77,55% em todo o estado em 25/5
  • Goiás – 66,15% dos leitos de gestão estadual, em todo o estado em 1º/6
  • Maranhão –97,5% na Grande São Luís, 84,4% no interior e 90% em Imperatriz em 1°/6
  • Mato Grosso – 14,6% em todo o estado em 27/5
  • Mato Grosso do Sul – 2,8% em todo o estado em 1°/6
  • Minas Gerais – 70% em todo o estado em 1º/6
  • Pará – 84,36% em todo o estado em 27/5
  • Paraíba – 73% em todo o estado em 1º/6
  • Paraná – 44% em todo o estado em 29/5
  • Pernambuco – 98% em todo o estado em 28/5
  • Piauí – 61% em todo o estado em 24/5
  • Rio de Janeiro – 86% em todo o estado em 24/5
  • Rio Grande do Norte – 93% em 1º/6
  • Rio Grande do Sul – 72% em todo o estado em 29/5
  • Rondônia – 62% em todo o estado em 25/5
  • Santa Catarina – 59,1% do sistema público em todo o estado em 29/5
  • São Paulo – 69,3% em todo o estado em 1º/6
  • Sergipe – 89,6% do sistema público em todo o estado em 29/5
  • Tocantins – 50% dos leitos ocupados em 25/5
Leia mais:  Turmas da Pós-Graduação UNIFEV também seguem atividades com aulas remotas

Roraima não divulgou a lotação dos leitos de UTI do estado.

Testes feitos pelos estados

Número de testes de coronavírus feitos pelos estados

Estado Nº de testes Data de divulgação
Acre 13.739 1º/6
Alagoas 18.048 1º/6
Amapá 17.164 30/5
Amazonas 6.183 27/4
Bahia 39.949 21/5
Ceará 118.041 1º/6
Distrito Federal 141.344 29/5
Espírito Santo 48.924 1º/6
Goiás 12.925 29/5
Maranhão 52.012 29/5
Mato Grosso 7.618 1º/6
Mato Grosso do Sul 10.220 1º/6
Minas Gerais 22.338 1º/6
Pará 45.500 1º/6
Paraíba 48.561 1º/6
Paraná 26.063 25/5
Pernambuco 50.392 28/5
Piauí 42.152 29/5
Rio Grande do Norte 19.015 29/5
Rio Grande do Sul 12.508 26/5
Rondônia 16.715 1º/6
Roraima 718 23/4
Santa Catarina 29.000 29/5
São Paulo 87.463 27/5
Sergipe 16.706 27/5
Tocantins 7.095 25/5
Total 910.393

Rio de Janeiro não divulgou o número de testes.

Pacientes recuperados

Pacientes recuperados de Covid-19 nos estados

Estados Nº de pacientes recuperados Data de divulgação
Acre 2.677 1º/6
Alagoas 5.921 1º/6
Amapá 4.039 1º/6
Amazonas 33.140 31/5
Bahia 6.701 1º/6
Ceará 32.948 1°/6
Distrito Federal 4.714 29/5
Espírito Santo 8.012 1º/6
Goiás 738 26/5
Maranhão 10.220 31/5
Mato Grosso 749 1º/6
Mato Grosso do Sul 532 1°/6
Minas Gerais 5.341 1°/6
Pará 27.764 1°/6
Paraíba 2.637 1º/6
Paraná 1.830 27/5
Pernambuco 10.102 27/5
Piauí 456 29/5
Rio de Janeiro 40.335 1º/6
Rio Grande do Norte 1.824 1º/6
Rio Grande do Sul 6.246 29/5
Rondônia 2.389 1º/6
Roraima 1.029 29/5
Santa Catarina 5.207 31/5
São Paulo 21.470 1º/6
Sergipe 2.242 27/5
Tocantins 1.334 31/5
Total 240.627
Leia mais:  Chuvas de verão: dez cuidados para quem pratica atividade física ao ar livre
Por: G1

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana