conecte-se conosco


Entretenimento

Ex-bailarina do Faustão lamenta demissão, mas diz que vai seguir como atriz

Publicado

source
Natacha Horana
Reprodução/Instagram

Natacha Horana

Natacha Horana foi uma das 20 bailarinas que deixaram o balé do “Domingão do Faustão’ no início do mês. Apesar da tristeza com a demissão, após seis anos na atração, ela conta que já faz planos para seguir em outra carreira: a de atriz. “Vou continuar com minha carreira de atriz. Tem uma novidade saindo do forno que vai ser minha cara”, conta Horana sem contar detalhes do projeto. Ela já participou da peça ‘Dois Casais em Maus Lençóis’ e foi uma das estrelas da websérie ‘Homem Office’.

“Nesses seis anos pude crescer muito e me conhecer como Natacha Horana. Entrei menina e saí mulher. Mudou muito minha vida. Aprendi muita coisa e comecei a levar o meu lado profissional mais a sério”, reflete”, disse Natacha que assumiu ter ficado triste e surpresa com a notícia do fim do ‘Domingão do Faustão’, anunciado para final de 2021. “Não imagino um domingo com a família sem ter o programa, as vídeo cassetadas e Faustão com o jeito dele. Vai deixar muita saudade em todo o povo brasileiro”.

Leia mais:  Tiago Abravanel diz que não teve problema com a família por causa da sexualidade
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Ludmilla compartilha crítica sobre lockdown e apaga após ser criticada

Publicado

por

source
Ludmilla
Instagram/Reprodução

Ludmilla

Ludmilla movimentou a internet nesta sexta-feira (5), após compartilhar uma crítica ao lockdown decretado no Rio de Janeiro, onde a cantora reside com a família. A publicação da funkeira questiona se pessoas de serviços considerados não essenciais continuarão frequentando serviços essenciais. “Vidas importam e os trabalhos também”, diz um trecho do texto, que foi apagado minutos depois da publicação ir ao ar. Mas os internautas tiraram print e desde então a cantora vem sendo muito criticada por conta da postagem.

O texto publicado por Ludmilla, que é originalmente do especialista em sobrancelhas, Rafa Paixão, dizia o seguinte: “Será que o dono da academia (não essencial) continuará indo ao supermercado (essencial)? Será que o dono da loja de vestuários (não essencial) continuará indo ao posto de combustível (essencial)? Será que a dona do bar (não essencial) continuará indo à loja de material de construção (essencial)? Será que a filha do músico (não essencial) continuará naquele colégio (essencial)? Será que a dona Maria, garçonete (não essencial), pagará o IPTU (essencial)? Será que o vendedor ambulante (não essencial) pagará o aluguel (essencial)? Será que o artesão (não essencial) pagará a conta de água, luz (essencial)? Será que o que está sendo considerado não essencial, realmente não é mesmo essencial? Tudo é essencial. Vidas importam e os trabalhos também”.

Leia mais:  Sogra de Adriane Galisteu está internada em estado grave com coronavírus
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana