conecte-se conosco


POLÍTICA

Ex-presidente Lula toma a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em SP

Publicado em

POLÍTICA

source
Ex-presidente Lula tomando a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus
Reprodução/ Facebook

Ex-presidente Lula tomando a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus

Nesta sábado (03), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tomou a segunda dose da vacina contra o novo coronavírus, em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Lula já havia tomado a primeira dose do imunizante no dia 13 de março. As informações foram apuradas pelo Metrópoles.

O petista teve direito a segunda dose por ter 75 anos e se encaixar no grupo prioritário da vacina. O momento em que recebeu o imunizante foi transmitido em sua conta no Facebook.

O ex-presidente já saiu em defesa da vacina em inúmeras ocasiões. Um exemplo, foi antes mesmo de tomar a primeira dose da vacina, ele pediu para que as pessoas não seguissem  “nenhuma decisão imbecil do presidente da república ou do ministro da saúde”. “Tome vacina”, disse ele em ocasião.

Data em que Lula toma sua segunda dose, coincide com o dia em que o atual presidente, Jair Bolsonaro pode tomar sua primeira dose da vacina contra a Covid-19 . Ação pode acontecer neste sábado (03).

Leia mais:  "Ainda estou pensando meu voto", diz Toffoli sobre prisão em segunda instância

Existe uma expectativa para a vacinação de Bolsonaro pelo seu discurso negacionista contra a vacina. O presidente teve comentários seus repercutidos em que desencoraja a população a se vacinar em pelo menos 20 ocasiões. Sendo que em uma dessas ocasiões, disse que quem tomasse a vacina poderia virar jacaré.

O Brasil já passou da marca de 328,2 mil óbitos pelo novo coronavírus e tem cerca de 12,9 milhões de pessoas infectadas, segundo os dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Na sexta-feira (02), o país passou de 3 mil mortes diárias. 

Comentários Facebook
Propaganda

POLÍTICA

Gentili se reúne com ex-marqueteiro de Bolsonaro por candidatura em 2022

Publicados

em

Por

source
Danilo Gentili pode concorrer à presidência em 2022
Reprodução/SBT

Danilo Gentili pode concorrer à presidência em 2022

Danilo Gentili deve concorrer à presidência em 2022. O apresentador teria se reunido, neste sábado (10), com o ex-marqueteiro de Bolsonaro, André marinho, além de membros do MBL (Movimento Brasil Livre). As informações são da jornalista Mônica Bergamo.

O MBL vê como trunfo o fato de Gentili grande alcance entre os jovens. O apresentador seria importante para tirar votos de Jair Bolsonaro (sem partido), em uma tentativa do grupo de tirar o atual presidente do segundo turno .

Segundo a jornalista, líderes do MBL , como Renan Santos e o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) pretendem se agregar em um mesmo partido em 2022 para as candidaturas a cargos eletivos. Nessa estratégia, Gentili seria um bom ‘puxador de votos’.

O grupo teria se animado com a provável candidatura de Gentili após o  ex-juíz e ministro da Justiça, Sergio Moro, dizer que votaria no apresentador.

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana