conecte-se conosco


Entretenimento

Eminem foi interrogado por sua música sobre Trump e Ivanka, revelam documentos

Publicado em

Entretenimento

source

O rapper Eminem foi interrogado pelo Serviço Secreto americano por causa de alguns versos da música Framed , que citam Donald Trump e a sa filha, Ivanka.

Eminem se envolveu em diversas polêmicas ao longo da carreira arrow-options
SERJÃO CARVALHO/ESTADÃO CONTEÚDO 12.03.16

Eminem se envolveu em diversas polêmicas ao longo da carreira

Leia também: Pai de Eminem, que tinha relação conturbada com rapper, morre aos 67 anos

O interrogatório aconteceu em janeiro de 2018, mas foi comprovado recentemente por documentos oficiais obtidos pelo site Buzzfeed . Eminem já relatava ter recebido uma “visita” do Serviço Secreto na canção The ringer , lançada no ano passado.

Leia também: Novo affair? Drake segue Anitta e web shippa casal

Alguns dos versos de Framed , faixa do álbum “Revival” (2017), dizem: “Como Ivanka Trump está no meu porta malas? / Me sinto responsável pela loira burrinha / Garota, aquele bastão jogado no lago / Segundo assassinato sem lembrança”.

De acordo com a documentação, o interrogatório foi encerrado de forma “pacífica”, e os agentes concluíram que Eminem não representava ameaça à segurança do presidente ou do país.

Leia mais:  De quarentena, Geisy Arruda revela quantas vezes apela à masturbação por dia

Leia também: Eminem: relembre as maiores polêmicas da carreira do rapper

O encontro foi motivado pela ligação de um “cidadão preocupado” com “comentários inapropriados feitos por Eminem , ao presidente Donald Trump, e contendo ameaças a Ivanka Trump”. O cidadão, no caso, era um repórter do site TMZ .

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Harry e Meghan se arrependem de lançar entrevista com Philip internado

Publicados

em

Por

source
Príncipe Harry e Meghan Markle
Reprodução CBS

Príncipe Harry e Meghan Markle

O príncipe Harry e Meghan Markle se arrependem do momento em que a entrevista com Oprah Winfrey foi lançada, enquanto o príncipe Philip estava no hospital.

O Duque, avô de Harry, de 99 anos, morreu na última sexta-feira (9). Segundo uma fonte que falou com a revista Heat, apesar de acharem que o “timing” da entrevista não foi ideal, o casal “não tinha controle” sobre a data na qual a CBS escolheria transmitir a gravação.

“Eles precisavam dizer o que sentiam, e não encontraram nenhuma outra forma de fazer isso. O amor e o respeito de Harry e Meghan pelo príncipe Philip e pela rainha sempre ficou muito claro”, declarou a fonte.

Para o funeral do príncipe Philip, no próximo sábado, apenas Harry viajou até o Reino Unido. Meghan, grávida do segundo filho do casal, recebeu recomendação médica de permanecer nos EUA.

Leia mais:  Atores falam sobre o sucesso das lives para maiores: "estimular a quarentena"
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana