conecte-se conosco

ITURAMA E REGIÃO

Determinação da Arsae para devolução de tarifas a usuários da Copasa tem início em julho

Publicado

Acordo firmado entre Arsae-MG e Copasa, por meio da Câmara de Prevenção e Resolução Administrativa de Conflitos (CPRAC) da Advocacia Geral do Estado (AGE) vai garantir ressarcimento a cerca de 26,1 mil usuários de quatro municípios mineiros operados pela Companhia. Os municípios beneficiados são Prudente de Morais, São João do Paraíso, Iturama e Nova Lima (ETE Vale do Sereno e ETE Jardim Canadá).

A partir de diversas fiscalizações realizadas pela Arsae-MG, ficou constatado que as estações de tratamento de esgotos (ETEs) desses municípios operavam em desacordo com os padrões ambientais de lançamentos de efluentes. Diante da prestação inadequada dos serviços, a Copasa foi cobrada a dar uma resposta efetiva aos usuários, devolvendo parte das tarifas cobradas pelo serviço de tratamento de esgotos dos usuários abrangidos pelas ETEs. Ao todo, mais de 4 milhões de reais serão ressarcidos aos usuários dessas cidades nos próximos meses.

Para o diretor- geral da Arsae-MG, Antônio Claret, esse processo reforça o compromisso da Agência com a sociedade e busca maior transparência e a eficiência nos serviços públicos. Segundo ele, “neste momento tão difícil pelo qual as famílias brasileiras estão passando, é muito positivo garantir que sejam compensadas e tenham essa devolução de tarifas em suas faturas, aliviando seus orçamentos”. E acrescenta, “a medida sinaliza para a Copasa a necessidade de prestar serviços de forma eficiente, pois a Arsae-MG vai agir sempre que necessário para garantir a qualidade dos serviços prestados aos usuários mineiros”.

Leia mais:  UFTM realiza reunião para apresentação de sua estrutura e atuação junto à comunidade

Glauco Ribeiro, analista fiscal da Arsae-MG, vê na devolução de valores aos usuários um grande retorno do trabalho de toda a Agência para a sociedade. “É um trabalho em equipe, que envolve diversas áreas da Agência, pois surge, geralmente, de uma fiscalização operacional ou de uma demanda da ouvidoria, tramita por algumas áreas administrativas e, chega à Gerência de Fiscalização Econômica, para que esta analise os fatos econômicos e conclua, fundamentada sempre em parâmetros técnicos, para que a Diretoria Colegiada tome a melhor decisão. Sem dúvida, é um grande produto da Arsae-MG, que nos dá visibilidade, principalmente, pelo rigor técnico dos resultados e fazer parte disso é recompensador. ”

Após as fiscalizações da Arsae-MG, todas as ETEs abrangidas pelo acordo apresentaram melhoria dos níveis de eficiência no tratamento do esgoto.

O acordo

O processo de conciliação foi iniciado no fim de 2019 e, além da participação ativa do diretor- geral, Antônio Claret, envolveu a Procuradoria Jurídica da Agência e as Gerências de Fiscalização Econômica (GFE) e de Fiscalização Operacional (GFO).

Leia mais:  GOVERNO MUNICIPAL PREPARA FORÇA-TAREFA PARA COMBATER A DENGUE

Os valores a serem devolvidos em cada município constam na tabela a seguir:

tabela1

Assessoria de Comunicação da Arsae-MG

Comentários Facebook
publicidade

EDUCAÇÃO

Fernandópolis receberá vestibular da Unicamp em janeiro de 2021

Publicado

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) divulgou, no final da tarde desta sexta-feira (10), as novas datas de realização das provas do Vestibular Unicamp 2021, que sofreram alteração em função da pandemia de covid-19. A primeira fase será aplicada nos dias 6 e 7 de janeiro de 2021.

O dia de realização da primeira fase, para cada candidato, depende do curso escolhido: candidatos aos cursos do segmento de Ciências Humanas/Artes e de Exatas/Tecnológicas farão a prova no dia 6 de janeiro, uma quarta-feira.

Já os candidatos da área de Ciências Biológicas/Saúde farão a prova no dia seguinte, ou seja, 7 de janeiro, uma quinta-feira. A aplicação em dois dias visa reduzir o número de estudantes circulando e evitar aglomeração nas escolas.

A segunda fase do Vestibular não sofrerá alteração do formato e continuará sendo aplicada em dois dias: 7 e 8 de fevereiro de 2021. As inscrições para o Vestibular Unicamp 2021 serão realizadas entre 30 de julho e 8 de setembro, pela página da Comvest na internet.

A primeira chamada do Vestibular 2021 deve ser divulgada no dia 10 de março e o edital com o calendário completo será publicado em breve.

Leia mais:  GOVERNO MUNICIPAL PREPARA FORÇA-TAREFA PARA COMBATER A DENGUE

O número de locais de provas será ampliado, além da inclusão de duas novas cidades no estado de São Paulo: Barueri e Fernandópolis. As medidas buscam ampliar a cobertura do Vestibular Unicamp e evitar longos deslocamentos. As questões da prova da primeira fase serão reduzidas de 90 para 72 e o tempo máximo para sua realização diminuirá de cinco para quatro horas.

COMO FICA

Para cada dia de aplicação haverá uma prova única para todos os candidatos das áreas daquela data (Ciências Exatas/Tecnológicas e Ciências Humanas/Artes, na quarta-feira e Ciências Biológicas/Saúde, na quinta-feira).

A primeira fase será constituída de uma única prova de Conhecimentos Gerais composta por 72 questões objetivas sobre as áreas do conhecimento desenvolvidas no ensino médio.

As questões serão as seguintes: 12 questões de Língua Portuguesa e Literatura; 12 questões de Matemática; e oito questões de cada disciplina: Biologia, Física, Geografia/Sociologia, História/Filosofia, Inglês e Química.

ENEM

A Comvest informa que as definições em relação ao edital Enem-Unicamp e às demais modalidades de ingresso deverão ser anunciadas dentro dos próximos dias, em sua página eletrônica e nas redes sociais do Vestibular Unicamp.

Leia mais:  TERCEIRA COMPANHIA INDEPENDENTE HOMENAGEIA OS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE JUNHO NA SEDE

 

Por: A Cidade ON

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana