conecte-se conosco


ITURAMA E REGIÃO

Dois jovens são detidos acusados de roubarem residência de idoso em Cordeirópolis

Publicado em

ITURAMA E REGIÃO

 Após depoimento e pelo fato de nenhum objeto ter sido localizado, o delegado de plantão optou pela liberação dos jovens, mesmo com o reconhecimento da vítima.

Dois jovens, de 22 e 24 anos, foram detidos pela Guarda Civil Municipal (GCM) na noite desta terça-feira (30), acusados de roubarem objetos de uma residência no Bairro Chácara Ângelo Bettin, em Cordeirópolis. Segundo informações registradas no Boletim de Ocorrência (B.O.), os GCMs Souza e Irineu foram acionados por um idoso, de 69 anos, que relatou que sua residência, na Rua Valdir Bertão, havia sido roubada por três indivíduos.

Os suspeitos teriam levado uma televisão de 32 polegadas, um aparelho celular e as chaves da casa e de seu veículo. Diante das características dos indivíduos, os Guardas iniciaram patrulhamento na tentativa de localizá-los. Dois jovens, com características semelhantes, foram avistados na passarela que liga o Centro de Cordeirópolis ao bairro Santa Luzia e foram abordados. O terceiro suspeito não foi encontrado.

Os dois indivíduos foram encaminhados ao plantão policial de Limeira, juntamente com a vítima do roubo, para reconhecimento. No local, o idoso teria reconhecido os dois, afirmando que o jovem de 24 anos seria o que realizou o roubo com uma arma de fogo e o suspeito de 22 anos teria participado junto do crime.

Leia mais:  Medicamentos vencidos e animal morto são encontrados em clínica veterinária em Uberaba

Os GCMs realizaram buscas na tentativa de localizar os objetos furtados, mas nada foi encontrado. Questionados, os dois jovens negaram a prática do crime. Após depoimento e pelo fato de nenhum objeto ter sido localizado, o delegado de plantão optou pela liberação dos jovens, mesmo com o reconhecimento da vítima.

Por: Notícia de Limeira

Comentários Facebook
Propaganda

CIÊNCIA E SAÚDE

Justiça suspende terceirização da gestão do Hospital Regional de Patos de Minas

Publicados

em

A Justiça de Minas Gerais suspendeu na tarde dessa quinta-feira (08) a terceirização da gestão do Hospital Regional Antônio Dias de Patos de Minas. O juiz destacou a orientação do Conselho Estadual de Saúde não autorizando a terceirização e também o momento crítico da pandemia em que vivemos. A vitória foi bastante comemorada.

O Governo do Estado de Minas Gerais através da FHEMIG havia publicado um edital para contratar uma Organização Social-OS- para administrar o Hospital Regional Antônio Dias. A proposta em meio à pandemia foi bastante criticada por diversos setores. Os servidores da maior unidade hospitalar, referência para 33 municípios da região, fizeram manifestações em via pública. O Conselho Estadual de Saúde já havia se manifestado contrário à medida e o Deputado Estadual Hely Tarquínio chegou a encaminhar um requerimento com pedido de urgência para a Assembleia Legislativa suspender o edital.

Diante de todas questões levantadas, no dia 29 de março, o Ministério Público de Minas Gerais, através da promotora de Justiça de Belo Horizonte, Josely Ramos Pontes, e pelo 1º promotor de justiça de Patos de Minas, Rodrigo Domingos Taufick, ingressou com a ação na Justiça da capital do estado e conseguiu a medida liminar para suspender o edital. A FHEMIG tem prazo de 30 dias para contestar a decisão.

Leia mais:  Pesquisadores da UFU em Uberlândia desenvolvem impressão de peças de metal em 3D na água

Por: Patos hoje

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana