conecte-se conosco


Tecnologia

Dentro da obra: museu do Louvre expõe Mona Lisa 3D

Publicado em

Tecnologia

source

Olhar Digital

mona lisa arrow-options
Reprodução/Youtube

Mona Lisa 3D pode ser vista com óculos de realidade virtual


O Museu do Louvre , em Paris, recebe a maior exposição de Leonardo Da Vinci já vista. Entre as obras expostas está a Mona Lisa:Beyond the Glass , da HTC , uma versão em  3D  do famoso quadro do pintor. 

A ideia por trás da experiência criada pelo estúdio Emissive de Paris VR é ensinar mais sobre a pintura e a história da Mona Lisa . Eles queriam transmitir como o talento e a curiosidade científica de Da Vinci mudou a forma da realização da arte na época. “A composição e a técnica que ele usou foram uma revolução no momento, porque ele criou uma nova maneira de pintar as pessoas”, afirmou Emmanual Goristein, diretor de arte do Emissive. 

Leia também: Isso é muito Black Mirror: pessoas podem conversar com holograma delas mesmas

Os artistas de VR usaram dados de raios-X, infravermelho e refração coletados pelo Louvre para inferir como era o rosto e o corpo da Mona Lisa , e estudaram esta perspectiva para deduzir o comprimento do seu nariz e outros detalhes. Eles se atentaram até mesmo nas roupas dela, a ponto de garantir que houvesse dobras nelas quando a mulher se mexesse. 

Leia mais:  Novo Peugeot 208 vem ao Brasil com motor 1.6 antigo, mas terá versão elétrica

A equipe do Emissive também tentou recriar o cenário por trás da personagem. Eles primeiro a removeram do fundo, depois o estenderam e tentaram adivinhar como seria. “A paisagem por trás da Mona Lisa nunca teve a intenção de ser realista”, disse Gorinstein. “Pelo contrário, vem da imaginação de Da Vinci e de seu conhecimento da geografia na região, e faz parte da mágica que torna a pintura tão misteriosa”. 

Leia também: Pai e filho constroem uma Lamborghini usando impressora 3D

A versão 3D da Mona Lisa foi colocada na frente do fundo recém-recriado exatamente como ela está na pintura original. Algumas pinturas famosas expostas no museu descoloriram com o tempo e dificultaram o discernimento de detalhes. Mas renderizações infravermelhas do Louvre mostraram as peculiaridades de cada pincelada nas obras, incluindo a Mona Lisa


Comentários Facebook
Propaganda

Economia

Banco do Brasil libera uso do PIX em seu bot para WhatsApp

Publicados

em

Aproveitando a boa recepção do público, o Banco do Brasil se tornou a primeira instituição financeira do país a liberar o uso do PIX pelo WhatsApp. A novidade foi anunciada nesta semana e funciona de forma relativamente simples.

O usuário só precisa chamar o Banco do Brasil no WhatsApp (61 4004-0001), cadastrar sua conta e escrever a palavra PIX. Após isso, o mensageiro deve exibir um menu com as opções de pagar, receber ou cadastrar chave PIX.

Imagem/Reprodução: mobiletime

O bot usado pelo Banco do Brasil foi anunciado no ano passado e já faz uma série de outras operações. Caso o usuário já tenha se cadastrado no PIX, o uso da ferramenta no WhatsApp é ainda mais fácil:

Em casos de pagamento, o assistente virtual deve solicitar a chave PIX do recebedor e o valor. O banco deve informar o nome e a instituição de destino para confirmar a transação. Caso tudo esteja certo, basta apenas responder “sim” para receber um link seguro onde será necessário digitar a senha. Após essa etapa, o comprovante é exibido no mensageiro e pode ser compartilhado.

Caso o usuário queira receber, basta apenas escolher a opção no menu e informar a chave de recebimento, valor e descrição. Assim, o WhatsApp deve exibir um QR Code para ser compartilhado com o pagador. Vale lembrar que o Banco do Brasil é parceiro do sistema de pagamentos do WhatsApp, que ainda não foi liberado pelo Banco Central.

Leia mais:  Samsung Galaxy Z Fold 2: celular mais caro do Brasil custa R$ 13.999

FONTE: https://www.tudocelular.com/mercado/noticias/n166485/banco-do-brasil-pix-whatsapp-bot-pagamentos.html

Comentários Facebook
Continue lendo

ITURAMA E REGIÃO

POLICIAL

POLÍTICA

ECONOMIA

Mais Lidas da Semana