conecte-se conosco


Entretenimento

Estrela de reality pode ser presa por descumprir protocolos contra Covid-19

Publicado

source
Zara Holland
Reprodução ITV

Zara Holland

Zara Holland, que integrou a segunda temporada de “Love Island”, reality britânico, pode ser condenada a um ano de cadeia por quebrar os protocolos contra Covid-19, em Barbados. 

Sendo presa ou não, a  estrela de reality ainda terá de pagar uma multa de 18 mil libras – que equivale a quase R$ 128 mil.

Zara e o namorado foram presos pela polícia tentando deixar o país após ele testar positivo para o novo coronavírus (Sars-coV-2).

Segundo a imprensa local, foram registrados 200 novos casos em Barbados nos últimos dois dias, 33 deles ligados ao aeroporto que o casal frequentou. 

Em repúdio ao casal, mais de 800 cidadãos do país assinaram uma petição para que os dois sejam presos. Em reposta, Zara pediu desculpas.

“Eu nunca faria nada colocasse em risco uma nação inteira pela qual não tenho nada além de amor e respeito. Eu quero primeiro pedir desculpas ao país de Barbados por uma confusão imensa e um mal-entendido nessa minha última estadia”, declarou Zara, em entrevista ao Barbados Today.

Mesmo com a tentativa de consertar a situação, Zara terá de comparecer a um tribunal em Barbados, nesta quarta-feira (06), para saber sua setença. A informação é do jornal britânico The Sun.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Raul Gazolla relembra o assassinato de Daniella Perez, filha de Glória Perez

Publicado

por

source
Raul Gazolla relembra o assassinato de Daniella Perez
Reprodução/Instagram

Raul Gazolla relembra o assassinato de Daniella Perez

A atriz Daniella Perez, filha de Glória Perez, foi morta em 1992 . Ela foi assassinada por um colega de elenco da novela “De Corpo e Alma” e a esposa dele. A artista era casada com o ator Raul Gazolla que deu uma entrevista ao programa “A Noite É Nossa”, da Record, que vai ao ar na próxima quarta-feira (3). O artista falou sobre o crime e também o relacionamento que teve com a filha da autora.

A atriz foi encontrada morta em um matal. Raul lembra que quando foi contato pela delegacia ele pensava que a esposa havia sido somente sequestrada. “Liguei para a Glória e falei que haviam encontrado o carro, mas nada da Dani. A atriz Marilu Bueno, que fazia a mãe dela na novela, que me contou. Foi muito difícil. Eu me lembro que estava no velório e que não tinha forças para nada. Eu estava há 24 horas sem comer nem dormir. Eu nem sabia como ela tinha sido assassinada porque não me deixavam ver televisão. Quando soube, fiquei doido”, recorda.

Raul conta que ele e Glória permaneceram próximos após o crime. Porém, fala que a autora só conseguiu voltar a trabalhar com ele em 2001, quase dez anos depois do assassinato. “Ela me ligou e falou: ‘Raul, eu já posso trabalhar com você’. Temos uma grande amizade, e eu tenho um carinho absurdo pela Glória. Tanto que minha filha mais nova a chama de avó. Sou amigo e fã incondicional do trabalho dela”, diz o ator, que trabalhou com a autora em novelas como “O Clone” e “América”.

O ator também falou sobre o começo do relacionamento com Daniella Perez. Eles se conheceram nas gravações da novela “Kananga do Japão”, da extinta TV Manchete. “A primeira vez que eu olhei a Dani, pensei: ‘Eu já sonhei com essa menina.’ Foi uma coisa incrível. Eu nunca a tinha visto, mas sabia que ela já fazia parte da minha vida”, conta.

Leia mais:  BBB 21: Jojo Todynho pede à Karol Conká que "lacre menos"
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana